Tag: desenho

Grafites e paisagismo

 

.

Eu me lembro no inicio do meu curso de jardinagem e paisagismo, numa das primeiras aulas quando a professora definiu o projeto de paisagismo como: uma arte que atinge 4 dimensões.

  1. Altura.

  2. Largura.

  3. Profundidade.

  4. e finalmente o Tempo.

Pronto… foi então que enxerguei que um projeto de paisagismo bem realizado….. É como a grandeza das obras de Burle Marx, se tornam obras imortais.

ELA TEM CORES, CURVAS, SABORES....

Agora vejo, com muita felicidade a imortalidade do paisagismo migrando para as ruas e se unindo a arte do grafite; Onde torna este estilo de arte ainda mais vivo e expressivo.

Fé em Deus que ele é Justo, Ei irmão nunca se esqueça.

E torna o paisagismo e o grafite ferramentas unidas por uma luta de resistência por uma cidade mais humana e acolhedora.

TUDO VEM DO VENTO, DO VENTO VEM TUDO, DO VENTO TUDO VEM.....

Onde um apenas evidencia a beleza do outro; E nesta união gera uma explosão de criatividade.

 

Amor, amor sentimento abstratoVc pode sentir porem não pode tocar.

Estamos apenas no principio da mudança, na forma de vermos a arte nas ruas; Pois os grafites e paisagismo que vemos hoje nos muros e paredes das cidades já prenderam a atenção do cidadão e governantes.

Com um ar diferente, parecia estar contente; Com seu novo lar, com o seu novo lar;.

E o próximo passo será dar um grito maior. Quando o grafite se unir com suas letras grandes, gritantes e expressivas do rap e divulgar as idéias de luta a favor da consciência e justiça.

 

.

E com esta ação o grafite fará com que as mentes que tiverem contado com os pensamentos do rap cresçam a favor de uma sociedade justa e inclusiva.

UMA MENTE QUE SE EXPANDE NUNCA MAIS VOLTA A SEU TAMANHO ORIGINAL.

Desta forma seguirá o curso natural da arte, que é estar a serviço da população, não a serviço de estratégias politicas.

UM EXEMPLO DE; DESENHO, ESCRITA E PAISAGISMO.

A achar um ninho. Nem que seja no peito um do outro.

Cultivando mentes, elas se tornaram férteis a fim de pensamentos próprios e críticos; Ação que a sociedade precisa cultivar urgentemente.

Nosso sorriso sereno hoje é o veneno
Pra quem trouxe tanto ódio pr’onde deitamos.

Para realmente podermos celebrar por conquistas verdadeiras, onde as artes; Todas elas…. grafite, pixo, rap, rock, música clássica, projeto de paisagismo, dança contemporânea e todas as demais forma de arte terão espaço e serão acessíveis a toda sociedade.

Visite também os posts:

 

Cica.

Bromélia


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Parque do Ipiranga


jardim do parque do Ipiranga é um local que provoca encantamento em quem o visita.

Devido suas formas simétricas, onde seu desenho é rigorosamente realizado através da poda de topiarias, que lhe dão um aspecto de desenho feito á mão pela natureza.

Com o uso constante de elementos como buxinho, ciprestes e pinheiros, este estilo de jardim causa ao visitante um deslumbramento em observar os detalhes que contém os jardins clássicos.

Um excelente exemplo é o jardim do Parque do Ipiranga na cidade de São Paulo, onde também se encontra o museu com este mesmo nome. Neste passeio terá a oportunidade de conhecer todos os elementos típicos de um jardim em estilo italiano ou francês, que trás em sua estrutura, vegetação, água e muitas fontes, espelho d’água, esculturas e escadarias. Dando a impressão de uma viagem no tempo.

As fontes são um espetáculo a parte, pois de tempo em tempo jorram água criando um arco -iris que deixam as crianças e adultos com o olhar de quem esta diante de um show de mágica da natureza. Onde os pequenos correm atrás da água jorrada, que se alternam no espetáculo.

Na visita ao parque do Ipiranga você irá perceber que as flores não são o principal elemento deste estilo de jardim, e que sua estrutura se baseia em formas geométricasterraços ligados por escadarias ou rampas esculturas e topiárias.

Visitando o Parque do Ipiranga, você encontrará também:

Museu da Independência, que conta a história de Dom Pedro e da própria independência do pais; (com acesso para cadeirantes).

  • Museu do Ipiranga, onde você conhece o costume e vivência dos nobres no Brasil.
  • Feirinha com barracas de artesanatos, comes e bebes.
  • Casa de pau a pique, com visita que conta a história da cidade de São Paulo.
  • Espaço e pista para bike e skate.


Jardim clássico, Parque do Ipiranga, São Paulo.

Fonte com elementos em simetria.

Topiarias e Museu do Ipiranga ao fundo.

Jardim, fonte e Museu do Ipiranga. Perfeitos.

Casa de pau a pique.

Fonte com efeito de arco iris.

Espaço para lazer.

Museu da Independência.

Feirinha.

Dentro do Museu da Independência. Cadeira especial para dar acesso a quem necessita de mobilidade nas escadas.

Visite também os posts:

Ilha do Mel

Trilha de bike

Ubatuba a Paraty

Envie comentários.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.