Tag: cultivo em meia sombra

Cordyline terminalis

Cordyline terminalis, nome cientifico da planta popularmente conhecida como: dracena vermelha que tem origem nos países da: Índia, Ásia, Polinésia e Malásia; E seu porte pode atingir até 2 metros de altura, arbusto perene, semi-lenhosa e de folhagem exuberante, pertencente a um grupo com grande número de variedades em formas e cores.

São plantas que apresentam suas folhas com margens e manchas em tonalidades róseas, verdes e cremes; Com caule escuro,  maleável e folhas grandes o alveoladas, que são o destaque do arbusto, em disposição em torno do caule. Com flores de importância secundária, podem ter tons brancos ou róseos.

cordyline terminalis é um arbusto muito utilizado em projetos de jardins urbanos, como praças, parques, canteiros de avenidas, em jardins de estilo tropical; Pode ser cultivado em maciço, renque ou isolado; Em meia sombra, pois a espécie cordyline terminalis é sensível a exposição ao sol por tempo prolongado.

cordyline terminalis é uma planta que se adaptou bem às temperaturas altas, em clima quente e úmido de parte do Brasil e também se apresenta resistente ao frio subtropical comum á região Sul do pais.

Dicas para cultivo da cordyline terminalis:

  • Cultive sob meia sombra.
  • Realize mudas através da separação de brotos que nascem entorno da planta mãe.
  • Rega uma vez na semana.
  • Adubação com fertilizante mineral NPK 10-10-10.
  • Realize limpeza da planta retirando folhas velhas no inicio do outono.

Seguindo estas dicas e cuidados a cordyline terminalis se manterá com boa aparência e livre de doenças e pragas, trazendo vida e colorido para o ambiente.

Grande maciço, cultivadas sob meia sombra.

Em canteiro de avenida, cultivada com espécies tropicais.

As folhas cor de vinho, cria contraste com folhagens verdes.

 

Visite também os posts:

Clúsia

Pata de elefante

Iuca elefante

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.

Dracena vermelha


Dracena vermelha, (Cordyline terminalis); Tem sua origem nos países da: Índia, Ásia, Polinésia e Malásia; E seu porte pode atingir até 2 metros de altura, arbusto perene, semi-lenhosa e de folhagem exuberante, pertencente a um grupo com grande número de variedades em formas e cores.
São plantas que apresentam suas folhas com margens e manchas em tonalidades róseas, verdes e cremes; Com caule escuro,  maleável e folhas grandes o alveoladas, que são o destaque do arbusto, em disposição em torno do caule. Com flores de importância secundária, podem ter tons brancos ou róseos.

A dracena vermelha é um arbusto muito utilizado em projetos de jardins urbanos, como praças, parques, canteiros de avenidas, em jardins de estilo tropical; Pode ser cultivado em maciço, renque ou isolado; Em meia sombra, pois a espécie dracena vermelha é sensível a exposição ao sol por tempo prolongado.

A dracena vermelha é uma planta que se adaptou bem às temperaturas altas, em clima quente e úmido de parte do Brasil e também se apresenta resistente ao frio subtropical comum á região Sul do pais.

Dicas para cultivo da dracena vermelha:

  • Sua multiplicação se dá através de sementes ou estaquias.
  • Rega uma vez na semana.
  • Adubação com fertilizante mineral NPK 10-10-10.


Dracena vermelha, com folhas cor de vinho, cria contraste com folhagens verdes.

Dracena vermelha cultivada em canteiro de avenida.

Dracena vermelha cultivada com espécies tropicais.

Dracena vermelha, cultiva em parque.

Dracena vermelha cultivadas sob meia sombra.

Grande maciço de dracena vermelha.

Visite também os posts:

Clúsia

Pata de elefante

Iuca elefante

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.