Tag: pedras

Estilos de jardins

Jardim japonês, desde tempos ancestrais, antes do século VI. Os japoneses vêem a prática do cultivo de um jardim como uma das modalidades artísticas mais sublimes, uma vez que ela representa a própria esfera íntima da natureza e estabeleça uma harmonia perfeita com o entorno.

.

.

.

Os jardins japoneses caracterizam o Japão da era feudal, eles conduzem naturalmente seus visitantes a um estado de meditação, calma e espiritualidade. Com elementos simbólicos, valores transmitidos pela água, plantas e pedras.

.

.

Um dos elementos mais conhecido é o Sakura ou a cerejeira decorativa, também denominada flor da Felicidade; ela tem um papel fundamental na cultura do Japão. Entre março e abril os japoneses comemoram o Hanami, data na qual se festeja a floração deste arbusto, um evento que atrai muitos turistas.

.

.

O Momiji-Gari ou Acer Vermelho traduz a típica melancolia dos japoneses. A face mística do jardim é conferida pela presença das lanternas de pedra, as quais contribuem para uma melhor concentração e para iluminar a psique; por meio destas luzes são despertados os valores tradicionais e espirituais.

.

.

O elemento água é representado pelo lago e pelas carpas, os quais têm significação essencial, pois esta substância é vital para a existência. Os peixes, por sua vez, simbolizam a fecundidade e o progresso.

O Taiko Bashi ou a ponte é uma trilha que se insinua pelo jardim, significando a ascensão a um estágio espiritual e emocionalmente mais elevado, que implica em crescimento e conhecimento interior.

.

.

.

O bambu, dobrável, revela o dom humano de se moldar a qualquer situação e de se transformar e ele têm seus galhos atados, de forma que o arbusto se curve sobre o lago, como em sinal de reverencia.

As pedras das cascatas são o núcleo central do jardim. A rocha posicionada verticalmente simboliza a paternidade; e a inserida horizontalmente representa a maternidade, da qual emana a água.

.

Visite também os posts:

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Jardim sensorial


O jardim sensorial é um estilo de jardim possível de ser cultivado em pequenas, médias ou grandes áreas, para ser desfrutado por todos os que o visita; Por se tratar de um jardim que aguça os cinco sentidos, pois possibilita as pessoas, mesmo com limitações: apreciá-lo, através de:

  1. Tato - textura das folhas, flores e Troncos.
  2. Audição - sons da natureza, pássaros, vento em folhagens e quedas d’água.
  3. Visão – cores e texturas das espécies.
  4. Olfato - aroma das plantas.
  5. Paladar - sabores das frutas e ervas.

Para a confecção do jardim sensorial, é necessário uma maior atenção nos, aromas, texturas, sabores, formas e sons, que através destes elementos, irá obter sensações agradáveis e relaxamento.

Acessibilidade é muito importante no planejamento de um jardim sensorial, com caminhos seguros e acesso facilitado, com rampas; E também maneiras de acomodações para a contemplação do jardim, com:

Utilize elementos de decoração como: madeira, pedras, sinos, mensageiros do vento e esculturas, considerando as possíveis experiências sensoriais dos materiais.

O contato com a natureza proporciona relaxamento, introduzindo espécies e elementos adequados, o jardim sensorial aumentará as sensações através de:

  • Fontes e cascata miniatura, que aguçam a audiçãoArvores frutíferas, também são ótimas opções, pois atraem pássaros e com eles o canto.
  • Jasmim, alfazema, lavanda, mirra, sândalo, alecrim, dama da noite, gardênia, lírios brancos; Todas estas espécies aguçam o olfato.
  • Esculturas e pedra, dão ao visitante a oportunidade de contato.
  • Arvores frutíferas e algumas ervas, como: Manjericão, alecrim, laranjeira, Pitangueira, Romã, Jabuticabeira, aguça dois sentidos, paladar e o olfato.
  • Todo o conjunto de espécies e elementos dispostos com harmonia e fácil acesso, irá impactar a visão.

Uma dica de espécies para o cultivo em um jardim sensorial é de plantas que apresentam floração intensa como:

E também plantas esculturais como as:

São muito indicadas, devido ao desenho e estrutura das espécies, que fará com que o jardim sensorial traga ao visitante uma sensação de contemplamento.


Crie maneiras de acomodações para a contemplação do jardim.

Ninho de passarinho, construído no jardim.

O jardim sensorial aguça também o paladar

Acesso com rampas seguras.

Visite também os posts:

Estufa para plantas

Plantas para muro

Sala de estar ao ar livre

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Orquídeas, qual o vaso e temperatura ideal ?


Não é recomendado o uso de vasos com tamanhos muito maiores do que a planta. pois há necessidade em imitar o ambiente em que a planta se desenvolve na natureza, como: encaixes em arvores, pequenos espaços entre galhos, entre pedras, sob rochas, etc…

O ideal é o cultivo em de vasos de barro, vasos de fibra de coco, caixinhas de madeira, opções ecológicas em que se consegue aproximar muito a planta ao seu ambiente natural. Algumas espécies de orquídeas tem preferência por serem cultivadas em:

Troncos e pedras: Cattleya walkeriana

Troncos, pedaços de madeira, lascas de bambu e arvores. Cattleya nobillor.

Altamente resistente se desenvolve bem em pouco espaço, caixinha de madeira ripada próprias para orquídeas, vaso pequeno com pouco substrato, placas de fibra de coco, troncos de arvore: Cattleya schilleriana e a Cattleya aclandiae coerulea.

Vasos ricos em substrato as espécies de Oncidium sharry baby desenvolvem-se melhor.

 

Temperaturas:

 

As orquídeas toleram grandes variações de temperatura, entre 10 a 40 º C; Porém a temperatura ideal fica em torno dos 25 graus.

Entretanto há as orquídeas que preferem temperaturas mais altas, ideal para serem cultivadas nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, como por exemplo:

  • Phalaenopsis.
  • Vanda.

Já as temperaturas mais amenas, se adaptam muito bem na região Sul do pais; São elas:

  • Miltonias.
  • Cymbidiums.
  • Paphilopedilum.


Oncidium sharry baby, deve ser cultivada em vasos ricos em substrato.

Orquídea Cymbidium, ideal para o cultivo em temperatura amena.

Orquídea Phalaenopsis, ideal para o cultivo em temperatura mais altas.

Denphalis vinho.

Visite também os posts:

 

Orquídea bambu.


Jardim Botânico.


Orquideas.


Iluminação para orquídeas.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.