Tag: solo bem drenado

Azálea


A azálea, (Rhedodendrom), planta nativa da China e Japão, com diversas espécies nativas e outra inúmeras hibridadas, com cerca de 10 mil plantas diferentes, a azálea é um arbusto que apresenta um grande numero de flores melhoradas geneticamente.

E como resultado, entre as variedades obtidas, encontram-se flores de coloração vermelha,  rosa, laranja, amarela, magenta, roxa, branca e mescladas. Com flores de folhas simples ou muito desenhadas e rebuscadas.

Existem azáleas que na planta ocorre a perda de todas as folhas anualmente e brotam novas folhas a cada final de inverno; E há azáleas com folhas perenes. A planta ainda apresenta arbustos de tamanho e volume diferentes, com crescimento das flores de diversas formas:

  • As azáleas mais raras, (rododendros), desenvolvem suas flores em  inflorescências.
  • As azáleas mais comuns, têm floradas terminais, uma para cada ponta de talo.

Azáleas florescem no início da primavera, logo após o frio do inverno, período em que a planta entra em estado de dormência. Espécie muito utilizada em projetos de paisagismo particulares e urbanos, por se tratar de uma planta de pouca manutenção e com florada generosa.

Em projetos de paisagismo urbano, é introduzido arbustos de tamanhos médios á grande, com floração comum, na cor rosa.

Já em projetos de paisagismo particulares, a preferência é por introduzir pequenos arbustos, com flores de cores e desenhos exuberantes.

A azálea foi a planta eleita como um dos símbolos da cidade de São Paulo, pelo então prefeito Jânio Quadros.

Dicas para o cultivo saudável da azálea:

  • Utilize terra vegetal no cultivo da planta,
  • Mantenha a planta sempre úmida, com regas 2 vezes na semana.
  • Cultive em solo bem drenado, com boa aeração e terra de baixa acidez.
  • Cultive sob meia sombra ou sombra.
  • Faça a poda da planta entre os meses de maio até agosto.
  • Adube a planta alternando adubo orgânico e fertilizante mineral.


    Flor de azálea mesclada com flores de pétalas rebuscada.

    Azálea, arbusto de pequeno porte, cultivada sob sol pleno.

    Azálea de pequeno porte com floração rosa.

    Azáleas em cores diversas.

    Pétalas da azálea rosa com borda branca.

    Pétalas da azálea rosa com borda rosa claro, variedades infinitas.

    Visite também os posts:

    Primaveras.


    Cravo anão.


    Kalanchoê.


    Espécies de bromélias.


    Primavera de flor branca.


    Envie comentário.

    Tire suas dúvidas.

    Curta no facebook.

    Siga no twitter.

    Lança de são jorge


    Lança de são jorge, (Sansevieria Cylindrica), planta nativa da África Tropical, herbácea perene, com caule que se desenvolve em touceiras, com pontas brancas, de 50 a 90 cm de altura.

    Planta muito exótica, pois não apresenta folhas, e no entanto se apresenta extremamente  ornamental; Sua estrutura em formato cilíndricas, pontiagudas. Possui inflorescências discreta, na cor branca e rosa .

    Pode ser cultivada em vasos ou em canteiros; É uma espécie muito utilizada em projetos de paisagismo, em jardim estilo árido ou desértico, juntamente com suculentas e cactáceas, comum em ambiente árido. A lança de são jorge é uma planta muito rústica de clima quente.  Multiplica-se por divisão de touceiras.

    Dicas de cuidados que a lança de são jorge necessita:

    • Cultive em solo bem drenado e ligeiramente arenoso; Sob sol pleno
    • Adube com fertilizante mineral NPK 10-10-10.
    • Regue uma vez por semana.

    Canteiro cultivado com lança de são jorge e barba de serpente.

    Lança de são jorge, se destaca com paredes de cor forte.

     

    Lança de são jorge se destaca, cultivada com espécies de folhagens em outros tons.

    Visite também os posts:

    Jd desértico ou árido

    Talude

    Lagoa artificial


    Envie comentário.

    Tire suas dúvidas.

    Curta no Facebook.

    Siga no twitter.

    Romã


    Romã uma planta nativa do Oriente médio (Pérsia), (Punica granatum). Na língua inglesa é conhecida como pomegranate, algo parecido como maçã com muitas sementes, por ter formato e cor de maçã, e em seu interior muitas sementes.

    No paisagismo já foi eleita uma das árvores frutíferas mais usadas em projetos paisagísticos, por criar um efeito único, mesmo em ambientes internos, cultivada em vaso, em local bem iluminado ou varandas.

    A espécie também marcou presença nos jardins do palácio do rei Salomão, conhecido pela sua sabedoria e por trazer prosperidade e abundância á seu povo. Existem diversos relatos bíblicos sobre esta fruta. Que também é um simbolo religioso na passagem de ano dos judeus e usada nos rituais do Dia de Reis.

    Apesar de rustica a romãzeira cresce melhor em solo bem adubado e drenadoagosto é o mês ideal para sua poda; E a adubação deve ser feita com KPK 04-14-08. A florada da romãzeira ocorre várias vezes ao ano, mas o auge de sua frutificação ocorre em dezembro e janeiro.

    A variedade anã é uma excelente opção para quem não dispõe de muito espaço, e conta ainda com uma grande vantagem, ter uma concentração de tanino maior em sua fruta.

    A romãzeira também costuma ser usada para a confecção de bonsai, e sua preferência se dá devido florescer e frutificar com abundância e facilidade.


    Romã.

    Flor da Romã.

    Romãzeira e Pitangueira em vaso.

    Romãzeira em vaso.

    Bonsai da arvore de romã.

    Romãs maduras.

    Arvore de romã.

    Fotos: Revista Natureza.

    Visite também os posts:

    Pitangueira

    Jabuticabeira.


    Mangueira.


    Jasmim manga

    Tamareira de jardim


    Envie comentário.

    Tire suas dúvidas.

    Curta no Facebook.

    Siga no twitter.