Tag: planta cultivada

Palmeira triangular


A palmeira triangular, (Dypsis decary), nativa da Ilha de Madagascar, na África; É uma planta que apresenta porte médio á grande, chegando atingir até 6 metros de altura, frutifica no outono e verão.

Trata-se de uma espécie com folhas cinza-azuladas, dispostas em três direções distintas e equidistantes; O que realiza um aspecto “triangular” na palmeira, tornando-se responsável pelo nome popular da planta.

Palmeira muito utilizada em projetos de paisagismo em jardins no estilo tropical e mais ainda em jardins no estilo contemporâneo, devido ao desenho quase geométrico realizado pela estrutura da planta.

A palmeira triangular apresenta cor diferenciada e impacto visual grande, características que dá a planta destaque onde é cultivada; Com cultivo indicado em locais como:

  • Pórticos de entrada.
  • Isolada em gramados.
  • Em conjunto em grandes gramados.
  • Próximo á piscinas.
  • Próximo á lagos.

A palmeira triangular é muito encontrada em regiões litorâneas, pois apresenta grande resistência a maresia, planta rústica e de fácil manutenção.

Dicas para o cultivo saudável da palmeira triangular:

  • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois a palmeira apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno.
  • A planta pode ser cultivada em solo arenoso e salino.
  • Realize mudas através de sementes.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas velhas e pendões secos sempre que houver. necessidade, para revitalizar a planta.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.

Nativa da Ilha de Madagascar, na África.

Palmeira muito utilizada em projetos de paisagismo.

Apresenta grande resistência a maresia.

Visite também os posts:

 

Areca bambu.

Tamareira de jardim.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Dypsis decary


A palmeira triangular, (Dypsis decary), nativa da Ilha de Madagascar, na África; É uma planta que apresenta porte médio á grande, chegando atingir até 6 metros de altura, frutifica no outono e verão.

Trata-se de uma espécie com folhas cinza-azuladas, dispostas em três direções distintas e equidistantes; O que realiza um aspecto “triangular” na palmeira, tornando-se responsável pelo nome popular da planta.

Palmeira muito utilizada em projetos de paisagismo em jardins no estilo tropical e mais ainda em jardins no estilo contemporâneo, devido ao desenho quase geométrico realizado pela estrutura da planta.

Dypsis decary apresenta cor diferenciada e impacto visual grande, características que dá a planta destaque onde é cultivada; Com cultivo indicado em locais como:

  • Pórticos de entrada.
  • Isolada em gramados.
  • Em conjunto em grandes gramados.
  • Próximo á piscinas.
  • Próximo á lagos.

Dypsis decary é muito encontrada em regiões litorâneas, pois apresenta grande resistência a maresia, planta rústica e de fácil manutenção.

Dicas para o cultivo saudável da Dypsis decary:

  • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois a palmeira apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno.
  • A planta pode ser cultivada em solo arenoso e salino.
  • Realize mudas através de sementes.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas velhas e pendões secos sempre que houver. necessidade, para revitalizar a planta.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.

Nativa da Ilha de Madagascar, na África. 

Palmeira muito utilizada em projetos de paisagismo.

 

Apresenta grande resistência a maresia.

 

Visite também os posts:

Areca bambu.


Tamareira de jardim.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Jardinagem


Muitos de nós, hoje em dia, moramos em verdadeira floresta de concreto e asfalto, dentro de apartamentos ou casa com pequenos quintais.

Tornando-se natural ter necessidade de trazer para dentro de casa um pouco da natureza, e a maneira mais indicada é o cultivo de plantas em vasos.

Para as plantas se manterem viçosas é necessário que tomar alguns cuidados no cultivo, pois lembrar que as plantas necessitam de cuidados para que mantenham-se saudáveis.

  1. Água - saiba qual a necessidade hídrica da planta cultivada; Saiba que as regas devem ocorrer com uma constância e não adianta esquecer de regar um dia e compensar, regando em demasia no outro.( Folhas e botões que apodrecem e caem, são sinais que as regas estão sendo excessivas; assim como plantas murchas e pendentes são sinais de falta d’água).
  2. Luz - as plantas indicadas para dentro de casa são as de sombra ou meia-sombra. Mas mesmo estas precisam de uma certa quantidade de luz para a realização de fotossíntese; Dica sobre a iluminação natural é: Deve ser suficiente para você ler um texto de letras miúdas, também será adequada para suas plantas.
  3. Temperatura - as plantas precisam estar em ambientes arejados, mas sempre tomando cuidado com correntes de ar, pois a mudança brusca de temperatura pode ressecar a folhagem. Pelo mesmo motivo, devemos atentar para vasos colocados em sacadas de apartamentos, onde predominam ventos fortes.
  4. Adubação - as plantas necessitam de alimentos que podem ser obtidos através de adubação orgânica ( húmus de minhoca, farinha de osso , torta de mamona, compostos), ou adubação química ( NPK), uma vez por mês na primavera e verão e a cada três meses no outono e inverno.

 


Dica sobre a iluminação natural é: Deve ser suficiente para você ler um texto de letras miúdas.

Regas devem ocorrer com uma constância.

Antúrio.

Plantas necessitam de cuidados para que mantenham-se saudáveis.

Mudança brusca de temperatura pode ressecar a folhagem.

Visite também os posts:

ho Bromélia Pândano Gengibre vermelho. Babosa de arvore. Pleomele. Afelandra Helicônia papagaio Lírio amarelo

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.