Tag: contemplação

Jardim japonês


Se você se encanta com a beleza de um jardim em estilo japonês, saiba que todos os elementos tradicionais da cultura japonesa fazem parte no projeto deste jardim, todos eles contém um significado e representação do cotidiano oriental, no qual sua construção não se dá unicamente a serviço da beleza mas também representa cresças e tradições, em objetos, elementos da natureza e vegetação, tais como:

OBJETOS:

  • Lanterna de pedra; Representa a iluminação espiritual e literal.
  • Ponte vermelha; (Taiko Bashi): Representa a evolução para um nível superior em termos de amadurecimento e autoconhecimento, conduz a capacidade de mudança e adaptação(caminho ao paraíso).
  • Lago ou espelho d’água; Representa vida.
  • Macacos de cerâmica e sino de vento; fixados ao bambu, representam o som da felicidade e da natureza.

ELEMENTOS DA NATUREZA:

  • Pedras da cascata; Introduzida no centro do jardim, na posição vertical, representa a figura do pai, na horizontal a mãe. Onde brota a água. E as outras pedras simbolizam os descendentes e são distribuídas ao redor do lago, entremeadas pela vegetação.
  • Água; Representa a renovação constante.
  • Carpas; Representa a força e longevidade.

VEGETAÇÃO:

  • Cerejeira ornamental, (Sakura); Conhecido como a flor da felicidade, muito importante na cultura japonesa. Pois nos meses de março a abril, a comunidade celebra a floração da árvore, com eventos festivos de diversas modalidades.
  • Acer Vermelho, (Momiji-Gari); Representa abito reflexivo da personalidade japonesa.
  • Bambu; Os galhos são amarrados e direcionado para o lago, como em uma reverência.

Muito do cotidiano e das tradições da cultura japonesa são realizado neste espaço, como por exemplo:

  • Cerimônia do chá.
  • Arte oriental: confecção de bonsai e origami entre outros.
  • Meditação; Acredita-se que encontra-se no meio de dois pólos: (concentração-contemplação).
  • Tai chi chuan; com os seguintes passos:
  1. Vencer o movimento através da quietude.
  2. Vencer a dureza através da suavidade.
  3. Vencer o rápido através do lento.

Agora com algumas informações sobre o jardim em estilo japonês;Você pode optar na escolha do estilo que deseja construir e manter em seu convívio e sabendo de sua beleza, significado e utilidade a tradição japonesa fará parte de seu dia a dia.

Uma DICA: para manter a água do lago sempre limpa; Instale uma bomba e um filtro biológico, para garantir a qualidade da água em circulação.


 

Ponte em jardim estilo japonês.

Cica, espelho d'água e ponte ao fundo.

Jardim em estilo japonês.

Vegetação de jardim japonês.

Acer vermelho ao fundo.

Cascata, espelho d'água e lanterna de pedra.

Elementos de jardim japonês.

Cascata e espelho d'água..

Panorâmica de jardim japonês, destaque para o espelho d'água.

Panorâmica jardim japonês, destaque para o caminho.

Panorâmica da ponte de jardim japonês.

Destaque para ponte e o espelho d'água.

 

Visite também os posts:

Jardim clássico

Jardim desértico

Plantas para muro


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Jardim perfeito


14- Passos para criar seu jardim perfeito:

01- Nunca faça coleta de plantas do ambiente natural, escolha adquiri-las em lojas especializadas, ou dá forma mais antiga e que ajuda a criar laços, peça a famosa mudinha e a cultive com carinho.

02- Retire sempre as espécies invasoras, como por exemplo tiririca. E faça o constante manejo das espécies que se desenvolvem muito rápido, sufocando outras plantas e a ela mesma.

03- Introduza plantas medicinais; como por exemplo hortelã, poejo, guaco, erva cidreira etc…

04- Introduza espécies comestíveis: árvores frutíferas, que aceitam podas frequentes e podem ser cultivadas em vasos, como: (pitanga, jabuticaba, amora, romã, acerola); ou ainda canteiros com morangos.

 

05- Faça também canteiros com ervas aromáticas (temperos) como por exemplo: manjericão, manjerona, alecrim, salsa, cebolinha e outros.

06- Introduza local com água; como pequenas fontes, chafariz ou queda d’água. E molhe seu jardim no mínimo 2 vezes na semana.

07- Tenha em seu jardim um pequeno abrigo com água, frutos e sementes para atrair pássaros.

 

08- Escolha um pendente; Destes com pequenos sinos, ou pedras, dará um som especial com a passagem do vento em seu jardim.

09- Coloque lâmpadas e suporte para velas; O jardim ao anoitecer se mostra totalmente diferente. E com luminosidade artificial você irá usufruir ainda mais.

10- Coloque bancos ou redes, para um momento de relaxamentocontemplação.

 

11- Tente fazer compostagem (reciclagem) das casca dos vegetais; alimentos que sobram de sua cozinha. porem nunca recicle nada cozido, apenas as cascas e folhas cruas não dão cheiro desagradável.

12- Adube seu jardim. A forma de adubo mais comum para todas as espécies é o NPK 10-10-10.  e o NPK 04-14-08. Não há espécie que tenha contra indicação, apenas seu uso tem que ser feito de forma bem controlada, pois com exagero sua planta pode sofrer queimaduras nas folhas e até morrer. Adube todo mês na Primavera/Verão e a cada 2 meses no Outono/Inverno.

13- Não utilize apenas o chão para plantar, ou colocar vasos, aproveite também as paredes e muros, fixando vasos, jardineiras e treliças.

14- E por fim não tenha pressa, o jardim não precisa ficar pronto todo de uma vez. Deixe também a natureza escolher a forma que ela se adapta no espaço, algumas vezes você terá que trocar espécies de lugar, pois é só com seu toque e trabalho que chegará próximo a seu jardim perfeito.


Visite também os posts:

Molhar plantas com água da chuva.


Cuidados com a rega das plantas.


Jardim vertical.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.