Tag: falta d’água

Palmeira triangular


A palmeira triangular, (Dypsis decary), nativa da Ilha de Madagascar, na África; É uma planta que apresenta porte médio á grande, chegando atingir até 6 metros de altura, frutifica no outono e verão.

Trata-se de uma espécie com folhas cinza-azuladas, dispostas em três direções distintas e equidistantes; O que realiza um aspecto “triangular” na palmeira, tornando-se responsável pelo nome popular da planta.

Palmeira muito utilizada em projetos de paisagismo em jardins no estilo tropical e mais ainda em jardins no estilo contemporâneo, devido ao desenho quase geométrico realizado pela estrutura da planta.

A palmeira triangular apresenta cor diferenciada e impacto visual grande, características que dá a planta destaque onde é cultivada; Com cultivo indicado em locais como:

  • Pórticos de entrada.
  • Isolada em gramados.
  • Em conjunto em grandes gramados.
  • Próximo á piscinas.
  • Próximo á lagos.

A palmeira triangular é muito encontrada em regiões litorâneas, pois apresenta grande resistência a maresia, planta rústica e de fácil manutenção.

Dicas para o cultivo saudável da palmeira triangular:

  • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois a palmeira apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno.
  • A planta pode ser cultivada em solo arenoso e salino.
  • Realize mudas através de sementes.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas velhas e pendões secos sempre que houver. necessidade, para revitalizar a planta.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.

Nativa da Ilha de Madagascar, na África.

Palmeira muito utilizada em projetos de paisagismo.

Apresenta grande resistência a maresia.

Visite também os posts:

 

Areca bambu.

Tamareira de jardim.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Dypsis decary


A palmeira triangular, (Dypsis decary), nativa da Ilha de Madagascar, na África; É uma planta que apresenta porte médio á grande, chegando atingir até 6 metros de altura, frutifica no outono e verão.

Trata-se de uma espécie com folhas cinza-azuladas, dispostas em três direções distintas e equidistantes; O que realiza um aspecto “triangular” na palmeira, tornando-se responsável pelo nome popular da planta.

Palmeira muito utilizada em projetos de paisagismo em jardins no estilo tropical e mais ainda em jardins no estilo contemporâneo, devido ao desenho quase geométrico realizado pela estrutura da planta.

Dypsis decary apresenta cor diferenciada e impacto visual grande, características que dá a planta destaque onde é cultivada; Com cultivo indicado em locais como:

  • Pórticos de entrada.
  • Isolada em gramados.
  • Em conjunto em grandes gramados.
  • Próximo á piscinas.
  • Próximo á lagos.

Dypsis decary é muito encontrada em regiões litorâneas, pois apresenta grande resistência a maresia, planta rústica e de fácil manutenção.

Dicas para o cultivo saudável da Dypsis decary:

  • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois a palmeira apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno.
  • A planta pode ser cultivada em solo arenoso e salino.
  • Realize mudas através de sementes.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas velhas e pendões secos sempre que houver. necessidade, para revitalizar a planta.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.

Nativa da Ilha de Madagascar, na África. 

Palmeira muito utilizada em projetos de paisagismo.

 

Apresenta grande resistência a maresia.

 

Visite também os posts:

Areca bambu.


Tamareira de jardim.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Ofiopógão


Ofiopógão também conhecida popularmente como: barba de serpente e ofiopogo, herbácea perene, de folhagem ornamental, entouceirada, chega atingir 20 a 40 cm de altura, espécie semelhante a uma gramínea, com aspecto recurvado e pendente, nativa da China e Japão.

A planta apresenta duas variedades, a espécie variegada mais cultivada em jardins, apresenta folhas estreitas, com listras brancas e verdes com floração espigada que surgem no verão, nas cores brancas ou roxas; A barba de serpente apresenta a variedade com folhas totalmente verdes, com folhas mais largas e mais longas.

Em projetos de paisagismo ofiopógão é cultivada em jardins no estilo tropical e também no estilo contemporâneo, como: bordadura, forração, sob arvores, demarcando caminhos e bem rente a muros; Em  meia sombra ou sol pleno; A planta pode ser cultivada em canteiros, vasos ou jardineiras.

Planta rústica de fácil manutenção e ampla multiplicação de mudas.

Por vezes a espécie é confundida com o clorofito, devido a grande semelhança na aparência de suas folhas e na estrutura da planta.

Dicas para o cultivo saudável da Ofiopógão:

  • Regue a planta a cada 10 dias, pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra, porem a planta é resistente a baixas temperaturas.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado.
  • Realize mudas através de divisão de touceira.
  • Realize limpeza da planta retirando folhas velhas no inicio do outono e quando cessar a floração.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08. na variedade variegada e fertilizante mineral, Npk 10-10-10. na variedade de folhas totalmente verdes.
  • Dê espaçamento para o plantio de 20 cm entre as mudas.

Seguindo estas dicas e cuidados do ofiopógão se manterá com boa aparência e livre de doenças e pragas, trazendo vida e colorido para o ambiente.


Folhagem ornamental, entouceirada, chega atingir 20 a 40 cm de altura.

Pode ser cultivada como: bordadura, forração sob arvores, maciços.

Cultivo sob meia sombra como bordadura.

Visite também os posts:

 

Zínia


Maranta zebrada


Trevo de quatro folhas

Cravo anão

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.