Tag: projetos de paisagismo urbano

Carolina


A carolina, alamanda, dedal de moça e dedal de dama, ( Alamanda Cathartica), trepadeira nativa do Brasil, que apresenta vistosas flores e uma  folhagem espessa e bastante ornamental, composta de folhas verdes e vistosas o ano inteiro. Planta perene, semi-lenhosa de crescimento lento.

Carolina é uma trepadeira lactescente, semi-lenhosa do litoral norte, nordeste e leste do Brasil, muito vigorosa com variável tonalidades de flores, em:

  • Amarelo.
  • Rosa.
  • Vinho.

A carolina é uma trepadeira muito utilizada em projetos de paisagismo, pois trata-se de uma espécie muito resistente e de fácil manutenção, realiza de forma uniforme a cobertura do espaço onde é cultivada; Porém não é recomendada para o cultivo em pergolados, devido a sua floração ficar pouco exposta quando cultivada neste local.

Entretanto a carolina é uma trepadeira ideal para ser cultivada em:

  • Cercas.
  • Pórticos.
  • Taludes.
  • Muros.

Sempre tutorada com arames muito firmes, pois a planta apresenta ramos fortes e pesados.

A carolina é muito introduzida em projetos de paisagismo residenciais, empresariais e urbanos, fazendo desta trepadeira uma das espécies mais conhecidas, pois esta sempre florida e suas folhas apresentam um verde com brilho destacado.

Apesar da carolina ser uma planta tão conhecida e introduzida em ambientes de grande circulação de pessoas trata-se de uma espécie lactescente, (produz látex resinoso e venenoso),  por este motivo deve se ter atenção no contato de crianças com a planta.

Dicas para o cultivo saudável da carolina:

  • Regue a planta a cada 10 dias pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno, porém a carolina é uma planta que tolera bem o frio.
  • Realize mudas através de sementes ou estacas aproveitadas da poda
  • Faça a poda de contenção da planta se houver necessidade, entre os meses de maio até agosto.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.


Trepadeira que apresenta flores e folhas vigorosas.

Sementes da trepadeira Carolina.

Cultive sob sol pleno.

A Carolina deve ser tutorada com arames muito firmes pois a planta apresenta ramos fortes e pesado.

Visite também os posts:

Sapatinho de judia.

Trepadeira para pergolado.


Trepadeira sanguínea.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.

Dedal de moça


Dedal de moça, alamanda amarela, carolina e dedal-de-dama, ( Alamanda Cathartica), trepadeira nativa do Brasil, que apresenta vistosas flores e uma  folhagem espessa e bastante ornamental, composta de folhas verdes e vistosas o ano inteiro. Planta perene, semi-lenhosa de crescimento lento.

Dedal de moça é uma trepadeira lactescente, semi-lenhosa do litoral norte, nordeste e leste do Brasil, muito vigorosa com variável tonalidades de flores, em:

  • Amarelo.
  • Rosa.
  • Vinho.

A dedal de moça é uma trepadeira muito utilizada em projetos de paisagismo, pois trata-se de uma espécie muito resistente e de fácil manutenção, realiza de forma uniforme a cobertura do espaço onde é cultivada; Porém não é recomendada para o cultivo em pergolados, devido a sua floração ficar pouco exposta quando cultivada neste local.

Entretanto a dedal de moça é uma trepadeira ideal para ser cultivada em:

  • Cercas.
  • Pórticos.
  • Taludes.
  • Muros.

Sempre tutorada com arames muito firmes, pois a planta apresenta ramos fortes e pesado.

A dedal de moça é muito introduzida em projetos de paisagismo residenciais, empresarias e urbanos, fazendo desta trepadeira uma das espécies mais conhecidas, pois esta sempre florida e suas folhas apresentam um verde com brilho destacado.

Apesar da dedal de moça ser uma planta tão conhecida e introduzida em ambientes de grande circulação de pessoas trata-se de uma espécie lactescente, (produz látex resinoso e venenoso),  por este motivo deve se ter atenção no contato de crianças com a planta.

Dicas para o cultivo saudável da dedal de moça:

  • Regue a planta a cada 10 dias pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno, porém a dedal de moça é uma planta que tolera bem o frio.
  • Realize mudas através de sementes ou estacas aproveitadas da poda
  • Faça a poda de contenção da planta se houver necessidade, entre os meses de maio até agosto.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.

 

Trepadeira que apresenta flores e folhas vigorosas.

Sementes da trepadeira dedal de moça.

Cultive sob sol pleno.

Dedal de moça deve ser tutorada com arames muito firmes pois a planta apresenta ramos fortes e pesado.

Visite também os posts:

Sapatinho de judia.

Trepadeira para pergolado.


Trepadeira sanguínea.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.

Lantana câmara mutabilis


Lantana câmara mutabilis, nome cientifico da planta conhecida popularmente como lantana, nativa da América Tropical. E apresenta por volta de 500 espécies diferentes, com uma infinidade de cores, com plantas rasteiras e arbustiva.

A inflorescência é o destaque da Lantana câmara mutabilis, compostas por numerosas flores em  formato de pequenos buquês, em cores variadas, com um suave e agradável perfume. Com folhas muito pilosas na cor verde escuro.

Planta que floresce desde a primavera até o outono. De crescimento rápido, e muito resistente a pragas. A planta da espécie lantana câmara mutabilis, apresenta a peculiaridade de florir em vários tons e cores diferentes na mesma planta.

Com um efeito ornamental espetacular, muito utilizada em projetos de paisagismo urbano, como: canteiros de avenidas, praças, parques e jardins.

Porém em estado selvagem a lantana câmara é planta invasora em culturas de: palmeiras, coco, café, algodão e pastagens. Suas folhas e sementes são tóxicas para o gado e quando ingere a planta apresenta distúrbios gastrintestinais e fotossensibilização. O que torna a planta nestas regiões de agricultura e pecuária alvo de controle biológico e químico.

Dicas de cuidados no cultivo da lantana câmara mutabilis:

  • Cultive em solo fértil e bem drenado.
  • Regue a cada 10 dias pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno, porém a lantana câmara mutabilis é uma planta que tolera bem o frio.
  • Faça a poda a planta no início do inverno.
  • Realize mudas através de sementes ou estacas aproveitadas da poda.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.


 

A inflorescência é o destaque da Lantana câmara mutabilis.

Com um efeito ornamental espetacular.

Lantana câmara mutabilis, apresenta a peculiaridade de florir em vários tons e cores.

Visite também os posts:

 

Zínia.


Pergolado de bambu.


Orquídea bambu.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.