Tag: cerca para divisão de ambiente

Buxus sempervirens


Buxus sempervirens, planta nativa do Mediterrâneo e do Oriente, trata-se da planta mais empregada na Topiária, (arte de podar plantas em formas ornamentais e geométricas).

Suas folhas são bem resistentes e aceitam bem as podas, com regeneração rápida. Porém seu crescimento é lento, o que torna esta espécie muito valorizada no mercado. Rustica, é bastante utilizada na topiaria e confecção de bonsai, pois se adapta bem em vasos.

Também  muito utilizada como cerca viva, o Buxus sempervirens é cultivado em uma altura menor que as cercas construídas para divisão de ambiente,  produz cerca viva apenas de delimitação de espaço.

Deve ser cultivada em sol pleno, porém necessita receber regas constante, para que suas folhas mantenham o brilho peculiar. Cultive em solo rico em matéria orgânica e nutrientes.

A reprodução é realizada por estaquia ou alporquia, (em estágio mais avançado). Para atingir o tamanho ideal para venda ou realizar a topiaria na planta,  leva um tempo longo, se comparado a outras espécies. Porem uma vez cultivado em um jardim é capaz de demonstrar: beleza, utilidade, formas diferenciada e um verde inconfundível em suas folhas pequenas e delicadas.


Elemento decorativo em Jardim japonês.

Folhas são bem resistentes e aceitam bem as podas.

Espécie aplicada como topiaria e cerca viva.

Visite também os posts:

Jardim clássico terracotajardinagem

Cerca viva

Coroa de Cristo


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Buxinho


Nativa do Mediterrâneo e do Oriente, o buxinho (Buxus sempervirens), é a planta mais empregada na Topiária, (arte de podar plantas em formas ornamentais e geométricas).

Suas folhas são bem resistentes e aceitam bem as podas, com regeneração rápida. Porém seu crescimento é lento, o que torna esta espécie muito valorizada no mercado. Rustica, é bastante utilizada na topiaria e confecção de bonsai, pois se adapta bem em vasos.

Também  muito utilizada como cerca viva, o buxinho é cultivado em uma altura menor que as cercas construídas para divisão de ambiente,  o buxinho produz cerca viva apenas de delimitação de espaço.

Deve ser cultivada em sol pleno, porém necessita receber regas constante, para que suas folhas mantenham o brilho peculiar. Cultive em solo rico em matéria orgânica e nutrientes.

A reprodução é realizada por estaquia ou alporquia, (em estágio mais avançado). Para atingir o tamanho ideal para venda ou realizar a topiaria na planta,  leva um tempo longo, se comparado a outras espécies. Porem uma vez cultivado em um jardim é capaz de demonstrar: beleza, utilidade, formas diferenciada e um verde inconfundível em suas folhas pequenas e delicadas.


Vasos com topiaria.

Buxinho cultivado em vaso.

Buxinho aplicado como topiaria e cerca viva.

Jardim japonês, buxinho como elemento decorativo.

Detalhes das folhas do buxinho, jardim japonês ao fundo.

Visite também os posts:

Jardim clássico terracotajardinagem

Cerca viva

Coroa de Cristo


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.