Tag: violetas

Plantas no banheiro


Pode-se  transformar o banheiro de uma casa em um lugar confortável e aconchegante. Quando se pensa em decoração, dificilmente o banheiro vem à mente devido limitações de espaço que o ambiente impõe.

Porem com soluções inteligentes aliadas à criatividade,  que valorizam o cômodo e terá um bom resultado utilizando algumas dicas, como:

  • Móveis podem ser substituídos por gaveteiros e prateleiras pois alongam as paredes.
  • Bibelôs para guardar objetos, mas não exagere na quantidade. Deixe à vista apenas o que você usa diariamente.
  • Superfície espelhadas e transparentes dão amplitude e leveza.
  • Grandes espelhos, duplicam visualmente o ambiente.
  • Luz natural deve ser aproveitada ao máximo, retire cortinas e dê preferência e vidros transparentes sempre que possível.
  • Cores mais claras provocam a impressão de um espaço maior e mais aconchegante. Mas não é necessário limitar-se ao branco absoluto; Detalhes em cores descontrai o ambiente.
  • Papel de parede é uma opção, mas se o banheiro for muito pequeno, o material não é indicado, devido a umidade.
  • Quadros ou gravuras, acessório ousado que alegram o ambiente.
  • E por fim , plantas dão vida ao ambiente, além de deixar aroma agradável através das flores.

Violetas:

Indicado para decorara  janelas, prateleiras e pias, local que receba luz solar por pelo menos 3 horas diárias.

Lírios:

Indicada quando cultivada em vaso, seja colocado no chão e os lírios de pequeno porte sobre a pia.

Cactos e suculentas:

Indicada para decorar janelas que recebam sol direto por 3 ou 4 horas diárias.

Lança de são jorge:

Indicada quando cultivada em vasos e jardineiras, seja colocado no chão, e receba luz direta no ambiente.

Orquídeas:

Indicada para decorar pias em ambiente iluminado e com ventilação.


Violeta.

Cactos.

Lírio.

Orquídeas.

Visite também os posts:

Hibiscous sabdariffa.


Mal me quer.


Dedal de dama.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Pontos cardiais e cultivo das plantas


A observação dos pontos cardiais auxilia na orientação de quantidade de raios solares que o local recebe e as plantas que devem ser cultivadas nestes ambientes.

Posição norte:

As plantas que são cultivadas na posição norte, recebem muita luz indireta no verão, porém a intensidade da luz é muito comprometida no inverno. Ideal para cultivar planta que necessitam de poucos raios solares e ou são de cultivo em sombra, como por exemplo:

Posição sul:

As plantas que são cultivadas na posição sul, recebem maior numero de horas de sol direto por dia, (ficam expostas à luz direta do sol durante o dia inteiro). É a posição ideal para espécies de plantas que requerem muito sol direto, como por exemplo:

  • Cactos
  • Onze horas
  • Palmeiras.
  • Arvores
  • Pinheiros

Posição leste:

As plantas que são cultivadas na posição leste, recebem sol matutino e muita luz indireta no restante do dia. É o local ideal para se cultivar planta mais delicadas e ou com maior valor agregado, pois é sem dúvida alguma o melhor local para o cultivo de espécies delicadas, como por exemplo:

Posição oeste:

As plantas que são cultivadas na posição oeste, recebem muita luz indireta pela manhã e o sol direto da tarde, os raios de sol que recebem são de maior intensidade, mais quente do que os das outras posições, e as espécies ideais para cultivar neste local são :


Observe a posição do sol para a escolha do melhor local para o cultivo de suas plantas.

Pontos cardeais:

E para identificar os quatro pontos cardeais no ambiente é fácil.

Estique o braço direito para a direção em que o sol nasce, (nascente).

  • Você encontra o ponto leste.

Estique o braço esquerdo para a outra direção, (poente).

  • Ponto oeste.
  • Ponto norte está à sua frente.
  • E o ponto sul, atrás de você.

Pontos cardiais.

Visite também os posts:

Rosas, como cultivar.


Iluminação para orquìdeas.


Dicas para confeccionar bordas de canteiros.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.

Repelente natural para mosquito da dengue



A mais nova descoberta contra a proliferação das larvas do mosquito da dengue é um preparado a base de cravo da índia e água. Que deve ser depositado nos pratinhos das plantas, ralos e qualquer local onde as larvas do mosquito se desenvolve.

A receita é simples:

  • 60 cravinhos de índia.
  • 1 xícara de água em temperatura ambiente.

Bata no liquidificador, não é necessário coar e pode ser armazenado na geladeira por 1 ano.

Após realizar o preparo, dilua 12 gotas do xarope em 1 litro de água, para realizar a rega das plantas ou ainda pode pingar diretamente nos pratinhos,obedecendo uma regra de:

1 gota para prato pequeno, (comumente usados em violetas, kalanchoê etc…).

3 gotas para pratos médios, (comumente usados em margaridas, lírios, bomélias etc…).

6 gotas para os pratos grande, (Comumente usados em vasos de chão, com palmeiras, buxinhos etc…).


Coisas que irá precisar para preparar o repelente natural contra as larvas do mosquito da dengue.

Visite também o post:

Bromélias.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.