Tag: pergolados

Sala de estar ao ar livre

Cantinhos aconchegantes, varandas, pergolados, estes espaços se transformaram em verdadeiras sala de estar ao ar livre, lugares sofisticados, bem decorados, alegres. Onde você contempla a paisagem, relaxa, e também recebe os amigos e familiares.

Se você deseja transformar um ambiente externo de sua casa, numa linda sala de estar ao ar livre aproveite as dicas.

  1. Escolha a melhor vista, para direcionar  o mobiliário como: bancos, redes, espreguiçadeiras etc…
  2. Crie sombra. Se no local não há arvores  instale, pergolados, trepadeiras, ombrelone etc…
  3. Cultive espécies, de acordo com o espaço que você tem disponível,  para não sobrecarregar o ambiente. Lembre-se que as mudinhas crescem e podem ocupar grande área de seu projeto.
  4. Utilize também os espaços em muros e paredes. Instalando vasos e elementos de decoração, valoriza o ambiente.
  5. Aproveite para instalar espelhos. Se o espaço a ser transformado em sala de estar ao ar livre for construida em varanda de apartamento, pois amplia o ambiente e reflete a luz natural deixando a local mais claro.

O destaque fica para o desenho xadrez, que a sombra das ripas formam no piso.

Elementos claros na decoração acalmam o ambiente.

Ambiente aconchegante.

Destaque para vigas revestidas com bambu.

Corredor largo, transformado em sala de estar.

Fotos: Revista Natureza.

Visite também os posts:

Redes

Ombrelone

Lírio amarelo

Areca bambu.

Cica.

Estufa para plantas

Ipê rosa.

Ipê branco.

Romã.

Cheflera.

Cerejeira ornamental.

Arvore do viajante.

 

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.


Carolina


A carolina, alamanda, dedal de moça e dedal de dama, ( Alamanda Cathartica), trepadeira nativa do Brasil, que apresenta vistosas flores e uma  folhagem espessa e bastante ornamental, composta de folhas verdes e vistosas o ano inteiro. Planta perene, semi-lenhosa de crescimento lento.

Carolina é uma trepadeira lactescente, semi-lenhosa do litoral norte, nordeste e leste do Brasil, muito vigorosa com variável tonalidades de flores, em:

  • Amarelo.
  • Rosa.
  • Vinho.

A carolina é uma trepadeira muito utilizada em projetos de paisagismo, pois trata-se de uma espécie muito resistente e de fácil manutenção, realiza de forma uniforme a cobertura do espaço onde é cultivada; Porém não é recomendada para o cultivo em pergolados, devido a sua floração ficar pouco exposta quando cultivada neste local.

Entretanto a carolina é uma trepadeira ideal para ser cultivada em:

  • Cercas.
  • Pórticos.
  • Taludes.
  • Muros.

Sempre tutorada com arames muito firmes, pois a planta apresenta ramos fortes e pesados.

A carolina é muito introduzida em projetos de paisagismo residenciais, empresariais e urbanos, fazendo desta trepadeira uma das espécies mais conhecidas, pois esta sempre florida e suas folhas apresentam um verde com brilho destacado.

Apesar da carolina ser uma planta tão conhecida e introduzida em ambientes de grande circulação de pessoas trata-se de uma espécie lactescente, (produz látex resinoso e venenoso),  por este motivo deve se ter atenção no contato de crianças com a planta.

Dicas para o cultivo saudável da carolina:

  • Regue a planta a cada 10 dias pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno, porém a carolina é uma planta que tolera bem o frio.
  • Realize mudas através de sementes ou estacas aproveitadas da poda
  • Faça a poda de contenção da planta se houver necessidade, entre os meses de maio até agosto.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.


Trepadeira que apresenta flores e folhas vigorosas.

Sementes da trepadeira Carolina.

Cultive sob sol pleno.

A Carolina deve ser tutorada com arames muito firmes pois a planta apresenta ramos fortes e pesado.

Visite também os posts:

Sapatinho de judia.

Trepadeira para pergolado.


Trepadeira sanguínea.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.

Dedal de moça


Dedal de moça, alamanda amarela, carolina e dedal-de-dama, ( Alamanda Cathartica), trepadeira nativa do Brasil, que apresenta vistosas flores e uma  folhagem espessa e bastante ornamental, composta de folhas verdes e vistosas o ano inteiro. Planta perene, semi-lenhosa de crescimento lento.

Dedal de moça é uma trepadeira lactescente, semi-lenhosa do litoral norte, nordeste e leste do Brasil, muito vigorosa com variável tonalidades de flores, em:

  • Amarelo.
  • Rosa.
  • Vinho.

A dedal de moça é uma trepadeira muito utilizada em projetos de paisagismo, pois trata-se de uma espécie muito resistente e de fácil manutenção, realiza de forma uniforme a cobertura do espaço onde é cultivada; Porém não é recomendada para o cultivo em pergolados, devido a sua floração ficar pouco exposta quando cultivada neste local.

Entretanto a dedal de moça é uma trepadeira ideal para ser cultivada em:

  • Cercas.
  • Pórticos.
  • Taludes.
  • Muros.

Sempre tutorada com arames muito firmes, pois a planta apresenta ramos fortes e pesado.

A dedal de moça é muito introduzida em projetos de paisagismo residenciais, empresarias e urbanos, fazendo desta trepadeira uma das espécies mais conhecidas, pois esta sempre florida e suas folhas apresentam um verde com brilho destacado.

Apesar da dedal de moça ser uma planta tão conhecida e introduzida em ambientes de grande circulação de pessoas trata-se de uma espécie lactescente, (produz látex resinoso e venenoso),  por este motivo deve se ter atenção no contato de crianças com a planta.

Dicas para o cultivo saudável da dedal de moça:

  • Regue a planta a cada 10 dias pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno, porém a dedal de moça é uma planta que tolera bem o frio.
  • Realize mudas através de sementes ou estacas aproveitadas da poda
  • Faça a poda de contenção da planta se houver necessidade, entre os meses de maio até agosto.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.

 

Trepadeira que apresenta flores e folhas vigorosas.

Sementes da trepadeira dedal de moça.

Cultive sob sol pleno.

Dedal de moça deve ser tutorada com arames muito firmes pois a planta apresenta ramos fortes e pesado.

Visite também os posts:

Sapatinho de judia.

Trepadeira para pergolado.


Trepadeira sanguínea.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.