Tag: Hera-verdadeira

Hera verdadeira


Hera verdadeira, (hedera helix), espécie nativa da Europa,  planta de textura semi-lenhosa com ramos longos e reptantes, folhas simples, verde  brilhantes,  alternas; Com espécie  variegadas de branco, prata ou amarelo e ainda a hera de porte anão; Conhecida por diversos nomes diferentes, como:

  • Aradeira,
  • Hedra,
  • Hera-dos-muros,
  • Hera-inglesa,
  • Hera-trepadeira,
  • Hera,
  • Heradeira.
  • Planta perene, de beleza rústica, com a capacidade de ser introduzida no paisagismo de diversas maneiras.

    Trepadeira de fácil manutenção e grande resistência.

    A hera verdadeira trata-se de planta tóxica, porém há quem utilize de forma medicinal, com indicações na cura de: ferimentos, queimaduras, problemas respiratórios, hipertensão arterial, nevralgias, gota, escrofulose, reumatismo, neurites e úlceras.

    Em projeto de paisagismo hera verdadeira é excelente para ser cultivada em:

    Há inúmeras formas de introduzir a hera verdadeira na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

    • Forração sob copas de árvores.
    • Revestimento de treliças.
    • Revestimento muros.
    • Forração de esculturas, feitas de arame.
    • Cultivo em cesta suspensa.

    Devido a hera verdadeira não apresentar floração, ela se integra com facilidade a plantas de folhagens exuberante; Consulte as dicas de espécies para auxiliar na escolha das plantas do projeto e cultivo do jardim.

    Dicas para o cultivo saudável da hera verdadeira:

    • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois apresenta grande resistência a falta d’água.
    • Cultive sob sol pleno ou meia sombra.
    • A planta pode ser cultivada em solo com poucos nutrientes.
    • Realize mudas através de divisão de ramagens.
    • Dê espaçamento para o plantio de 30 cm entre as mudas.
    • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
    • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
    • Utilize Adubo orgânico, 2 vezes ao ano, para não compactar o solo.
    • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

    Siga estas dicas de cultivo e a  hera verdadeira, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


    Projeto de jardim foi introduzido as espécies:

     

    ARVORE:   Palmeira

    ARBUSTO:   Buxinho

    TOUCEIRA:   Formio

    FORRAÇÃO:   Hera

    Planta perene, de beleza rústica.
    Trepadeira de fácil manutenção. 

    Visite também os posts:

    Cheflera.


    Cerejeira ornamental.


    Arvore do viajante.


    Envie comentário.

    Tire suas dúvidas.

    Curta no Facebook.

    Siga no twitter.

    Heradeira


    Heradeira, (hedera helix), espécie nativa da Europa,  planta de textura semi-lenhosa com ramos longos e reptantes, folhas simples, verde  brilhantes,  alternas; Com espécie  variegadas de branco, prata ou amarelo e ainda a hera de porte anão; Conhecida por diversos nomes diferentes, como:

  • Aradeira,
  • Hedra,
  • Hera-dos-muros,
  • Hera-inglesa,
  • Hera-trepadeira,
  • Hera-verdadeira,
  • Hera.
  • Planta perene, de beleza rústica, com a capacidade de ser introduzida no paisagismo de diversas maneiras.

    Trepadeira de fácil manutenção e grande resistência.

    A heradeira trata-se de planta tóxica, porém há quem utilize de forma medicinal, com indicações na cura de: ferimentos, queimaduras, problemas respiratórios, hipertensão arterial, nevralgias, gota, escrofulose, reumatismo, neurites e úlceras.

    Em projeto de paisagismo heradeira excelente para ser cultivada em:

    Há inúmeras formas de introduzir a heradeira na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

    • Forração sob copas de árvores.
    • Revestimento de treliças.
    • Revestimento muros.
    • Forração de esculturas, feitas de arame.
    • Cultivo em cesta suspensa.

    Devido a  heradeira não apresentar floração, ela se integra com facilidade a plantas de folhagens exuberante; Consulte as dicas de espécies para auxiliar na escolha das plantas do projeto e cultivo do jardim.

    Dicas para o cultivo saudável da  heradeira :

    • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois apresenta grande resistência a falta d’água.
    • Cultive sob sol pleno ou meia sombra.
    • A planta pode ser cultivada em solo com poucos nutrientes.
    • Realize mudas através de divisão de ramagens.
    • Dê espaçamento para o plantio de 30 cm entre as mudas.
    • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
    • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
    • Utilize Adubo orgânico, 2 vezes ao ano, para não compactar o solo.
    • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

    Siga estas dicas de cultivo e a  heradeira, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


    Projeto de jardim foi introduzido as espécies:

     

    ARVORE:   Palmeira

    ARBUSTO:   Buxinho

    TOUCEIRA:   Formio

    FORRAÇÃO:   Hera

    Planta perene, de beleza rústica.
    Trepadeira de fácil manutenção. 

    Visite também os posts:

    Cheflera.


    Cerejeira ornamental.


    Arvore do viajante.


    Envie comentário.

    Tire suas dúvidas.

    Curta no Facebook.

    Siga no twitter.

    Hera trepadeira


    Hera trepadeira, (hedera helix), espécie nativa da Europa,  planta de textura semi-lenhosa com ramos longos e reptantes, folhas simples, verde  brilhantes,  alternas; Com espécie  variegadas de branco, prata ou amarelo e ainda a hera de porte anão; Conhecida por diversos nomes diferentes, como:

  • Aradeira,
  • Hedra,
  • Hera-dos-muros,
  • Hera-inglesa,
  • Hera,
  • Hera-verdadeira,
  • Heradeira.
  • Planta perene, de beleza rústica, com a capacidade de ser introduzida no paisagismo de diversas maneiras.

    Trepadeira de fácil manutenção e grande resistência.

    A hera trepadeira trata-se de planta tóxica, porém há quem utilize de forma medicinal, com indicações na cura de: ferimentos, queimaduras, problemas respiratórios, hipertensão arterial, nevralgias, gota, escrofulose, reumatismo, neurites e úlceras.

    Em projeto de paisagismo hera trepadeira é excelente para ser cultivada em:

    Há inúmeras formas de introduzir a hera trepadeira na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

    • Forração sob copas de árvores.
    • Revestimento de treliças.
    • Revestimento muros.
    • Forração de esculturas, feitas de arame.
    • Cultivo em cesta suspensa.

    Devido a hera trepadeira não apresentar floração, ela se integra com facilidade a plantas de folhagens exuberante; Consulte as dicas de espécies para auxiliar na escolha das plantas do projeto e cultivo do jardim.

    Dicas para o cultivo saudável da hera trepadeira:

    • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois apresenta grande resistência a falta d’água.
    • Cultive sob sol pleno ou meia sombra.
    • A planta pode ser cultivada em solo com poucos nutrientes.
    • Realize mudas através de divisão de ramagens.
    • Dê espaçamento para o plantio de 30 cm entre as mudas.
    • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
    • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
    • Utilize Adubo orgânico, 2 vezes ao ano, para não compactar o solo.
    • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

    Siga estas dicas de cultivo e a  hera trepadeira, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


    Projeto de jardim foi introduzido as espécies:

    ARVORE:   Palmeira

    ARBUSTO:   Buxinho

    TOUCEIRA:   Formio

    FORRAÇÃO:   Hera

    Planta perene, de beleza rústica.
    Trepadeira de fácil manutenção.

    Visite também os posts:

    Cheflera.


    Cerejeira ornamental.


    Arvore do viajante.


    Envie comentário.

    Tire suas dúvidas.

    Curta no Facebook.

    Siga no twitter.