Tag: gramínea

Ofiopógão


Ofiopógão também conhecida popularmente como: barba de serpente e ofiopogo, herbácea perene, de folhagem ornamental, entouceirada, chega atingir 20 a 40 cm de altura, espécie semelhante a uma gramínea, com aspecto recurvado e pendente, nativa da China e Japão.

A planta apresenta duas variedades, a espécie variegada mais cultivada em jardins, apresenta folhas estreitas, com listras brancas e verdes com floração espigada que surgem no verão, nas cores brancas ou roxas; A barba de serpente apresenta a variedade com folhas totalmente verdes, com folhas mais largas e mais longas.

Em projetos de paisagismo ofiopógão é cultivada em jardins no estilo tropical e também no estilo contemporâneo, como: bordadura, forração, sob arvores, demarcando caminhos e bem rente a muros; Em  meia sombra ou sol pleno; A planta pode ser cultivada em canteiros, vasos ou jardineiras.

Planta rústica de fácil manutenção e ampla multiplicação de mudas.

Por vezes a espécie é confundida com o clorofito, devido a grande semelhança na aparência de suas folhas e na estrutura da planta.

Dicas para o cultivo saudável da Ofiopógão:

  • Regue a planta a cada 10 dias, pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra, porem a planta é resistente a baixas temperaturas.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado.
  • Realize mudas através de divisão de touceira.
  • Realize limpeza da planta retirando folhas velhas no inicio do outono e quando cessar a floração.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08. na variedade variegada e fertilizante mineral, Npk 10-10-10. na variedade de folhas totalmente verdes.
  • Dê espaçamento para o plantio de 20 cm entre as mudas.

Seguindo estas dicas e cuidados do ofiopógão se manterá com boa aparência e livre de doenças e pragas, trazendo vida e colorido para o ambiente.


Folhagem ornamental, entouceirada, chega atingir 20 a 40 cm de altura.

Pode ser cultivada como: bordadura, forração sob arvores, maciços.

Cultivo sob meia sombra como bordadura.

Visite também os posts:

 

Zínia


Maranta zebrada


Trevo de quatro folhas

Cravo anão

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Chlorophytum comosum


Chlorophytum comosum, nome cientifico da planta popularmante conhecida como: grama de fita,  clorofito e gravatinha , é uma folhagem originária dos Estados Unidos, que apresenta longas folhas, de aspecto recurvado e pendente, folhas verdes, listrada de branco no centro, cresce em touceiras baixas, de 20 a 40 cm de altura.

A espécie apresenta folhas longas como fitas, o que dá nome a planta; E origina mudas á partir da floração, que se transforma em pequenos tufos de mudas.

Planta herbácea, perene, de folhagem ornamental, espécie rústica, semelhante a gramínea.

chlorophytum comosum, é muitas vezes confundida com a barba de serpente, por sua imensa semelhança, as duas espécies apresentam cores e formatos muito próximos na sua estrutura e coloração.

chlorophytum comosum é ideal para quem necessita realizar forração do jardim, porem encontra dificuldades com o excesso de sombra; Esta espécie de grama pode ser cultivada a meia sombra e necessita de pouca manutenção.

Devido sua folhagem exuberante o  chlorophytum comosum é ótima para formar maciços, cria contraste com plantas de cores escuras. A grama cresce rapidamente e tem sua florescência na ponta das ramagens, com flores pequenas e delicadas, passando despercebida aos olhos menos curiosos.

No paisagismo, o chlorophytum comosum presta-se como excelente forração, ideal para ser cultivada sob a copa de árvores ou para ladear muros, pontuar caminhos, realizar maciços isolados, criar volumes ou ainda ser cultivada em vasos e jardineiras.

Dicas para o cultivo saudável do chlorophytum comosum:

  • Cultive sob meia sombra, planta resistente a geadas.
  • Regue a planta a cada 10 dias, pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado.
  • Realize mudas através de divisão de touceira.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas e raízes velhas, para revitalizar a planta.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10
  • Dê espaçamento no plantio de 20 cm entre as mudas e pode ser cultivado bem rente ao muro.

Seguindo estas dicas e cuidados com o chlorophytum comosum se manterá com boa aparência e livre de doenças e pragas, trazendo vida e colorido para o ambiente.


Folhagem originária da Africa do Sul, que apresenta longas folhas, de aspecto recurvado e pendente.

Origina mudas á partir da floração, que se transforma em pequenos tufos de mudas.

Folhas verde, listrada de branco no centro, longas como fitas.

Mudas da espécie, com raízes á mostra.

Planta herbácea, perene, de folhagem ornamental, espécie rústica, semelhante a gramínea.

Visite também os posts:

Grama amendoim.

Forração para jardim.

Lambari.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Gravatinha


Gravatinha, também conhecida como clorofito, grama de fita ( Chlorophytum comosum), é uma folhagem originária da Africa do Sul, que apresenta longas folhas, de aspecto recurvado e pendente, folhas verdes, listrada de branco nas bordas, cresce em touceiras baixas, de 20 a 40 cm de altura; A espécie apresenta folhas longas como fitas, o que dá nome a planta; E origina mudas á partir da floração, que se transforma em pequenos tufos de mudas.

Planta herbácea, perene, de folhagem ornamental, espécie rústica, semelhante a gramínea.

gravatinha, é muitas vezes confundida com a barba de serpente, por sua imensa semelhança, as duas espécies apresentam cores e formatos muito próximos na sua estrutura e coloração.

gravatinha é ideal para quem necessita realizar forração do jardim, porem encontra dificuldades com o excesso de sombra; Esta espécie de grama pode ser cultivada a meia sombra e necessita de pouca manutenção.

Devido sua folhagem exuberante a  gravatinha é ótima para formar maciços, cria contraste com plantas de cores escuras. A grama cresce rapidamente e tem sua florescência na ponta das ramagens, com flores pequenas e delicadas, passando despercebida aos olhos menos curiosos.

No paisagismo, a  gravatinha presta-se como excelente forração, ideal para ser cultivada sob a copa de árvores ou para ladear muros, pontuar caminhos, realizar maciços isolados, criar volumes ou ainda ser cultivada em vasos e jardineiras.

Dicas para o cultivo saudável da gravatinha:

  • Cultive sob meia sombra, planta resistente a geadas.
  • Regue a planta a cada 10 dias, pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado.
  • Realize mudas através de divisão de touceira.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas e raízes velhas, para revitalizar a planta.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10
  • Dê espaçamento no plantio de 20 cm entre as mudas e pode ser cultivado bem rente ao muro.

Seguindo estas dicas e cuidados a gravatinha se manterá com boa aparência e livre de doenças e pragas, trazendo vida e colorido para o ambiente.


Folhagem originária da Africa do Sul, que apresenta longas folhas, de aspecto recurvado e pendente.

Origina mudas á partir da floração, que se transforma em pequenos tufos de mudas.

Visite também os posts:

Grama amendoim.

Forração para jardim.

Lambari.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.