Tag: integra com facilidade

Pau d’arco amarelo


Pau d’arco amarelo é a espécie de Ipê mais cultivado no pais; A espécie Tabebuia chrysotricha, conhecida também como:

  1. ipê amarelo cascudo,
  2. ipê amarelo,
  3. ipê do morro,
  4. ipê do brejo,
  5. ipê tabaco,
  6. ipê açu.

Arvore nativa do Brasil,  desde o Espírito Santo até Santa Catarina, na floresta pluvial atlântica.

A espécie Tabebuia chrysotricha refere-se a presença de pelos densos, cor de ouro, nos ramos mais novos.

espécie caducifólia, o que significa que em um determinado período, as folhas da planta caem. E a queda das folhas é coincidente com o de floração que começa no final do inverno.

Quanto mais rigoroso o inverno maior a intensidade da floração do  pau d’arco amarelo. Essas flores tem a capacidade de atrair polinizadores, com destaque para os beija-flores, importantes agentes de polinização.

O pau d’arco amarelo é utilizado para a arborização urbana, que passa o ano inteiro sem ser notada, porém, quando floresce, a arvore se destaca durante um mês inteiro, período em que as flores permanecem na planta; E produz um magnífico efeito com suas flores, tanto na copa da árvore como no chão, pois cria um tapete florido aos pés da planta.

Em projetos de paisagismo a arvore é excelente para ser cultivada em jardim no estilo tropical, praças e parques, na forma de:

  • Conjunto de exemplares, em pequeno bosque.
  • Isolada em gramados, com crescimento livre.

O ipê amarelo se integra com mais facilidade a espécies, nas cores:

  • Vermelha, laranja, amarela e branca.

Conheça sugestões para facilitar na escolha das espécies e realizar o projeto e cultivo do jardim.

  1. ARVORE: Ipê branco ou Calistemo.
  2. ARBUSTO: Russelia.
  3. TOUCEIRA: Antúrio.
  4. TREPADEIRA: Alamanda amarela.ou Sapatinho de judia.

Dicas para o cultivo saudável do pau d’arco amarelo:

  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob sol pleno, porém a  pau d’arco amarelo é uma planta que tolera bem o frio.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado.
  • Realize mudas através de sementes
  • Faça a poda de contenção da planta se houver necessidade, após a floração.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Utilize Adubo orgânico, 2 vezes ao ano, para não compactar o solo.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e a  pau d’arco amarelo, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Floração que começa no final do inverno.
Arvore nativa do Brasil, desde o Espírito Santo até Santa Catarina.

 

Quanto mais rigoroso o inverno maior a intensidade da floração.

 

Magnífico efeito com suas flores, tanto na copa da árvore como no chão, pois cria um tapete florido aos pés da planta.

 

Visite também os posts:

Cadeira americana.


Recicle janela de madeira.


Mesa de madeira.


Decoração com paletes.


Patina de demolição.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Eryngium Pristis


Eryngium Pristis, nome cientifico da espécie nativa do cerrado também conhecida como língua de tucano, por muito tempo fácil mente encontrada no estado de São Paulo-Brasil, porém hoje em dia passa por grande ameaça de extinção, devido a urbanização que invade a cidade.

Planta perene, que apresenta espinhos em todo seguimentos laterais das longas folhas.

Eryngium Pristis é extremamente rústica, porém apresenta charme e elegância, devido ao desenho da espécie, que trás leveza em suas folhas finas.

Panta herbácea com propriedades medicinais comprovadas, na forma de chá (diurético); E em pomadas, (tratamento de lesões da pele).

Em projetos de paisagismo Eryngium Pristis é excelente para ser cultivada, em:

  • Jardim no estilo tropical.
  • Jardim no estilo árido ou desértico.
  • Jardim no estilo contemporâneo.
  • Jardim de pedras.
  • Pórticos.
  • Halls.
  • Escritório.

Há inúmeras formas de introduzir a  Eryngium Pristis na decoração, e realizar composições com harmonia no ambiente, tais como:

  • Bordadura, em bordas de edificações.
  • Conjunto de vasos enfileirados.
  • Conjunto ou isolada em ambientes internos ou externos.
  • Forração sob palmeiras.

Devido a  Eryngium Pristis não apresentar floração, ela se integra com facilidade a plantas de folhagens exuberante; Consulte as dicas de espécies para auxiliar na escolha das plantas do  projeto e cultivo do jardim.

  1. ARVORE:  Palmeira
  2. ARBUSTO:  Cica
  3. TOUCEIRA:   Bambusa. Formio
  4. FOLHAGEM:  Calathea tigrina. Antúrio.
  5. FORRAÇÃO:  Mal me quer. Cinerária Marítima,

Dicas para o cultivo saudável da  Eryngium Pristis:

  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra.
  • Cultive em solo fértil, bem drenado e ricos em matéria orgânica.
  • Realize limpeza da planta retirando folhas velhas no inicio do outono.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Utilize Adubo orgânico, 2 vezes ao ano, para não compactar o solo.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e a  Eryngium Pristis, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Hall de entrada de clinica médica, decoração com equilíbrio.

 

Devido não apresentar floração, se integra com facilidade a plantas de folhagens.
Planta perene, que apresenta espinhos.
Planta extremamente rústica, porém apresenta charme e elegância.

Visite também os posts:

Bilbérgia aleluia.

Ilha do Mel

Trilha de bike

Ubatuba a Paraty

Morretes

Estufa de vidro

Iluminação para orquídeas.

Orquídea bambu.

Talude

 

Gengibre vermelho.


Babosa de arvore.


Pleomele.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

 

Ipê amarelo

O cultivo saudável garante a espécie que fique livre de pragas e doenças, e se mantem com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente:

Adubação, com uma misturar de adubo orgânico, (esterco curtido, humos de minhoca); Na carência de alguns nutrientes, o ipê amarelo apresenta sinal de baixa floração.

Cultivo deve ser realizado em solo bem drenado, rico em matéria orgânica e realizado a coroa no pé da planta.

Multiplicação, se dá através das sementes.

Dicas para o cultivo saudável do ipê amarelo:

  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob sol pleno, porém a ipê amarelo é uma planta que tolera bem o frio.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado.
  • Realize mudas através de sementes
  • Faça a poda de contenção da planta se houver necessidade, após a floração.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Utilize Adubo orgânico, 2 vezes ao ano, para não compactar o solo.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Visite outros 2 posts sobre o ipê amarelo; Veja mais fotos, obtenha mais informações através do memorial botânico e conheça como introduzir a espécie em seu projeto de paisagismo.

-Projeto de paisagismo ipê amarelo.

-Memorial botânico do ipê amarelo.

Visite também os posts:

Cadeira americana.


Recicle janela de madeira.


Mesa de madeira.


Decoração com paletes.


Patina de demolição.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.