Tag: estilos de jardins

Jardim desértico

Os jardim desérticos podem ser informais, temáticos ou até contemporâneos.

Jardim desértico informal:

segue linhas orgânicas, como no estilo inglês. Neste jardim há poucos ou nenhum acessórios.

Jardim temático:

está relacionado com a cultura e as plantas xerófitas de um determinado país ou região. Assim podemos ter jardins representando a caatinga do nordeste brasileiro, jardim do cerrado, jardins mexicanos – com cores vivas e terrosas, jardins mediterrâneos, etc.

Jardins desérticos:

contemporâneos são livres na forma e contém elementos ousados, como vasos, pedras e acessórios com formatos inovadores e materiais novos.

Apesar das variações, os jardins desérticos, apresentam elementos em comum, como as plantas simétricas e com formas geométricas intrigantes. Os espinhos também estão muito presentes o que torna este jardim uma boa solução para quem sofre com cães e gatos frequentemente destruindo as plantas. Devido aos espinhos e escamas – defesas naturais contra a perda de água, as plantas dos jardim desérticos têm uma textura própria, além de tonalidades acinzentadas e amareladas.

São estilos de jardins que requerem pouquíssima manutenção. Não exigem regas constantes ou podas. As adubações são leves e os replantios bem esparsos. Apesar de simples de manter, este jardim necessita de um excelente sistema de drenagem, já que seus habitantes não toleram nenhum tipo de encharcamento. É um jardim marcado pela rusticidade e próprio para lugares inóspitos, com sol direto e ventos fortes. Por esta característica é ideal para coberturas de prédios e para varandas ensolaradas.

.

 

.

Visite também os posts:

Mesa de madeira rústica

Pergolado de bambu

Decoração com caixas de feira

Decoração com paletes

Mil folhas.

Malicia.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Manto de rei


Manto de rei (Thunbergia erecta), arbusto perene, também conhecido popularmente como tumbergia, trata-se de uma planta nativa da China e Coréia e da Africa tropical, espécie arbustiva, ereta e semi-herbácea, que apresenta folhas pequenas, opostas, verde-escuras e ovaladas, com caule de textura lenhosa, marrom acinzentado e muito ramificado.

Quando não podado chega atingir 2 metros e 50 de altura. Apresenta grandes flores tubulares azuis com centro amarelo, formadas principalmente na primavera-verão.

manto de rei pode ser cultivada na forma de renque, como cerca viva, apropriada para condução ao longo de muros e paredes. É uma planta de fácil manutenção, também uma opção para atrair polinizadores.

manto de rei adapta-se a muitos tipos de clima, porem prefere o tropical e o subtropical e tolera bem a geadas.

Arbusto que apresenta floração exuberante, de porte médio, que pode ser cultivada isolada, planta versátil que se encaixar nos mais diversos estilos de jardins, como:

  • Jardim no estilo tropical.
  • Jardim no estilo contemporâneo.

Planta que pode ser encontrada também como trepadeira, podendo ser realizado várias combinações com as duas espécies.

Dicas para o cultivo saudável do manto de rei:

  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra, porém a tumbergia é uma planta que tolera bem o frio.
  • Cultive em solo fértil, bem drenado e ricos em matéria orgânica.
  • Faça a poda da planta entre os meses de maio até agosto.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.
  • Dê espaçamento para o plantio de 30 cm entre as mudas e cultive bem rente ao muro.
    Siga estas dicas de cultivo e o manto de rei se manterá com aparência exuberante, desta forma trará vida e colorido na decoração do ambiente, e ainda livrá a espécie de doenças e pragas.


Apresenta grandes flores tubulares azuis com centro amarelo, formadas principalmente na primavera-verão.

Visite também os posts:

Trepadeira tumbergia.

Topiaria.


Maciço.

Coroa de Cristo.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Dietes bicolor


Dietes bicolor, nome científico da planta também conhecida popularmente como: olho de tigre, moréia e dietes, nativa da África do Sul, trata-se de  herbácea rizomatosa, florífera, ereta, entouceirada, perene, de folhagem ornamental.

Chega medir de 50 á 70 cm de altura, muito rústica e ornamental, a moreia é muito popular devido sua facilidade de cultivo e fácil manutenção. Planta vistosa, de folhagem bastante resistente ao frio quanto ao calor, espécie plana e rígida. As flores se formam o ano todo, com maior intensidade nos meses mais quentes.

Dietes bicolor forma tufos densos e possui flores amareladas; Em projetos de paisagismo é uma planta muito introduzida em  jardins de vários estilos, como:

  • Jardim contemporâneo.
  • Jardim tropical.
  • Praças.
  • Pórticos.

Planta que pode ser cultivada isolada ou em grupo, em forma de maciços, renque e bordadura. E quando a planta é cultivada próximo a grande pedra, e sua beleza é realçada.

Não é aconselhável aparar as folhas da  Dietes bicolor em meia altura ou o corte das pontas das folhas, pois prejudica o aspecto da planta e as folhas cortadas não se recuperam. Para arejar a touceira e revitalizá-la, use luvas, pois a borda das folhas são cortante. Para realizar a poda da planta utilize uma tesoura de jardim e pode a folha dentro da touceira próximo a base.

Dicas para o cultivo saudável da Dietes bicolor:

  • Regue a planta a cada 10 dias, pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno, porém a  Dietes bicolor é uma planta que tolera bem o frio.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado.
  • Realize mudas através de divisão de touceira.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas velhas, para revitalizar a planta.
  • Realize poda total, no início do inverno.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.
  • Dê espaçamento para o plantio de 30 cm entre as mudas e cultive bem rente ao muro.

Siga estas dicas de cultivo e a Dietes bicolor se manterá com aparência exuberante, desta forma trará vida e colorido na decoração do ambiente, e ainda livrá a espécie de doenças e pragas.


As flores se formam o ano todo, com maior intensidade nos meses mais quentes.

Poda total, a planta brota após um mês.

Renque da planta, com brotação recente.

Visite também os posts:

Iluminação para orquídeas.


Orquídea bambu.


Estufa para plantas.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.