Tag: paisagismo

Clorofito

Clorofito, também conhecida como, gravatinha, clorofita, ( Chlorophytum comosum), é uma folhagem originária da Africa do Sul, que apresenta longas folhas, de aspecto recurvado e pendente, folhas verdes, listrada de branco no centro, cresce em touceiras baixas, de 20 a 40 cm de altura; A espécie apresenta folhas longas como fitas, o que dá nome a planta; E origina mudas á partir da floração, que se transforma em pequenos tufos de mudas.

Planta herbácea, perene, de folhagem ornamental, espécie rústica, semelhante a gramínea.

clorofito, é muitas vezes confundida com a barba de serpente, por sua imensa semelhança, as duas espécies apresentam cores e formatos muito próximos na sua estrutura e coloração. Porem em locais que a especie recebe poucos raios solares sua folhagem se apresenta apenas na cor verde.

clorofito é ideal para quem necessita realizar forração do jardim; Esta espécie de grama pode ser cultivada sob sombra ou meia sombra e necessita de pouca manutenção.

Devido sua folhagem exuberante a clorofito é ótima para formar maciços, cria contraste com plantas de cores escuras. A grama cresce rapidamente e tem sua florescência na ponta das ramagens, com flores pequenas e delicadas, passando despercebida aos olhos menos curiosos.

No paisagismo, a clorofito presta-se como excelente forração, ideal para ser cultivada sob a copa de árvores ou para ladear muros, pontuar caminhos, realizar maciços isolados, criar volumes ou ainda ser cultivada em vasos e jardineiras.

Em projetos de paisagismoclorofito é excelente para ser cultivada em:

Há inúmeras formas de introduzir a clorofito na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Bordadura, em bordas de edificações.
  • Maciços, em gramados com crescimento livre.
  • Conjunto de vasos enfileirados.
  • Conjunto ao longo de alamedas
  • Conjunto ou isolada em ambientes internos ou externos.
  • Forração sob arvores.
  • Planta palustre próximo á lagos, piscinas, espelho d’água.
  • Junto a taludes e grandes pedras.

Dicas de espécies, que combinam com clorofito, para realizar seu projeto de paisagismo:

  1. ArvoreIpê branco;Palmeira.
  2. Arbusto: Lantana com flor branca, Hibisco com flor branca, Primavera de flor branca.
  3. Touceira: Lírio com flor branca, Formio.
  4. Trepadeira: Lágrima de Cristo.
  5. Folhagem: Todos os tipos de Imbé, Calathea tigrina.
  6. ForraçãoCinerária Marítima, Mal me quer.

Dicas para o cultivo saudável da clorofito:

  • Cultive sob meia sombra, planta resistente a geadas.
  • Regue a planta a cada 10 dias, pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado.
  • Realize mudas através de divisão de touceira.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas e raízes velhas, para revitalizar a planta.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10
  • Dê espaçamento no plantio de 20 cm entre as mudas e pode ser cultivado bem rente ao muro.
  • As mudas se apresentam nas pontas de pendoem que saem da planta mãe.

Seguindo estas dicas e cuidados a clorofito se manterá com boa aparência e livre de doenças e pragas, trazendo vida e colorido para o ambiente.

As mudas se apresentam nas pontas de pendoem que saem da planta mãe.

.

.

Em locais que a especie recebe poucos raios solares sua folhagem se apresenta apenas na cor verde.

A folhagem ornamental.

Sua florescência na ponta das ramagens, com flores pequenas e delicadas.

Visite também os posts:

Jardim clássico.

Parque do Ipiranga.


Jardim desértico ou árido.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Grafites e paisagismo

 

.

Eu me lembro no inicio do meu curso de jardinagem e paisagismo, numa das primeiras aulas quando a professora definiu o projeto de paisagismo como: uma arte que atinge 4 dimensões.

  1. Altura.

  2. Largura.

  3. Profundidade.

  4. e finalmente o Tempo.

Pronto… foi então que enxerguei que um projeto de paisagismo bem realizado….. É como a grandeza das obras de Burle Marx, se tornam obras imortais.

ELA TEM CORES, CURVAS, SABORES....

Agora vejo, com muita felicidade a imortalidade do paisagismo migrando para as ruas e se unindo a arte do grafite; Onde torna este estilo de arte ainda mais vivo e expressivo.

Fé em Deus que ele é Justo, Ei irmão nunca se esqueça.

E torna o paisagismo e o grafite ferramentas unidas por uma luta de resistência por uma cidade mais humana e acolhedora.

TUDO VEM DO VENTO, DO VENTO VEM TUDO, DO VENTO TUDO VEM.....

Onde um apenas evidencia a beleza do outro; E nesta união gera uma explosão de criatividade.

 

Amor, amor sentimento abstratoVc pode sentir porem não pode tocar.

Estamos apenas no principio da mudança, na forma de vermos a arte nas ruas; Pois os grafites e paisagismo que vemos hoje nos muros e paredes das cidades já prenderam a atenção do cidadão e governantes.

Com um ar diferente, parecia estar contente; Com seu novo lar, com o seu novo lar;.

E o próximo passo será dar um grito maior. Quando o grafite se unir com suas letras grandes, gritantes e expressivas do rap e divulgar as idéias de luta a favor da consciência e justiça.

 

.

E com esta ação o grafite fará com que as mentes que tiverem contado com os pensamentos do rap cresçam a favor de uma sociedade justa e inclusiva.

UMA MENTE QUE SE EXPANDE NUNCA MAIS VOLTA A SEU TAMANHO ORIGINAL.

Desta forma seguirá o curso natural da arte, que é estar a serviço da população, não a serviço de estratégias politicas.

UM EXEMPLO DE; DESENHO, ESCRITA E PAISAGISMO.

A achar um ninho. Nem que seja no peito um do outro.

Cultivando mentes, elas se tornaram férteis a fim de pensamentos próprios e críticos; Ação que a sociedade precisa cultivar urgentemente.

Nosso sorriso sereno hoje é o veneno
Pra quem trouxe tanto ódio pr’onde deitamos.

Para realmente podermos celebrar por conquistas verdadeiras, onde as artes; Todas elas…. grafite, pixo, rap, rock, música clássica, projeto de paisagismo, dança contemporânea e todas as demais forma de arte terão espaço e serão acessíveis a toda sociedade.

Visite também os posts:

 

Cica.

Bromélia


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Íris

Íris planta conhecida popularmente também como: Íris-da-praia, Íris-caminhante, Planta-dos-apóstolos, Doze-apóstolos, Falsa-íris, Lírio-roxo-das-pedreiras, Lírio-roxo-das-pedras, Trimezia candida. Da família Iridaceae; Espécie perene, rústica de clima tropical e subtropical, originária da América do sul; Com altura entre 40 a 90 centímetros.

A Íris trata-se de herbácea, de floração e folhagem decorativa. Com fortes rizoma que saem folhas de cor verde, laminares, em disposição de leque;  Na primavera e verão, despontam hastes eretas, que surgem do meio da folhagem e sustentam  flores muito delicadas.

Cada flor da  Íris tem três sépalas brancas, horizontais, com rajados de marrom na base e três pétalas recurvadas. Por estas pétalas diferenciadas, muitas pessoas confundem a  Íris com orquídeas. As flores são efêmeras, durando apenas um dia. Após a floração, as hastes florais pendem e podem tocar o solo, enraizando e formando novas mudas.

No paisagismo a Íris é de fácil manutenção e muito ornamenta; Com folhas brilhantes e estrutura entouceirada e pode ser utilizada em maciços e bordaduras, preferencialmente sob meia-sombra. Também pode ser cultivada em vasos e jardineiras.

Em projetos de paisagismoÍris é excelente para ser cultivada em:

Há inúmeras formas de introduzir a Íris na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Bordadura, em bordas de edificações.
  • Maciços, em gramados.
  • Conjunto ao longo de alamedas
  • Forração sob arvores.
  • Envasada em ambientes internos e externos.
  • Planta palustre próximo á lagos, piscinas, espelho d’água.
  • Junto a taludes e grandes pedras.
  • Confecção de arranjos florais, (folhas).

Devido a Íris apresentar floração de cor branca, a planta se integra com mais facilidade a todas as espécies, facilitando na escolha, projeto e cultivo do jardim porem deve-se observar o conjunto de cores entre si.

  • Vermelha, laranja, amarela, ou:
  • Roxo, azul, ou:
  • Rosa, vermelha.

Dicas para o cultivo saudável da Íris:

  • Adubação: é necessário adubar a planta a cada 2 messes na primavera e verão e cada 3 meses no outono e inverno, pois na carência de alguns nutrientes, a planta apresenta sinais como: pragas, amarelamento e pintinhas pretas.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.
  • Multiplicação: se dá em formação de brotos onde as hastes antigas tendem a parar de florir e formar os novos brotos; Onde cada broto enraíza e forma uma nova planta; É um processo demorado, pois os brotos têm crescimento lento.
  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob meia sombra ou sombra.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado, enriquecida com composto orgânico e areia.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas e raízes velhas, para revitalizar a planta.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e a Íris, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.

 

Rajados de marrom na base e três pétalas recurvadas.
Por estas pétalas diferenciadas, muitas pessoas confundem a  Neomarica candida com orquídeas.

Visite também os posts:

Estufa de vidroIluminação para orquídeas. Orquídea bambu.TaludePergoladoMesa de madeira rústicaPergolado de bambuDecoração com caixas de feiraDecoração com paletes

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.