Tag: cultivar

Pau d’água


Pau d’água, (dracaena reflexa), também conhecida popularmente como: dracena malaia, dracena reflexa e pleomele, planta nativa da África e Madagascar, arbusto perene que atinge até 3 metros de altura.

pau d’água é uma planta que apresenta fruto e flor de pouca importância ornamental; Espécie com folhagem extremamente exuberante nas cores e formas, pois quando não ocorre poda, seu crescimento se dá de maneira graciosa e delicada, com galhos levemente retorcidos e de tamanhos variados, são as característica da espécie.

pau d’água trata-se de uma folhagem bicolor arbustiva, nas cores verde e amarelo, com crescimento moderado, planta semi lenhosa, que pode ser cultivada na forma de:

  • Renque.
  • Isolada, em gramados.
  • Envasada, em ambientes internos ou externos.

Em projetos de paisagismo pau d’água pode ser utilizada em jardins de estilo tropical, contemporâneo e também jardim de inverno; Muito indicada, pois, há pesquisas que comprovam que a  pau d’água purifica o ar de ambientes internos, com remoção de compostos tóxicos do ar.

pau d’água apresenta tolerância às condições de baixa luminosidade, porém se começar á perder as folhas e ou crescer muito rápido com espaçamento muito grande entre as folhas é sinal de que está faltando luz para planta.

Dicas para o cultivo saudável da pau d’água:

  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra; A planta apresenta preferência á meia sombra, em regiões mais quentes e ensolaradas.
  • Disponibilize em ambientes internos luz direta de 3 ou 4 horas diárias.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado.
  • Realize mudas através da separação de brotos que nascem á partir da planta mãe, ou estacas aproveitadas da poda.
  • Realize limpeza da planta quando cessar a floração.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.

Siga estas dicas de cultivo e a pau d’água se manterá com aparência exuberante, desta forma trás vida e colorido na decoração do ambiente, e deixa a espécie livre de doenças e pragas.


Arbusto perene que quando não ocorre poda, atinge até 3 metros de altura.

Pau d'água pode ser utilizada em jardins de estilo tropical, contemporâneo e também jardim de inverno.

Crescimento se dá de maneira graciosa e delicada, com galhos levemente retorcidos e de tamanhos variados.

Folhagem bicolor arbustiva, nas cores verde e amarelo, com crescimento moderado.

Visite também os posts:

Buxinho

Lírio amarelo

Helicônia papagaio

 

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Bougainvillea spectabilis


O arbusto bougainvillea spectabilis, também conhecida como primavera, é nativa do Brasil, (Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina), esta espécie escandente é popularmente confundido como trepadeira, devido sua grande capacidade de inflorescência e galhos muito longos.

O arbusto bougainvillea spectabilis trata-se de uma planta lenhosa, com presença de espinhos e muito vigorosa, com floração terminal, em galhos que podem atingir 20 metros de comprimento, em seu habitat natural, pois cresce apoiada em grandes árvores as utilizando como tutores.

Existem  duas variações da planta primavera:

  1. Spectabilis: tem cores mais intensas.
  2. Glabra: tem tons mais suaves e são mais resistentes ao frio.

O almirante Frances Luis Antoine de Bougainville, que esteve no Brasil nos anos 1767 a 1769. coletou alguns exemplares da planta e levou para o rei Luis XlV; Por este motivo o nobre homenageou o almirante, batizando a linda espécie tropical com o seu nome, e a difundiu pelo mundo todo.

E o nome mais conhecido na America do Sul é a “primavera”; Foi escolhido, devido apresentar uma inflorescência exuberante na estação da primavera na Europa; Já aqui na América do Sul a planta floresce na primavera  e também no início do outono.

A bougainvillea spectabilis é uma das plantas mais cultivadas nos jardins tropicais do mundo inteiro, nos projetos de paisagismo onde  há necessidade de introduzir uma grande quantidade de flores, uma boa opção é o arbusto bougainvillea spectabilis, pois a planta apresenta inúmeras cores em vários tons, como:

  • Branca.
  • Rosa.
  • Pink.
  • Roxa.
  • Laranja.

Dicas para o cultivo saudável da bougainvillea spectabilis:

  • Regue a planta a cada 10 dias pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno, porém a primavera é uma planta que tolera bem o frio.
  • Realize mudas através de estacas aproveitas da poda e por alporquias.
  • Faça a poda de contenção da planta se houver necessidade, entre os meses de junho até agosto.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.


Primavera arbusto escandente.

Primavera com floração terminal.

Primavera com floração terminal na cor pink.

Visite também os posts:

Primavera de flor branca.


Primavera.


Cuidados com a rega das plantas.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.

Ficus pumila


Ficus Pumila, trata-se do nome cientifico da espécie popularmente conhecida, como: unha de gato, trepadeira nativa da China e do Japão, sendo a planta mais utilizada para revestir muros e paredes, com resultados de cobertura plena do local, em um curto espaço de tempo.

Porém a ficus pumila não é recomendada para o cultivo em paredes de construções, pois retém muita umidade, sendo indicada apenas para o cultivo em muros.

Os muros fazem parte da arquitetura urbana na grande maioria das casas, para garantir a privacidade, segurança e delimitar áreas, porém tem sofrido com intervenções indesejáveis, como por exemplo as pichação. E cultivar trepadeiras nos muros é, sem dúvida alguma, uma ótima opção para se livrar desta ação indesejada; Além de criar um visual natural, harmônico e integrado á natureza.

As trepadeiras de cobertura são introduzidas em projetos de paisagismo de maneira tímida e ainda não foi explorado todo o seu potencial; Altamente resistente, a planta apresenta aspecto saudável o ano inteiro, porém necessita de poda de contenção constante, devido seu rápido crescimento.

Com o cultivo da trepadeira unha de gato, em muros, facilita na integração dos elementos do paisagismo em todo o ambiente, pois auxilia na diminuição da temperatura do local e suaviza o contraste do concreto sob as plantas.

Ficus pumila, trepadeira de raízes adventícias:

As trepadeiras de raízes adventícias são as espécies que se fixam com muita facilidade, através de suas raízes que compõem toda a extensão da planta e são justamente estas raízes que fazem da trepadeiras ficus pumila uma ótima opção para revestimento de superfície porosa e áspera, como: tijolo aparente e chapisco grosso, Porém não são indicadas para o cultivo em locais pintados com a cal, pois danifica as raízes da trepadeira.

Grafites não devem ser confundidos com pichações, pois é um movimento e expressão artística contemporânea, realizado em sua maioria, em grandes centros urbanos, que enfeitam e decoram as cidades.

Dicas para o cultivo saudável da trepadeira ficus pumila:

  • Regue a planta apenas em períodos grandes sem chuva, pois a planta apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno, ficus pumila porém a unha de gato é uma trepadeira que tolera bem o frio.
  • A planta pode ser cultivada em solo com poucos nutrientes.
  • Realize mudas através de ramos aproveitas da poda.
  • Faça a poda de contenção da planta sempre que houver necessidade.
  • A planta não apresenta necessidade de adubação.
  • Dê espaçamento para o plantio de 30 cm entre as mudas e cultive bem rente ao muro.


O cultivo em muros, auxilia na diminuição da temperatura do local e suaviza o contraste do concreto nas cidades.

 

Trepadeira cultivada em muro de contenção, cria um efeito mais harmônico ao ambiente.

Cultivar trepadeiras em muros é uma ótima opção para se livrar das ações indesejadas de pichadores, (compare os muros).

Os muros fazem parte da arquitetura urbana na grande maioria das casas.

Grafites não devem ser confundidos com pichações.

Expressão artística contemporânea, realizado em sua maioria, em grandes centros urbanos, que enfeitam e decoram as cidades.

Visite também os posts:

Trepadeiras.


Planta para muros.


Alamanda roxa.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twiter