Tag: fibras

Butiá roxo


Butiá  roxo, (butia eriospatha), Espécie nativa do Brasil, conhecida popularmente por inúmeros nomes:

  • butiá,
  • butiá-azedo,
  • butiá-branco,
  • butiá-da-praia,
  • butiá-de-vinagre,
  • butiá-do-campo,
  • butiá-miúdo,
  • butiá-açu,
  • butiazeiro,
  • cabeçudo,
  • coqueiro-azedo,
  • guariroba-do-campo
  • palma-petiza.

Palmeira de porte médio, com até 6 metros de altura; Tronco solitário, robusto e fortemente marcado por desprendimento das folhas velhas. Possui folhagem de cor verde-acinzentada.

Inflorescências em forma de cachos, que se transformam em pequenos frutos amarelo-claro, quando maduros; Palmeira butiá roxo, possibilita algumas utilidades, como por exemplo:

  1. Semente, pode ser extraído óleo.
  2. Polpa, pode se realizar; geleia, cachaça e vinagre.
  3. Estipe, de boa durabilidade, é usado em construções rústicas.
  4. Folhas (fibras),  fabricação de chapéus, cestos, cordas e enchimentos de colchões e estofados.
  5. Casca do cacho, confecção de artesanato.
Palmeira butiá apresenta grande imponência, devido ao porte e desenho da estrutura diferenciado, aliado à beleza das folhas, elegantemente arqueadas. Em projetos de paisagismo a  butiá roxo é excelente para ser cultivada em:

Há inúmeras formas de introduzir a butiá roxo na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Isolada em gramados.
  • Conjunto ao longo de alamedas
  • Conjunto de exemplares, pequeno bosque.

Devido a butiá roxo não apresentar floração de grande expressão ornamental, ela se integra com facilidade a plantas de folhagens exuberante; Consulte as dicas de espécies para auxiliar na escolha das plantas do projeto e cultivo do jardim.

  1. ARVORE:   Palmeira.
  2. ARBUSTO:    Cica.
  3. TOUCEIRA:   Formio, Bromélias.
  4. TREPADEIRA:    Philodendro.
  5. FORRAÇÃO:     Grama amendoim.

Dicas para o cultivo saudável da butiá roxo:

  • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado, enriquecida com composto orgânico e areia.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas velhas, para revitalizar a planta.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Utilize Adubo orgânico, 2 vezes ao ano, para não compactar o solo.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e a  butiá roxo, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Com grande imponência, devido ao porte e desenho da estrutura diferenciado.
Casca do cacho da palmeira é confeccionado artesanatos.

Conjunto cultivada em gramados.

Visite também os posts:

 

Areca bambu.


Palmeiras.

Palmeiras mais cultivadas.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Butiazeiro


Butiazeiro, (butia eriospatha), Espécie nativa do Brasil, conhecida popularmente por inúmeros nomes:

  • butiá-açu,
  • butiá-azedo,
  • butiá-branco,
  • butiá-da-praia,
  • butiá-de-vinagre,
  • butiá-do-campo,
  • butiá-miúdo,
  • butiá-roxo,
  • butiá,
  • cabeçudo,
  • coqueiro-azedo,
  • guariroba-do-campo
  • palma-petiza.

Palmeira de porte médio, com até 6 metros de altura; Tronco solitário, robusto e fortemente marcado por desprendimento das folhas velhas. Possui folhagem de cor verde-acinzentada.

Inflorescências em forma de cachos, que se transformam em pequenos frutos amarelo-claro, quando maduros; Palmeira  butiazeiro, possibilita algumas utilidades, como por exemplo:

  1. Semente, pode ser extraído óleo.
  2. Polpa, pode se realizar; geleia, cachaça e vinagre.
  3. Estipe, de boa durabilidade, é usado em construções rústicas.
  4. Folhas (fibras),  fabricação de chapéus, cestos, cordas e enchimentos de colchões e estofados.
  5. Casca do cacho, confecção de artesanato.
Palmeira  butiazeiro apresenta grande imponência, devido ao porte e desenho da estrutura diferenciado, aliado à beleza das folhas, elegantemente arqueadas. Em projetos de paisagismo é excelente para ser cultivada em:

Há inúmeras formas de introduzir a butiazeiro na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Isolada em gramados.
  • Conjunto ao longo de alamedas
  • Conjunto de exemplares, pequeno bosque.

Devido a  butiazeiro não apresentar floração de grande expressão ornamental, ela se integra com facilidade a plantas de folhagens exuberante; Consulte as dicas de espécies para auxiliar na escolha das plantas do projeto e cultivo do jardim.

  1. ARVORE:   Palmeira.
  2. ARBUSTO:    Cica.
  3. TOUCEIRA:   Formio, Bromélias.
  4. TREPADEIRA:    Philodendro.
  5. FORRAÇÃO:     Grama amendoim.

Dicas para o cultivo saudável do  butiazeiro:

  • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado, enriquecida com composto orgânico e areia.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas velhas, para revitalizar a planta.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Utilize Adubo orgânico, 2 vezes ao ano, para não compactar o solo.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e a  butiazeiro, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Com grande imponência, devido ao porte e desenho da estrutura diferenciado.

Casca do cacho da palmeira é confeccionado artesanatos.

Conjunto cultivada em gramados.

Visite também os posts:

 

Areca bambu.


Palmeiras.

Palmeiras mais cultivadas.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Coqueiro azedo


Coqueiro-azedo, (butia eriospatha), Espécie nativa do Brasil, conhecida popularmente por inúmeros nomes:

  • butiá,
  • butiá-açu,
  • butiá-azedo,
  • butiá-branco,
  • butiá-da-praia,
  • butiá-de-vinagre,
  • butiá-do-campo,
  • butiá-miúdo,
  • butiá-roxo,
  • butiazeiro,
  • cabeçudo,
  • guariroba-do-campo
  • palma-petiza.

Palmeira de porte médio, com até 6 metros de altura; Tronco solitário, robusto e fortemente marcado por desprendimento das folhas velhas. Possui folhagem de cor verde-acinzentada.

Inflorescências em forma de cachos, que se transformam em pequenos frutos amarelo-claro, quando maduros; Palmeira  coqueiro-azedo, possibilita algumas utilidades, como por exemplo:

  1. Semente, pode ser extraído óleo.
  2. Polpa, pode se realizar; geleia, cachaça e vinagre.
  3. Estipe, de boa durabilidade, é usado em construções rústicas.
  4. Folhas (fibras),  fabricação de chapéus, cestos, cordas e enchimentos de colchões e estofados.
  5. Casca do cacho, confecção de artesanato.
Palmeira  coqueiro-azedo apresenta grande imponência, devido ao porte e desenho da estrutura diferenciado, aliado à beleza das folhas, elegantemente arqueadas. Em projetos de paisagismo é excelente para ser cultivada em:

Há inúmeras formas de introduzir a coqueiro-azedo na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Isolada em gramados.
  • Conjunto ao longo de alamedas
  • Conjunto de exemplares, pequeno bosque.

Devido a  coqueiro-azedo não apresentar floração de grande expressão ornamental, ela se integra com facilidade a plantas de folhagens exuberante; Consulte as dicas de espécies para auxiliar na escolha das plantas do projeto e cultivo do jardim.

  1. ARVORE:   Palmeira.
  2. ARBUSTO:    Cica.
  3. TOUCEIRA:   Formio, Bromélias.
  4. TREPADEIRA:    Philodendro.
  5. FORRAÇÃO:     Grama amendoim.

Dicas para o cultivo saudável do  coqueiro-azedo:

  • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado, enriquecida com composto orgânico e areia.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas velhas, para revitalizar a planta.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Utilize Adubo orgânico, 2 vezes ao ano, para não compactar o solo.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e a  coqueiro-azedo, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Com grande imponência, devido ao porte e desenho da estrutura diferenciado.
Casca do cacho da palmeira é confeccionado artesanatos.
Conjunto cultivada em gramados.

Visite também os posts:

Areca bambu.


Palmeiras.

Palmeiras mais cultivadas.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.