Tag: folhagem

Clorofito

Clorofito, também conhecida como, gravatinha, clorofita, ( Chlorophytum comosum), é uma folhagem originária da Africa do Sul, que apresenta longas folhas, de aspecto recurvado e pendente, folhas verdes, listrada de branco no centro, cresce em touceiras baixas, de 20 a 40 cm de altura; A espécie apresenta folhas longas como fitas, o que dá nome a planta; E origina mudas á partir da floração, que se transforma em pequenos tufos de mudas.

Planta herbácea, perene, de folhagem ornamental, espécie rústica, semelhante a gramínea.

clorofito, é muitas vezes confundida com a barba de serpente, por sua imensa semelhança, as duas espécies apresentam cores e formatos muito próximos na sua estrutura e coloração. Porem em locais que a especie recebe poucos raios solares sua folhagem se apresenta apenas na cor verde.

clorofito é ideal para quem necessita realizar forração do jardim; Esta espécie de grama pode ser cultivada sob sombra ou meia sombra e necessita de pouca manutenção.

Devido sua folhagem exuberante a clorofito é ótima para formar maciços, cria contraste com plantas de cores escuras. A grama cresce rapidamente e tem sua florescência na ponta das ramagens, com flores pequenas e delicadas, passando despercebida aos olhos menos curiosos.

No paisagismo, a clorofito presta-se como excelente forração, ideal para ser cultivada sob a copa de árvores ou para ladear muros, pontuar caminhos, realizar maciços isolados, criar volumes ou ainda ser cultivada em vasos e jardineiras.

Em projetos de paisagismoclorofito é excelente para ser cultivada em:

Há inúmeras formas de introduzir a clorofito na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Bordadura, em bordas de edificações.
  • Maciços, em gramados com crescimento livre.
  • Conjunto de vasos enfileirados.
  • Conjunto ao longo de alamedas
  • Conjunto ou isolada em ambientes internos ou externos.
  • Forração sob arvores.
  • Planta palustre próximo á lagos, piscinas, espelho d’água.
  • Junto a taludes e grandes pedras.

Dicas de espécies, que combinam com clorofito, para realizar seu projeto de paisagismo:

  1. ArvoreIpê branco;Palmeira.
  2. Arbusto: Lantana com flor branca, Hibisco com flor branca, Primavera de flor branca.
  3. Touceira: Lírio com flor branca, Formio.
  4. Trepadeira: Lágrima de Cristo.
  5. Folhagem: Todos os tipos de Imbé, Calathea tigrina.
  6. ForraçãoCinerária Marítima, Mal me quer.

Dicas para o cultivo saudável da clorofito:

  • Cultive sob meia sombra, planta resistente a geadas.
  • Regue a planta a cada 10 dias, pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado.
  • Realize mudas através de divisão de touceira.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas e raízes velhas, para revitalizar a planta.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10
  • Dê espaçamento no plantio de 20 cm entre as mudas e pode ser cultivado bem rente ao muro.
  • As mudas se apresentam nas pontas de pendoem que saem da planta mãe.

Seguindo estas dicas e cuidados a clorofito se manterá com boa aparência e livre de doenças e pragas, trazendo vida e colorido para o ambiente.

As mudas se apresentam nas pontas de pendoem que saem da planta mãe.

.

.

Em locais que a especie recebe poucos raios solares sua folhagem se apresenta apenas na cor verde.

A folhagem ornamental.

Sua florescência na ponta das ramagens, com flores pequenas e delicadas.

Visite também os posts:

Jardim clássico.

Parque do Ipiranga.


Jardim desértico ou árido.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Plantas para ambiente interno

violeta africana, é perfeita para decorar qualquer local da casa, devido a beleza e pequena dimensão. Para que uma violeta africana se mantenha saudável, convém que apanhe bastante luz, por isso, deve ser colocada junto a uma janela virada para sul, especialmente na altura do inverno. Regue a planta apenas quando a superfície da terra estiver seca. Para obter uma nova planta, basta cortar uma folha e plantá-la noutro vaso.

violeta africana

Esta é uma planta da categoria das suculentas, babosa é conhecida pelos seus benefícios curativos, é muito fácil de cultivar. Como esta é uma planta que não necessita de grandes cuidados, é ideal para quem deseja ter uma planta em casa sem ter de se preocupar com a sua manutenção. No inverno, deve dar-lhe boa exposição solar e não necessita de a regar frequente, (deve deixar o solo secar completamente antes de a voltar a regar).

babosa

Plantas nativas adoram luz artificial, sendo perfeitas, por exemplo, para um escritório. A maioria das bromélias floresce uma vez ao ano, se o clima for suficientemente quente e úmido. Muitas variedades como a zebra e a neoregelia tricolor, mantêm uma boa folhagem durante todo o ano. Certifique-se que a planta tem uma boa drenagem e não a regue em demasia. Pulverize as folhas no verão com água, a cada 2 meses, vertida de cima no centro, para simular a chuva. Mantenha o solo úmido, mas não encharcado.

bromélias

Coroa-de-cristo (Euphorbia milii) é uma espécie de arbusto com espinhos, oriundo de Madagáscar, que dá flores durante todo o ano e não necessita de grande atenção. Se a puder colocar sob a luz direta do sol é o ideal, mantendo as raízes úmidas mas não ensopadas, deixando sempre a superfície do solo seca antes de voltar a regar. Com a quantidade certa de luz, as flores vermelhas brotam todo o ano. Deverá ter atenção aos espinhos,pois este arbusto tem alguns bem afiados, bem como quando corta um pouco da planta, uma vez que esta verte um líquido branco que pode causar irritações cutâneas.

Coroa-de-cristo

Uma das plantas mais usadas em interior das residencias é o  clorofito reproduz-se muito facilmente, puxando muitos brotos. Esta planta é um excelente renovador de ar, absorvendo elementos poluidores do ar, como: xileno e formaldeído, sendo uma forma de desintoxicar a casa naturalmente.

flor do clorofito

Uma planta que é oferecida para dar boa-sorte é a melhor planta para receber luz solar direta na divisão mais quente da casa. O lírio-da-paz também é uma planta que melhora a qualidade do ar em ambientes fechados, absorvendo poluentes como o benzeno, bem como as toxinas emitidas pelas carpetes sintéticos e os plásticos. Mantenha as raízes úmidas mas não ensopadas, sendo que no inverno é uma planta que requer muito menos água, porém, umedeça as folhas frequentemente. O lírio-da-paz flore no inverno.

lirio da paz

Uma espécie indispensável para todas as casas, podendo quase dizer que não necessita de manutenção são as suculentas. Por isso, são perfeitas para todo local, casa e pessoa. O ideal é estar junto a uma janela, certificando-se que apanhe bastante luz ou até sol direto. Regue apenas quando o solo começar a secar e a cada 2 meses no inverno.

suculenta

Também chamada de sardenta, é uma planta adorável, de fácil manutenção, sendo uma ótima companhia para outras pequenas plantas, ideal é que esteja próxima a janelas e de vez em quando colocar fora de casa para apanhar mais luz. As folhas gostam de umidade e de temperaturas médias, não em demasia. Transplante a planta a cada primavera.

sardenta

O clorofito apresenta flores pequenas e delicadas.

 

Íris

Íris planta conhecida popularmente também como: Íris-da-praia, Íris-caminhante, Planta-dos-apóstolos, Doze-apóstolos, Falsa-íris, Lírio-roxo-das-pedreiras, Lírio-roxo-das-pedras, Trimezia candida. Da família Iridaceae; Espécie perene, rústica de clima tropical e subtropical, originária da América do sul; Com altura entre 40 a 90 centímetros.

A Íris trata-se de herbácea, de floração e folhagem decorativa. Com fortes rizoma que saem folhas de cor verde, laminares, em disposição de leque;  Na primavera e verão, despontam hastes eretas, que surgem do meio da folhagem e sustentam  flores muito delicadas.

Cada flor da  Íris tem três sépalas brancas, horizontais, com rajados de marrom na base e três pétalas recurvadas. Por estas pétalas diferenciadas, muitas pessoas confundem a  Íris com orquídeas. As flores são efêmeras, durando apenas um dia. Após a floração, as hastes florais pendem e podem tocar o solo, enraizando e formando novas mudas.

No paisagismo a Íris é de fácil manutenção e muito ornamenta; Com folhas brilhantes e estrutura entouceirada e pode ser utilizada em maciços e bordaduras, preferencialmente sob meia-sombra. Também pode ser cultivada em vasos e jardineiras.

Em projetos de paisagismoÍris é excelente para ser cultivada em:

Há inúmeras formas de introduzir a Íris na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Bordadura, em bordas de edificações.
  • Maciços, em gramados.
  • Conjunto ao longo de alamedas
  • Forração sob arvores.
  • Envasada em ambientes internos e externos.
  • Planta palustre próximo á lagos, piscinas, espelho d’água.
  • Junto a taludes e grandes pedras.
  • Confecção de arranjos florais, (folhas).

Devido a Íris apresentar floração de cor branca, a planta se integra com mais facilidade a todas as espécies, facilitando na escolha, projeto e cultivo do jardim porem deve-se observar o conjunto de cores entre si.

  • Vermelha, laranja, amarela, ou:
  • Roxo, azul, ou:
  • Rosa, vermelha.

Dicas para o cultivo saudável da Íris:

  • Adubação: é necessário adubar a planta a cada 2 messes na primavera e verão e cada 3 meses no outono e inverno, pois na carência de alguns nutrientes, a planta apresenta sinais como: pragas, amarelamento e pintinhas pretas.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.
  • Multiplicação: se dá em formação de brotos onde as hastes antigas tendem a parar de florir e formar os novos brotos; Onde cada broto enraíza e forma uma nova planta; É um processo demorado, pois os brotos têm crescimento lento.
  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob meia sombra ou sombra.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado, enriquecida com composto orgânico e areia.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas e raízes velhas, para revitalizar a planta.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e a Íris, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.

 

Rajados de marrom na base e três pétalas recurvadas.
Por estas pétalas diferenciadas, muitas pessoas confundem a  Neomarica candida com orquídeas.

Visite também os posts:

Estufa de vidroIluminação para orquídeas. Orquídea bambu.TaludePergoladoMesa de madeira rústicaPergolado de bambuDecoração com caixas de feiraDecoração com paletes

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.