Tag: espécie nativa do México

Amarelinho


O amarelinho, (Tecoma stans), conhecida popularmente como: ipê de jardim, bignônia amarela, ipê-mirim, ipêzinho-de-jardim e sinos-amarelos; Nativa das Américas e México, arvoreta ramificada, que chega atingir 4 a 6 metros de altura, compostas por folíolos ovais de bordas serrilhadas.

Inflorescências terminais altamente ornamental, com muitas flores tubulares, amarelas, semelhantes com as flores do Ipê-amarelo (Tabebuia spp). O  amarelinho apresenta floração o ano inteiro, porém mais intensa na primavera e verão, com frutos que contém muitas sementes aladas, com dispersão que ocorre pela ação do vento.

Planta rústica, perene que atrai polinizadores é excelente opção para arborização urbana, de praças, parques, pois apresenta grande facilidade de germinação.

Em projetos de paisagismo amarelinho é excelente para ser cultivada em:

  • Jardim no estilo contemporâneo.
  • Jardim no estilo tropical.
  • Jardim no estilo clássico.
  • Jardim no estilo japonês.
  • Calçadas.
  • Parques.
  • Pórticos.
  • Praças.

Há inúmeras formas de introduzir a amarelinho na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Isolada em gramados.
  • Isolada em gramados, com crescimento livre.
  • Isolada em gramados, com poda de contenção na forma de arvoreta.
  • Conjunto ao longo de alamedas
  • Bonsai.
  • Junto a taludes e grandes pedras.

Devido a  amarelinho apresentar floração na cor amarela, a planta se integra com facilidade a espécies, nas cores:

  • Vermelha, laranja, amarela e branca.

Siga esta dica para facilitar na escolha das espécies para realizar o projeto e cultivo do jardim.

  1. ARBUSTO:    Camarão amarelo.
  2. TOUCEIRA:    Bambusa.
  3. TREPADEIRA:    Sapatinho de judia. Alamanda amarela.
  4. FORRAÇÃO:   Grama amendoim,   Mal me quer.

Dicas para o cultivo saudável da  amarelinho:

  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado.
  • Realize mudas através de sementes ou alporquias.
  • Faça a poda de contenção da planta se houver necessidade, entre os meses de maio até agosto.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Utilize Adubo orgânico, 2 vezes ao ano, para não compactar o solo.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e a  amarelinho, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Inflorescências terminais altamente ornamental.
Flores tubulares, amarelas.
Apresenta floração o ano inteiro.
Apresenta grande facilidade de germinação.
Arvoreta ramificada, que chega atingir 4 a 6 metros de altura.

Visite também os posts:

Pleomele. Afelandra Helicônia papagaio Lírio amarelo

Estufa para plantas

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

 

Tecoma stans


Tecoma stans, nome cientifico da espécie conhecida popularmente como: ipê de jardim, amarelinho, bignônia amarela, ipê-mirim, ipêzinho-de-jardim e sinos-amarelos; Nativa das Américas e México, arvoreta ramificada, que chega atingir 4 a 6 metros de altura, compostas por folíolos ovais de bordas serrilhadas.

Inflorescências terminais altamente ornamental, com muitas flores tubulares, amarelas, semelhantes com as flores do Ipê-amarelo (Tabebuia spp). O  Tecoma stans apresenta floração o ano inteiro, porém mais intensa na primavera e verão, com frutos que contém muitas sementes aladas, com dispersão que ocorre pela ação do vento.

Planta rústica, perene que atrai polinizadores é excelente opção para arborização urbana, de praças, parques, pois apresenta grande facilidade de germinação.

Em projetos de paisagismo Tecoma stans é excelente para ser cultivada em:

  • Jardim no estilo contemporâneo.
  • Jardim no estilo tropical.
  • Jardim no estilo clássico.
  • Jardim no estilo japonês.
  • Calçadas.
  • Parques.
  • Pórticos.
  • Praças.

Há inúmeras formas de introduzir a ipê de jardim na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Isolada em gramados.
  • Isolada em gramados, com crescimento livre.
  • Isolada em gramados, com poda de contenção na forma de arvoreta.
  • Conjunto ao longo de alamedas
  • Bonsai.
  • Junto a taludes e grandes pedras.

Devido a  Tecoma stans apresentar floração na cor amarela, a planta se integra com facilidade a espécies, nas cores:

  • Vermelha, laranja, amarela e branca.

Siga esta dica para facilitar na escolha das espécies para realizar o projeto e cultivo do jardim.

  1. ARBUSTO:    Camarão amarelo.
  2. TOUCEIRA:    Bambusa.
  3. TREPADEIRA:    Sapatinho de judia. Alamanda amarela.
  4. FORRAÇÃO:   Grama amendoim,   Mal me quer.

Dicas para o cultivo saudável da  Tecoma stans:

  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado.
  • Realize mudas através de sementes ou alporquias.
  • Faça a poda de contenção da planta se houver necessidade, entre os meses de maio até agosto.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Utilize Adubo orgânico, 2 vezes ao ano, para não compactar o solo.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e a  Tecoma stans, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Inflorescências terminais altamente ornamental.
Flores tubulares, amarelas.
Apresenta floração o ano inteiro.
Apresenta grande facilidade de germinação.
 

Arvoreta ramificada, que chega atingir 4 a 6 metros de altura.

Visite também os posts:

Pleomele. Afelandra Helicônia papagaio Lírio amarelo

Estufa para plantas

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Pescoço de cisne

O cultivo saudável garante a espécie que fique livre de pragas e doenças, e se mantenha com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente:

Adubação, é necessário adubar a planta a cada 2 messes na primavera e verão e cada 3 meses no outono e inverno, pois na carência de alguns nutrientes, a planta apresenta sinais como: pragas, crescimento lento e não desenvolve mudas.

Cultivo deve ser realizado em solo bem drenado, misturando terra vegetal e cobertura com argila expandida quando cultivada em vasos ou jardineiras.

Multiplicação, se dá através de formação de brotos; Porém apresenta crescimento lento das mudas.

Dicas para o cultivo saudável da  pescoço de cisne:

  • Regue a planta a cada 10 dias, pois a  pescoço de cisne apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno, porém é uma planta que tolera bem o frio.
  • A planta pode ser cultivada em solo com poucos nutrientes.
  • Realize mudas através da separação de brotos que nascem entorno da planta mãe.
  • Adube quando apresentar necessidade, com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
  • Utilize Adubo orgânico, 2 vezes ao ano, para não compactar o solo.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e a pescoço de cisne, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.

Visite outros 2 posts sobre a pescoço de cisne; Veja mais fotos, obtenha mais informações através do memorial botânico e conheça como introduzir a espécie em seu projeto de paisagismo.

-Memorial botânico.

-Projeto de paisagismo com pescoço de cisne.

Maciço de agave.

planta resiste ao sol.

 

Haste para futura floração.

Cacho onde abrirá as flores da agave.

Visite também os posts:

Pata de vaca branca.

Piléia.

Mulungu.

Agapanthus.

Cica.

Estufa para plantas

Ipê rosa.

Ipê branco.

Romã.

Cheflera.

Cerejeira ornamental.

Arvore do viajante.

Parque do Ipiranga

Jardim desértico

Bilbérgia aleluia.

Ilha do Mel

 


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.