Tag: estaquias

Coroa de espinhos

Coroa de espinhos, (Euphorbia milli), também conhecida popularmente como: colchão de noiva, bem casados, coroa de Cristo,  dois irmãos e martírios; E se popularizou, devido a utilidade para realizar divisas em locais que se deseja demarcar com a utilização da coroa de cristo como cerca viva de proteção.

coroa de espinhos apresenta grande espinhos, porém com muita beleza, pois, se trata de uma planta que floresce o ano todo.



style="display:inline-block;width:336px;height:280px"
data-ad-client="ca-pub-8606655579505378"
data-ad-slot="9949437413">

Nativa de Madagascar, na Africa, embora tenha este nome, não há provas que foi realmente esta planta usada para a confecção da coroa de espinhos, usada em Jesus Cristo, no dia de sua crucificação.

A coroa de espinhos trata-se de espécie suculenta, que atinge até 1 metro de altura, muito ramificada, com suas folhas verdes longas e estreitas e caule marrom com inúmeros espinhos, a beleza da planta fica na responsabilidade apenas das flores arredondadas, nas cores: vermelho vivo, laranja, amarela e branca.

A coroa de espinhos é uma planta perene, rústica de fácil manutenção e grande resistência; Bastante respeitada por animais domésticos

Deve ser manuseada sempre com luvas grossas e muito cuidado, pois além de inumerosos espinhos, a  coroa de espinhos apresenta látex tóxico, que  provocar irritação nos olhos e na pele.

Em projetos de paisagismo coroa de espinhos é excelente para ser cultivada em:

Há inúmeras formas de introduzir a coroa de espinhos na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

Bordadura, em bordas de edificações.
Maciços, em gamados.
Cerca viva.
Renque.

Siga esta dica para facilitar na escolha das espécies para realizar o projeto e cultivo do jardim.

  1. ARVORE:    Iuca elefante.
  2. ARBUSTO:   Pingo de ouro.
  3. TOUCEIRA:  Agave attenuata.
  4. FORRAÇÃO:    Lambari.

Dicas para o cultivo saudável da coroa de espinhos:

  • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno e meia sombra.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado, enriquecida com composto orgânico e areia.
  • Realize mudas através de divisão de ramagens.
  • Faça a poda de contenção da planta sempre que houver necessidade.
  • Dê espaçamento para o plantio de 20 cm entre as mudas.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e a  coroa de espinhos, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.



style="display:inline-block;width:336px;height:280px"
data-ad-client="ca-pub-8606655579505378"
data-ad-slot="9949437413">

Nativa de Madagascar, na Africa.
Deve ser manuseada sempre com luvas grossas.
Detalhes das flores de coroa de Cristo.
Cerca viva de coroa de cristo. Foto: revista natureza.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Visite também o post:

Areca bambu.

Cica.

Estufa para plantas

Ipê rosa.

Ipê branco.

Romã.

Cheflera.

Cerejeira ornamental.

Arvore do viajante.

Parque do Ipiranga

Cerca viva

Buxinho

Bromélia

Pândano

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

 

Pimenta do Brasil


Além do nome pimenta do Brasil, (Schinus terebinthifolius Raddi), a planta também é conhecida como: aroeira-vermelha, aroeira-pimenteira, aroeirinha, pimenta rosa, pimenta brasileira ou simplesmente aroeira. De cor vermelha, não apresenta ardência e sim um sabor adocicado.

Planta nativa do Brasil, comum na Mata Atlântica e restingas e matas de baixada, do Estado do Rio de Janeiro. Frutifica de forma abundante nos meses de março até maio, com frutos bastante apreciados pelas aves. Arvore de pequeno porte, com galhos finos, longos e folhas espaçadas.

Espécie altamente ornamental, além de apresentar frutos de coloração intensa, comestíveis e apreciado por pássaros e seres humanos; Entretanto, não é muito introduzido em projetos de paisagismo, o que é hora de inverter este quadro, pois a  pimenta do Brasil , se encaixa perfeitamente em projetos de paisagismo com jardim em estilo tropical e jardim japonês, também em projetos de hortas caseiras, muito usadas hoje em dia; A pimenta do Brasil ainda pode ser cultivada em sacada de apartamento, que receba sol direto, a espécie valoriza a decoração do ambiente com cores vivas de verde e vermelho intenso.

O Brasil exporta a pimenta do Brasil do extrativismo e beneficiada, nos estados da Bahia, Espirito Santo e Rio de Janeiro.

Além da culinária pimenta do Brasil é utilizada na indústria farmacêutica e de cosméticos; Mas sem dúvida alguma, seu emprego é maior na forma de condimento, ótima para molhos, saladas, peixes, temperar carne bovina ou suína, decorar pratos, inclusive para acompanhar sorvetes, geleias,numa combinação inesquecível.

Dicas para o cultivo saudável da  pimenta do Brasil:

  • Cultive sob sol pleno, em solo rico em matéria orgânica.
  • Regue 1 vezes na semana.
  • Adube com fertilizante mineral NPK 04-14-08.
  • Realize podas, nos meses de maio a agosto.
  • Realize mudas a partir de sementes, estaquias e alporquias.


    Planta nativa do Brasil, comum na Mata Atlântica e restingas.
    Frutos vermelhos e maduros da pimenta

    Envie comentário.

    Tire suas dúvidas.

    Curta no facebook.

     

    Visite também os posts:

    Flores comestíveis.

    Horta em casa.

    Jardim japonês.

    Areca bambu.

    Cica.

    Estufa para plantas

    Ipê rosa.

    Ipê branco.

    Romã.

    Cheflera.

    Cerejeira ornamental.

    Arvore do viajante.

    Parque do Ipiranga

    Jardim desértico

      Envie comentário.

      Tire suas dúvidas.

      Curta no facebook.

       

      Martírios


      Martírios, (Euphorbia milli), nome cientifico da espécies também conhecida popularmente como: colchão de noiva, bem casados, coroa de Cristo, coroa de espinhos e dois irmãos; E se popularizou, devido a utilidade para realizar divisas em locais que se deseja demarcar com a utilização da coroa de cristo como cerca viva de proteção.

      O martírios apresenta grande espinhos, porém com muita beleza, pois, se trata de uma planta que floresce o ano todo.

      Nativa de Madagascar, na Africa, embora tenha este nome, não há provas que foi realmente esta planta usada para a confecção da coroa de espinhos, usada em Jesus Cristo, no dia de sua crucificação.

      O martírios trata-se de espécie suculenta, que atinge até 1 metro de altura, muito ramificada, com suas folhas verdes longas e estreitas e caule marrom com inúmeros espinhos, a beleza da planta fica na responsabilidade apenas das flores arredondadas, nas cores: vermelho vivo, laranja, amarela e branca.

      martírios é uma planta perene, rústica de fácil manutenção e grande resistência; Bastante respeitada por animais domésticos

      Deve ser manuseada sempre com luvas grossas e muito cuidado, pois além de inumerosos espinhos, o  martírios apresenta látex tóxico, que  provocar irritação nos olhos e na pele.

      Em projetos de paisagismo martírios é excelente para ser cultivada em:

      Há inúmeras formas de introduzir o martírios na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

      Siga esta dica para facilitar na escolha das espécies para realizar o projeto e cultivo do jardim.

      1. ARVORE:    Iuca elefante.
      2. ARBUSTO:   Pingo de ouro.
      3. TOUCEIRA:  Agave attenuata.
      4. FORRAÇÃO:    Lambari.

      Dicas para o cultivo saudável do martírios:

      • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois apresenta grande resistência a falta d’água.
      • Cultive sob sol pleno e meia sombra.
      • Cultive em solo fértil e bem drenado, enriquecida com composto orgânico e areia.
      • Realize mudas através de divisão de ramagens.
      • Faça a poda de contenção da planta sempre que houver necessidade.
      • Dê espaçamento para o plantio de 20 cm entre as mudas.
      • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.
      • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

      Siga estas dicas de cultivo e o martírios, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


      Nativa de Madagascar, na Africa.
      Deve ser manuseada sempre com luvas grossas.
      Detalhes das flores de coroa de Cristo.
      Cerca viva de coroa de cristo. Foto: revista natureza.

      Visite também o post:

      Cerca viva

      Buxinho

      Bromélia


      Pândano

      Envie comentário.

      Tire suas dúvidas.

      Curta no Facebook.

      Siga no twitter.