Tag: planta ornamental

Podocarpo


Podocarpo (Podocarpus macrophyllus), conífera também conhecida popularmente como: pinheiro de buda, pinheiro budista, podocarpus; Nativa da china e Japão.

Conífera colunar ereta, não possui raízes agressivas ou espinhos; E pode alcançar porte de até 6 metros de altura, dependendo da variedade. Com folhas perenes, compactas, linear, de coloração verde-escura; Floração amarela, discretas, surgem na primavera, sem importância ornamental.

Planta dioica, o podocarpo apresenta planta feminina e masculina; Os pequenos frutos de cor vermelha a arroxeada, formados apenas nas plantas fêmeas e atraem muitos pássaros.

Planta versátil, ornamental, que aceita muito bem podas e envasamentos; Chegando a ser cultivado com sucesso em forma de bonsai.

Indicada para o cultivo em praia, por ser resistente à salinidade e maresia.

Em projetos de paisagismo o podocarpo é excelente para ser cultivada em:

Há inúmeras formas de introduzir o podocarpo na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Bordadura, em bordas de edificações.
  • Isolada em gramados, com crescimento livre.
  • Isolada em gramados, com poda de contenção.
  • Conjunto de vasos enfileirados.
  • Conjunto ao longo de alamedas.
  • Conjunto de exemplares, na forma de Renque.
  • Cerca viva.
  • Bonsai.
  • Junto a taludes e grandes pedras.

Devido o podocarpo não apresentar floração, ela se integra com facilidade a plantas de folhagens exuberante; Consulte as dicas de espécies para auxiliar na escolha das plantas do projeto e cultivo do jardim.

  1. ARVORE:    Pinheiros.
  2. ARBUSTO:    Buxinho,   Cica,    Orquídea bambu.
  3. TOUCEIRA:    Bambusa.

Dicas para o cultivo saudável do podocarpo :

  • Regue a planta a cada 10 dias, pois o podocarpo apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra.
  • Faça a poda da conífera entre os meses de maio até agosto.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
  • Cultive em solo fértil, arenoso, levemente ácido, enriquecido com matéria orgânica.
  • Multiplica-se por estaquia dos ramos e sementes, (germina cerca de 2 anos após o plantio das sementes).
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e o  podocarpo, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Cultivo em gramado da conífera de forma livre.

Visite também os posts:

 

Buxinho

Areca bambu.

Cheflera.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Podocarpus macrophyllus


Podocarpus macrophyllus, nome cientifico da conífera também conhecida popularmente como: pinheiro de buda, pinheiro budista, podocarpo e podocarpus; Nativa da china e Japão.

Conífera colunar ereta, não possui raízes agressivas ou espinhos; E pode alcançar porte de até 6 metros de altura, dependendo da variedade. Com folhas perenes, compactas, linear, de coloração verde-escura; Floração amarela, discretas, surgem na primavera, sem importância ornamental.

Planta dioica,o  Podocarpus macrophyllus apresenta planta feminina e masculina; Os pequenos frutos de cor vermelha a arroxeada, formados apenas nas plantas fêmeas e atraem muitos pássaros.

Planta versátil, ornamental, que aceita muito bem podas e envasamentos; Chegando a ser cultivado com sucesso em forma de bonsai.

Indicada para o cultivo em praia, por ser resistente à salinidade e maresia.

Em projetos de paisagismo Podocarpus macrophyllus é excelente para ser cultivada em:

Há inúmeras formas de introduzir a Podocarpus macrophyllus na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Bordadura, em bordas de edificações.
  • Isolada em gramados, com crescimento livre.
  • Isolada em gramados, com poda de contenção.
  • Conjunto de vasos enfileirados.
  • Conjunto ao longo de alamedas.
  • Conjunto de exemplares, na forma de Renque.
  • Cerca viva.
  • Bonsai.
  • Junto a taludes e grandes pedras.

Devido a  Podocarpus macrophyllus não apresentar floração, ela se integra com facilidade a plantas de folhagens exuberante; Consulte as dicas de espécies para auxiliar na escolha das plantas do projeto e cultivo do jardim.

  1. ARVORE:    Pinheiros.
  2. ARBUSTO:    Buxinho,   Cica,    Orquídea bambu.
  3. TOUCEIRA:    Bambusa.

Dicas para o cultivo saudável da  Podocarpus macrophyllus:

  • Regue a planta a cada 10 dias, pois a  Podocarpus macrophyllus apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra.
  • Faça a poda da conífera entre os meses de maio até agosto.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
  • Cultive em solo fértil, arenoso, levemente ácido, enriquecido com matéria orgânica.
  • Multiplica-se por estaquia dos ramos e sementes, (germina cerca de 2 anos após o plantio das sementes).
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e o  Podocarpus macrophyllus, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Conífera colunar ereta, não possui raízes agressivas ou espinhos.

 

Cultivo em gramado da conífera de forma livre.

 

Visite também os posts:

Buxinho

Areca bambu.

Cheflera.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

 

Pinheiro budista


Pinheiro budista (Podocarpus macrophyllus), conífera também conhecida popularmente como: pinheiro de buda, podocarpo, podocarpus; Nativa da china e Japão.

Conífera colunar ereta, não possui raízes agressivas ou espinhos; E pode alcançar porte de até 6 metros de altura, dependendo da variedade. Com folhas perenes, compactas, linear, de coloração verde-escura; Floração amarela, discretas, surgem na primavera, sem importância ornamental.

Planta dioica, o  pinheiro budista apresenta planta feminina e masculina; Os pequenos frutos de cor vermelha a arroxeada, formados apenas nas plantas fêmeas e atraem muitos pássaros.

Planta versátil, ornamental, que aceita muito bem podas e envasamentos; Chegando a ser cultivado com sucesso em forma de bonsai.

Indicada para o cultivo em praia, por ser resistente à salinidade e maresia.

Em projetos de paisagismo o pinheiro budista é excelente para ser cultivada em:

Há inúmeras formas de introduzir o pinheiro budista na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Bordadura, em bordas de edificações.
  • Isolada em gramados, com crescimento livre.
  • Isolada em gramados, com poda de contenção.
  • Conjunto de vasos enfileirados.
  • Conjunto ao longo de alamedas.
  • Conjunto de exemplares, na forma de Renque.
  • Cerca viva.
  • Bonsai.
  • Junto a taludes e grandes pedras.

Devido o  pinheiro budista não apresentar floração, ela se integra com facilidade a plantas de folhagens exuberante; Consulte as dicas de espécies para auxiliar na escolha das plantas do projeto e cultivo do jardim.

  1. ARVORE:    Pinheiros.
  2. ARBUSTO:    Buxinho,   Cica,    Orquídea bambu.
  3. TOUCEIRA:    Bambusa.

Dicas para o cultivo saudável do  pinheiro budista:

  • Regue a planta a cada 10 dias, pois o  pinheiro budista apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra.
  • Faça a poda da conífera entre os meses de maio até agosto.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
  • Cultive em solo fértil, arenoso, levemente ácido, enriquecido com matéria orgânica.
  • Multiplica-se por estaquia dos ramos e sementes, (germina cerca de 2 anos após o plantio das sementes).
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e o  pinheiro budista, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Cultivo em gramado da conífera de forma livre.

 

Visite também os posts:

 

Buxinho

Areca bambu.

Cheflera.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.