Tag: cultivo

Madressilva-brasileira


A madressilva-brasileira é uma especie entouceirada, também conhecida como: alstroeméria, carajuru, lírio-de-luna, lírio-dos-incas, lírio-peruviano, madressilva-brasileira, madressilva-da-terra, madressilva-de-canteiro.

Planta perecível, que necessita realizar o replantio após floração, se desejar um cultivo de qualidade, pois a espécie diminui o vigor após florir.

Nativa do Brasil, a madressilva-brasileira possui aroma semelhante ao da trepadeira madressilva; Com porte que chega a medir 50 cm de altura e folhas verdes que caem na época da florada.

O cultivo da madressilva-brasileira pode ser realizado em vasos, canteiros, renques próximo á  muros ou ainda em forma de maciço, introduzida em projetos de paisagismo em jardim de estilo tropical.

Se deseja cultivar espécies que exalam aromas, conheça duas espécies, com cheiros semelhantes, porém, com estruturas bem diferenciadas. Se optar pelo plantio irá introduzir em seu projeto de paisagismo espécies que aguçam além do sentido visual o do olfato também.

Dicas para o cultivo saudável da madressilva-brasileira:

  • Regue a planta 1 vez na semana.
  • Cultive sob meia sombra.
  • Cultive em solo fértil, bem drenado e ricos em matéria orgânica.
  • Realize mudas através de divisão de touceira, durante o repouso vegetativo, no início do Outono.
  • Faça replantio da espécie a cada 1 ou 2 anos, conforme a necessidade que a planta apresenta.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.


Florada de madressilva-brasileira.

Florada da trepadeira Madressilva.

Flor da trepadeira madressilva.

Visite também os posts:

Canteiros

NPK como usar?

Bananeira vermelha.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.

Nossas rosas para Europa

Poucos sabem que na Serra de Ibiapaba, no sertão do Ceará esta localizada a maior produção de rosas do Brasil.



Devido a alta incidência de luz suas rosas são produzidas em quase a metade do tempo de outras regiões produtoras em nosso pais, as rosas produzidas na serra Ibiapaba, levam cerca de 45 dias para atingirem o ponto de corte, enquanto em outras localidades a mesma espécie de rosa leva 70 dias.
Sua produção é realizada em estufas climatizadas, e com o auxilio de um clima ameno, água de excelente qualidade e mão de obra especializada, consegue uma condição perfeita para produção recorde no pais. Elevando o Ceará ao topo de maior produtor e exportador de rosas do Brasil. Criando emprego direto para centenas de pessoas, moradoras da região, que se revezam em turnos de trabalhos, pois o cultivo, manutenção e corte são realizadas ininterruptamente nos sete dias da semana. Trazendo para os moradores da localidade emprego e uma melhor condição de vida para as famílias da região.
Após embaladas as rosas do sertão, embarcam em caminhões climatizados até o aeroporto de Fortaleza. que de lá seguem para o maior entreposto de flores do mundo; Em Amsterdã. E assim nossas rosas são distribuída para toda Europa, e vão parar em floriculturas de Berlim, nas mãos de floristas, onde realizam a decoração de restaurantes, casas, igrejas de muitas cidades Europeias, utilizando como matéria prima nossas rosas.

Rosas vermelhas do Brasil.

Estufa de rosas.

Floricultura na Europa.

Arranjo de flores confeccionado com rosas do Brasil.

Visite também o post:

Lavanda.


Estufa para plantas.


Suculentas.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.