Tag: palmeira de crescimento lento

Tamareira de jardim


A tamareira de jardim (Phoenix roebelenii), é uma palmeira nativa do Vietnã e Tailândia, espécie perene, da família das Arecaceae. E de acordo com cada região do Brasil a planta apresenta nome diferente, como: fênix, palmeira-anã, palmeira-fênix, tamareira-anã e finalmente tamareira de jardim.

INFLORESCÊNCIA da planta se dá em grande quantidade, com pequenas FLORES amarelas, que dão origem a frutos amarronzados, do tipo drupa, muito apreciados pelos pássaros.

A tamareira  de jardim mede entre, 2 a 4 metros de altura e apresenta crescimento moderado a lento. No paisagismo a espécie deve ser cultiva isolada; Porém na natureza, por vezes aparece em touceira, com vários troncos que partilham do mesmo sistema radicular. Sua BELEZA é muito valorizada nos parques, avenidas, grandes jardins residenciais e comerciais. Sendo uma palmeira muito utilizada em projetos de paisagismo no estilo tropical e contemporâneo.

CULTIVE a tamareira de jardim sob sol pleno e meia sombra, em solo fértil, enriquecido com matéria orgânica; Espécie que necessita de sol e calor para o seu pleno desenvolvimento; Tolerante a seca e a salinidade do solo. As mudas são realizadas através das sementes de seus frutos.

Cuidados no cultivo da tamareira de jardim:

  • Retire as folhas velhas, para estimular o crescimento da folhagem nova e reduzir o volume da copa.
  • Utilize muita cautela neste procedimento, pois a planta apresenta espinhos na base das folhas.
  • Regue uma vez na semana, a planta não necessita de uma grande quantidade de umidade no solo.
  • Adube com fertilizante químico NPK 10-10-10. Como utilizar


Conjunto de tamareiras de jardim cultivadas sob sol pleno.

Tamareira de jardim cultivada sob sol pleno.

Tamareira de jardim com cachos de frutos.

Cachos de frutos da tamareira de jardim.

Frutos da tamareira de jardim.

Frutos da tamareira de jardim.

Visite também os posts:

Pândano

NPK como usar?

Parque da cidade de Jundiaí

Lírio amarelo

Areca bambu.

Cica.

Estufa para plantas

Ipê rosa.

Ipê branco.

Romã.

Cheflera.

Cerejeira ornamental.

Arvore do viajante.

 


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

 

Palmeira leque


A palmeira leque ou licuala, (Licuala grandis), trata-se de uma espécie originária do sudeste da Ásia, da Austrália e da Oceania, palmeira de pequeno porte, que pode atingir até 4 metros de altura, de crescimento lento. Possui folhagem em forma leque, o que originou o nome da planta.

Folhas com desenho arredondado, marcada por plissados e leve denteamento nas margens.

Devido ao tamanho de suas folhas confere volume ao ambiente, o que faz com que a planta seja muito difundida como palmeira de vãos de interiores, além de produzir grande efeito decorativo, devido a sua magnífica folhagem em forma de leque; Os exemplares adultos apresentam frutificação avermelhada, o que acrescenta maior beleza a planta.

A palmeira é uma planta essencial em projetos de jardim no estilo tropical; E a palmeira leque é uma das espécies mais introduzidas neste estilo de jardim, devido a exuberância de suas folhas, por ser planta de fácil manutenção e ainda indicada para ser cultivada sob meia sombra, pois não tolera sol direto, a planta prefere temperatura amena.

O cultivo da palmeira leque é indicado como espécie isolada no jardim ou em interiores cultivadas em vasos nas salas residenciais e comerciais.

Dicas para o cultivo saudável da palmeira leque:

  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob meia sombra.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado, enriquecida com composto orgânico e areia.
  • Realize limpeza da planta, retirando folhas velhas no inicio do outono.
  • Aplique fertilizante foliar mensalmente.


A palmeira leque produz grande efeito decorativo, devido a sua magnífica folhagem em forma de leque.

O cultivo da palmeira leque no jardim é indicado como espécie isolada no jardim.

Visite também os posts:

 

Areca bambu.


Pândano.


Tamareira de jardim.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.