Tag: forração

Projeto Jundiaí terracotajardinagem

Conheça as etapas do Projeto de Paisagismo realizado pelo Terracota jardinagem, num condomínio na Cidade  de Jundiaí.

O jardim neste caso já havia sido cultivado, porem devido reforma na residencia foi necessário realizar uma revitalização, introduzir outras espécies e reorganizar as já cultivadas no local.

No local já haviam: Cica , Mini espada de São Jorge, Escova de garrafa e grama.

E foram introduzidas: Clorofíto, orquídea bambu alba e forração de pedras brancas.

A introdução destas espécies deu ao ambiente suavidade e aconchego, deixando a forração de  pedras brancas harmonizadas ao jardim.

Esta primeira etapa do projeto consiste em fotografar os espaços, há serem realizados a implantação do jardim e através de software montar um croqui; Que possibilita ao cliente uma visualização do futuro jardim assim dar uma  compreensão do projeto á ser implantado.

Esta forma em que o Terracota jardinagem trabalha, dá ao cliente a oportunidade de visualizar o ambiente modificado mesmo antes de se iniciar o cultivo das espécies e uma fácil intervenção no projeto, caso o cliente queira substituir, acrescentar ou retirar alguma espécie.

Vejas as fotos da primeira etapa do Projeto realizado pelo Terracota jardinagem.

Canteiro na fachada da residencia.

Canteiros cultivados: cica e mini espada de são jorge.

Canteiros.

Foto para ser realizado projeto.

Projeto realizado com software.

Visite também os posts:

Bromélia

Pândano

Babosa de arvore.

Pleomele.

Afelandra

Helicônia papagaio

Lírio amarelo

Areca bambu.

Cica.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

 

 

 

 

Face sardenta


Face sardenta, (hypoestes phyllostachya, hypoestes sanguinolenta), planta também conhecida popularmente como: confete; Nativa de Madagascar, forração de folhas mescladas.

Espécie delicada e aspecto compacto, de folhas pequenas, com variedades que podem apresentar cores diferentes, diversas combinações, manchas, e  fundo pode ser branco, rosa, verde, vermelho, e as manchas róseas, vermelhas ou brancas.

Versátil, de fácil manutenção, com flores roxas e discretas têm importância ornamental secundária.

Em projetos de paisagismo a forração  face sardenta é excelente para ser cultivada em:

  • Jardim no estilo contemporâneo.
  • Jardim no estilo tropical.
  • Jardim no estilo clássico.
  • Jardim no estilo francês.
  • Jardim no estilo italiano.
  • Jardim no estilo japonês.
  • Calçadas.
  • Parques.
  • Pórticos.
  • Praças.
  • Halls.

Há inúmeras formas de introduzir a forração face sardenta na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Bordadura, em bordas de edificações.
  • Conjunto de vasos enfileirados.
  • Conjunto ou isolada em ambientes internos ou externos.
  • Topiaria, em gramados.
  • Forração sob arvores.

Devido a  face sardenta não apresentar floração, ela se integra com facilidade a plantas de folhagens exuberante; Consulte as dicas de espécies para auxiliar na escolha das plantas do projeto e cultivo do jardim.

  1. ARVORE:   Ipê rosa,  Pata de vaca branca.
  2. FOLHAGEM:    Clorofito,
  3. FORRAÇÃO:    Lambari,   Cinerária Marítima.

Dicas para o cultivo saudável do  face sardenta:

  • Regue a planta duas vezes na semana na primavera e verão e uma vez  no outono inverno; Mas suspenda a rega na temporada de chuvas.
  • Cultive sob meia sombra.
  • Cultive em solo fértil, bem drenado e ricos em matéria orgânica.
  • Realize mudas através de divisão de ramagens.
  • Faça replantio da espécie a cada 2 anos.
  • Dê espaçamento para o plantio de 30 cm entre as mudas e cultive bem rente ao muro.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Utilize Adubo orgânico, 2 vezes ao ano, para não compactar o solo.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e a face sardenta, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Versátil, de fácil manutenção.

Espécie delicada e aspecto compacto, de folhas pequenas.

Visite também os posts:

Cheflera.


Cerejeira ornamental.


Arvore do viajante.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Bandeira branca


Bandeira branca, (Spathiphyllum wallisii Regel), Planta nativa da  Venezuela e Colômbia, conhecido popularmente como:lírio da paz ou espatifilo; Trata-se de uma herbácea perene, que pode atingir até 40 cm de altura, com folhas brilhantes, que possuem grande valor ornamental.

Lírio que floresce o ano todo, porém mais abundantemente durante a primavera-verão, com flores brancas que mudam de coloração com o passar dos dias, chegando atingir um tom verde, como as folhas da planta.

Espécie de fácil manutenção, mais o excesso de sol direto causa queimaduras nas folhas da planta. Entretanto, o bandeira branca, pode ser cultivado em locais com pouca iluminação, inclusive em espaços que só recebam iluminação artificial. Por se tratar de um lírio de folhas largas é necessário lava-las ou limpa-las, com pano úmido, com frequência.

Em projeto de paisagismo, o bandeira branca é cultivado em:

  • Jardim de estilo tropical.
  • Jardim de estilo contemporâneo.
  • Jardim de inverno.

Em projetos de paisagismo a planta é excelente para ser cultivada em áreas sombreadas, na forma de:

  • Bordas de edificações, na forma de bordadura.
  • Sob arvores, na forma de forração.
  • Em conjunto de vasos enfileirados.

Devido apresentar floração de cor branca, a planta se integra com mais facilidade a outras espécies, facilitando na escolha, projeto e cultivo do jardim.

Conheça espécies que se integram com harmonia ao  bandeira branca, para realizar projetos de paisagismo.

  1. ARVORE:  Ipê branco.
  2. ARBUSTO: Primavera de flor branca.
  3. TOUCEIRA: Antúrio.
  4. FOLHAGEM: Calathea tigrina.
  5. TREPADEIRA: Lágrima de Cristo.
  6. FORRAÇÃO: Cinerária Marítima.

Dicas para o cultivo saudável do bandeira branca:

  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob meia sombra ou sombra.
  • Disponibilize em ambientes internos, iluminação por 3 ou 4 horas diárias.
  • Cultive em solo fértil, bem drenado e ricos em matéria orgânica.
  • Realize mudas através da separação de brotos que nascem entorno da planta mãe.
  • Realize limpeza da planta quando cessar a floração.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e o bandeira branca, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Flores brancas que mudam de coloração.

Excesso de sol direto causa queimaduras nas folhas da planta.

Visite também os posts:

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.