Tag: espécies de plantas

Projeto de Paisagismo

O projeto paisagístico de um empreendimento diz respeito à definição não so­­mente de espécies de plantas, mas de características de pisos, elementos como:

  • Pergolados de madeira.

  • Espelhos d´água.

  • Fontes.

  • Áreas de playground.

  • Iluminação.

A atividade é desenvolvida por paisagistas ou arquitetos/paisagistas. Pesquisas do mercado imobi­­liário dos Estados Unidos, por exem­­plo, mostram que o paisagismo valoriza os imóveis entre 10 e 30% e que investimentos neste setor dão retorno de 100 a 200% mais que o normal; Não temos estudo semelhante no Brasil, mas especialistas acreditam que resultados parecidos possivelmente ocorrem por aqui.

O paisagismo não só encanta; Mas principalmente é o que dá vida ao concreto madeira e vidros empregados na obra. Em todo lugar o verde humaniza os ambientes.

As pessoas buscam pelas áreas externas e os projetos de paisagismo nestes espaços agregam grande valor, porém não podemos esquecer que os projetos contemporâneos tem se mostrado cada vez mais na parte interna das residencias, apartamentos, empreendimentos comercial e industrial.

Ao receber o projeto de um empreendimento residencial ou comercial cabe ao paisagista criar com base no que será construído, como áreas disponíveis e perfil de moradores. Os projetos, são diferentes quando adequados a um local onde circularão predominantemente adultos ou muitas crianças. São definidos acessos, caminhos, tipos de pisos para cada área, espaços de recreação e áreas verdes. Neste pacote, o mais simples é a definição das plantas.

Alguns canteiros toleram plantas renováveis, mas ficam muito bonitas apenas em determinadas épocas do ano. Se forem adotadas estas condições, devem ser para projetos de áreas pequenas. Temos centenas de plantas adaptadas ao nosso clima, dentro de uma média razoável de valor. Pode-se desenvolver projetos nos quais resistam pelo inverno todo.

Perto de uma quadra de esportes, por exemplo, é melhor ter espécies de plantas mais rusticas e resistentes. O mesmo para o verão, para manterem a sombra em áreas para relaxar. Utilize elementos de destaque, como palmeiras e grandes arbustos, para não deixar os ambientes monótonos. É interessante criar sobrevida com elementos de alturas e portes diferentes, porque é o que confere identidade ao jardim.”

Florianópolis-Santa Catarina -Brasil.

Florianópolis-Santa Catarina -Brasil. 

Florianópolis-Santa Catarina -Brasil.

 

Florianópolis-Santa Catarina -Brasil.

 

Visite também os posts:

Ipê rosa.

Ipê branco.

Romã.

Cheflera.

Cerejeira ornamental.

Arvore do viajante.

Parque do Ipiranga

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

 

 

Plantas carnivoras

São espécies de vegetais que: capturam, matam e digerem insetos ou pequenos animais, devido à presença de enzimas digestivas que extraem compostos nitrogenados e assim como fonte de nutrientes, dependem do nitrogênio e proteína animal.

Estas espécies de plantas vivem em solos pobres e encharcados (como brejos). A falta de nutrientes, principalmente do nitrogênio é um fator crítico que limita o crescimento das plantas e as carnívoras se adaptaram e desenvolveram métodos para digerir animais e utilizarem suas proteínas ricas em nitrogênio.
Existe mais de 500 espécies de plantas carnívoras distribuídas no mundo todo com exceção da florestas tropicais úmidas.

As plantas carnívoras utilizam-se de várias armadilhas para atraírem e capturarem suas presas como:

Ascídios:

Ascídios são folhas inchadas e ocas, altamente especializadas, similares a jarras, com uma entrada no topo e em seu interior contém um líquido digestivo. Pequenos invertebrados e até mesmo minúsculos vertebrados são capturados por este tipo de planta. Ao caírem no líquido digestivo destas plantas as presas se afogam e são digeridas. As plantas Darlingtonia são popularmente conhecidas como planta-jarra.

Armadilhas de sucção :

Este tipo de armadilha é encontrado em todas as espécies de Utricularia, que vivem submersas em água. Possuem utrículos que se assemelham a pequenas bolsas, contendo uma minúscula entrada cercada por gatilhos, e ao serem estimulados provocam a abertura dessa entrada. Quando a entrada é aberta, é sugado para dentro tudo que estiver ao redor incluindo à presa que estimulou o gatilho.

Armadilhas folhas colantes :

Este tipo de armadilha em relação às outras existentes é a mais simples. São glândulas colantes espalhadas nas folhas e podem estar presentes na planta toda. Em plantas como Byblis, Drosera, Drosophyllum, Ibicella e Triphyophyllum é encontrada este tipo de armadilha que capturam geralmente pequenos insetos voadores.

As folhas das plantas carnívoras que possuem este tipo de armadilha estão divididas em duas partes, similar a uma boca, com gatilhos no interior. Este gatilho ao ser tocado pelo animal aciona um mecanismo que imediatamente fecha as metades da folha, sendo abertas somente após a digestão do animal. Ao contrário do que muitas pessoas pensam estas enzimas proteolíticas são inofensivas à pele humana e aos animais de médio e grande porte. Esse tipo de armadilha é encontrada na Dionéia (Dionaea) que se alimenta principalmente de aranhas, moscas, lagartas, lesmas, entre outros. O animal capturado é ingerido pelas glândulas digestivas da folha enter 5 a 15 dias.

As dionéias conseguem diferenciar insetos e dentritos não comestíveis que possam cair em sua armadilha através dos pêlos sensitivos. Objetos inanimados como pedras e galhos quando caem nas folhas abertas das dionéias não se movimentam, portanto, não dispararão os pelos sensitivos das plantas.

Visite também os posts:

Bromélia

Pândano

Gengibre vermelho.

Babosa de arvore.

Pleomele.

Afelandra

Helicônia papagaio

Lírio amarelo

 

Pata de vaca branca.

Piléia.

Mulungu.

Agapanthus.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

 

Palmeiras


As palmeiras são plantas perenes, que apresentam um único caule cilíndrico, não ramificado, que atinge grandes alturas; Não são consideradas arvores, pois todas as árvores possuem um crescimento do diâmetro e do caule, para a formação do tronco e tal não acontece com as palmeiras.

Arvores e palmeiras compartilham poucas características em comum:

  • Possuem um grande porte.
  • Caule lenhoso.

Mas as palmeira não possui ramificações secundárias, (galhos). Porém no lugar de galhos ela apresenta grades folhas.

Uma planta amplamente utilizada em projetos de paisagismo em estilo tropical, pois apresenta um resultado estético diferente de qualquer outra espécie cultivada; A palmeira ocupa o espaço aéreo onde é cultivada, deixando o terreno livre para o cultivo de outras espécies de plantas, além de ser de fácil combinação com outras espécies e elementos decorativos.

Não é raro o surgimento de lagartas em palmeiras, quando esta praga se apresenta na planta, suas folhas começam a ser devoradas rapidamente; E uma forma de acabar com as lagartas da palmeira é procura-las, na parte da tarde, pois ficam debaixo da terra o dia todo e sobem para as folhas da planta de tardezinha e comem suas folhas no período noturno.

As palmeiras de menor porte são muito utilizada na decoração de ambientes internos, como por exemplo: halls, salas residenciais e comerciais,

Por se tratar de uma planta tipicamente tropical, seu cultivo torna-se bem simples no Brasil; Apresenta baixa manutenção, que faz com que a espécie seja muito cultivada em áreas urbanas, pois assim o gasto com a manutenção dos jardins das cidades tornam-se menos dispendiosas.

Dicas para o cultivo saudável da palmeira:

  • Regue a planta somente em períodos de pouca chuva, pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra.
  • Realize mudas através de sementes.
  • Realize limpeza da planta no inicio do outono.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.


Palmeiras

Com o cultivo das palmeiras, o solo ganha espaço para ser cultivado com outras espécies.

Palmeira com infestação de lagartas, (folhas destruídas).

Sol pleno, cultivo ideal para as palmeiras.

Palmeira cultivada de forma isolada sob sol pleno.

Visite também os posts:

Areca bambu.


Pândano.


Tamareira de jardim.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.