Tag: paredes

Manto de rei


Manto de rei (Thunbergia erecta), arbusto perene, também conhecido popularmente como tumbergia, trata-se de uma planta nativa da China e Coréia e da Africa tropical, espécie arbustiva, ereta e semi-herbácea, que apresenta folhas pequenas, opostas, verde-escuras e ovaladas, com caule de textura lenhosa, marrom acinzentado e muito ramificado.

Quando não podado chega atingir 2 metros e 50 de altura. Apresenta grandes flores tubulares azuis com centro amarelo, formadas principalmente na primavera-verão.

manto de rei pode ser cultivada na forma de renque, como cerca viva, apropriada para condução ao longo de muros e paredes. É uma planta de fácil manutenção, também uma opção para atrair polinizadores.

manto de rei adapta-se a muitos tipos de clima, porem prefere o tropical e o subtropical e tolera bem a geadas.

Arbusto que apresenta floração exuberante, de porte médio, que pode ser cultivada isolada, planta versátil que se encaixar nos mais diversos estilos de jardins, como:

  • Jardim no estilo tropical.
  • Jardim no estilo contemporâneo.

Planta que pode ser encontrada também como trepadeira, podendo ser realizado várias combinações com as duas espécies.

Dicas para o cultivo saudável do manto de rei:

  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra, porém a tumbergia é uma planta que tolera bem o frio.
  • Cultive em solo fértil, bem drenado e ricos em matéria orgânica.
  • Faça a poda da planta entre os meses de maio até agosto.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.
  • Dê espaçamento para o plantio de 30 cm entre as mudas e cultive bem rente ao muro.
    Siga estas dicas de cultivo e o manto de rei se manterá com aparência exuberante, desta forma trará vida e colorido na decoração do ambiente, e ainda livrá a espécie de doenças e pragas.


Apresenta grandes flores tubulares azuis com centro amarelo, formadas principalmente na primavera-verão.

Visite também os posts:

Trepadeira tumbergia.

Topiaria.


Maciço.

Coroa de Cristo.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Bambu do céu


Bambu do céu, (Nandina domestica Thunb), também popularmente conhecida como: avenca japonesa, nanten, nandina, bambu celeste, espécie nativa da China e Japão; Arbusto entouceirado com porte que chega atingir 2 metros de altura.

Folhagem ornamental, de folhas que nascem com tom laranja-avermelhado e vai se tornando verde claro com o passar dos dias, a planta apresenta frutos vistosos durante a primavera-verão, são pequenas bolinhas vermelhas e brilhantes e seus folíolos se tornam avermelhados durante o outono e inverno, oque dão a planta um ar oriental.

bambu do céu é bastante tolerante a baixas temperaturas, amplamente cultivada em regiões mais frias.

Em projetos de paisagismo a bambu do céu é muito cultivada em jardim de estilo japonês; Porém a planta comporta o uso em jardim no estilo contemporâneo em forma de renque, junto a muros e paredes.

Planta de formato extremamente delicado, possibilitando seu cultivo em ambientes internos, como em:

  • Consultório.
  • Escritório.
  • Hall de entrada.

Podendo ser cultivada em vasos, em conjunto ou solitário, em local onde a planta receba luz direta por 3 horas diárias.

Dicas para o cultivo saudável da bambu do céu:

  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra. Com preferência á meia sombra, quando cultivadas em regiões mais quentes e ensolaradas.
  • Cultive em solo fértil, bem drenado e ricos em matéria orgânica.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas velhas, para revitalizar a planta.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Realize mudas através de sementes, estacas e divisão de touceira.

Sugestões de espécie que se integram com bambu do céu, para realizar projetos de paisagismo.

  1. ARVORE: Pinheiro.
  2. ARBUSTO: Lanterninha japonesa. azaleia Buxinho.
  3. TOUCEIRA: Bambusa.
  4. TREPADEIRA: Lágrima de Cristo.
  5. FORRAÇÃO: Clorofito.

Siga estas dicas de cultivo e a  bambu do céu, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Folhagem ornamental, de folhas que nascem com tom laranja-avermelhado e vai se tornando verde claro a medida que a planta cresce.

Folhagem ornamental, de folhas que nascem com tom laranja-avermelhado.

bambu do céu é bastante tolerante a baixas temperaturas.

Visite também os posts:

Sapatinho de judia.

Trepadeira para pergolado.


Trepadeira sanguínea.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Bambu celeste


Bambu celeste, (nandina domestica thunb), também popularmente conhecida como: avenca japonesa, nanten, bambu do céu, nandina espécie nativa da China e Japão; Arbusto entouceirado com porte que chega atingir 2 metros de altura.

Folhagem ornamental, de folhas que nascem com tom laranja-avermelhado e vai se tornando verde claro a medida que a planta cresce, a espécie apresenta frutos vistosos durante a primavera-verão, são pequenas bolinhas vermelhas e brilhantes e seus folíolos se tornam avermelhados durante o outono e inverno, oque dão a planta um ar oriental.

bambu celeste é bastante tolerante a baixas temperaturas, amplamente cultivada em regiões mais frias.

Em projetos de paisagismo a bambu celeste é muito cultivada em jardim de estilo japonês; Porém a planta comporta o uso em jardim no estilo contemporâneo em forma de renque, junto a muros e paredes.

Planta de formato extremamente delicado, possibilitando seu cultivo em ambientes internos, como em:

  • Consultório.
  • Escritório.
  • Hall de entrada.

Podendo ser cultivada em vasos, em conjunto ou solitário, em local onde a planta receba luz direta por 3 horas diárias.

Dicas para o cultivo saudável da bambu celeste:

  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra. Com preferência á meia sombra, quando cultivadas em regiões mais quentes e ensolaradas.
  • Cultive em solo fértil, bem drenado e ricos em matéria orgânica.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas velhas, para revitalizar a planta.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Realize mudas através de sementes, estacas e divisão de touceira.

Sugestões de espécie que se integram com bambu celeste, para realizar projetos de paisagismo.

  1. ARVORE: Pinheiro.
  2. ARBUSTO: Lanterninha japonesa. azaleia Buxinho.
  3. TOUCEIRA: Bambusa.
  4. TREPADEIRA: Lágrima de Cristo.
  5. FORRAÇÃO: Clorofito.

Siga estas dicas de cultivo e a  bambu celeste, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


A bambu celeste é bastante tolerante a baixas temperaturas.

Folhagem ornamental, de folhas que nascem com tom laranja-avermelhado e vai se tornando verde claro a medida que a planta cresce.

Visite também os posts:

Sapatinho de judia.

Trepadeira para pergolado.


Trepadeira sanguínea.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.