Tag: cascata

Aprenda a utilizar o NPK na adubação de suas plantas


As plantas retiram do solo a maior parte de seus nutrientes. E ao longo de sua vida, cada uma delas necessitam de diferentes tipos de “alimento”, porém o NPK é um adubo mineral, sintetizado pela industria.

E seu uso facilita adubação, por conter os nutrientes que as plantas mais necessitam para um crescimentos saudável. Descubra o que é o NPK:

  • (N) Nitrogênio- é responsável pela formação e crescimento da parte verde das plantas (caule e folhas).
  • (P) Fosforo- garante o surgimento de flores e frutos.
  • (K) Potássio- responsável pela formação de raízes, fortifica a planta, para combater pragas e doenças, e resistir á variações de clima, até a seca.

Ao comprar adubos minerais, observe que eles trazem marcação da quantidade de cada elemento de NPK. Que se divide em três grupos mais usados.

NPK  04-14-08.

NPK 10-10-10.

NPK 25-25-25.

Para saber qual dos 3 tipos se encaixa nas necessidades de suas plantas, siga uma regra simples.

  • Para as palmeiras,  pinheiros, folhagens, cactos, suculentas, gramas e todas as outras plantas que não tem flores ou frutos, deve ser utilizado o adubo NPK 10-10-10.
  • Para as arvores frutíferas ou espécies que apresentam flores, o apropriado é o NPK 04-14-08.
  • E finalmente o NPK 25-25-25 é recomendado para o uso em plantas cultivadas em hidroponia.

Com esta dica você verá que suas plantas iram responder melhor as adubações realizadas daqui por diante. E lembre-se que o correto é realizar a adubação a cada 3 meses no Outono/Inverno; E todo mês na Primavera/verão.

Na proporção de 2 colheres de sopa, para cada 10 quilos de terra. Instale o adubo NPK afastado das raízes da planta, para que não as queime. Para plantas cultivadas em vaso deposite o mais próximo do vaso que puder; E plantas cultivadas no solo, coloque o adubo a 20 cm de distância das raízes.


Visite também os posts:

Cadeira americana.


Recicle janela de madeira.


Mesa de madeira.


Decoração com paletes.


Patina de demolição.

Projetos e cultivo de jardins.


Adubo orgânico.


Ponto cardiais e cultivo de plantas.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

 

Flor coral


Flor-coral (Russelia equisetiformis), planta nativa no México, trata-se de um arbusto escandente perene, ramagem pendente com presença de flores nas cores:

  • Amarela.
  • Laranja.
  • Vermelha.
  • Branca.

Também conhecida como Russelia; Seus ramos medem até 1 metro de cumprimento, que florescem da primavera até o outono.

Com uma folhagem e floração altamente decorativas e exuberante a flor-coral é muito utilizada em projetos de paisagismo em jardim no estilo tropical, em áreas com elevação e taludes cultivadas em grande quantidade, realiza um efeito de cascata; Ainda atrai uma grande quantidade de beija flor, devido a fartura de néctar das flores, que a planta apresenta.

Dicas para o cultivo da flor-coral:

  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra.
  • Em solo rico em matéria orgânica.
  • Regas devem ser realizadas uma vez na semana.
  • Adube com fertilizante químico NPK 04-14-08.


    Russelia com floração vermelha cultivada em canteiro com 80 cm de altura, sob meia sombra.

    Russelia com floração nas cores branca, amarela, laranja e vermelha.

    Russelia cultivada na parte de cima do muro de 1 metro e 80 cm de altura, sob meia sombra.

    Russelia equisetiformis


    Russelia equisetiformis, planta nativa no México, trata-se de um arbusto escandente perene, ramagem pendente com presença de flores nas cores:

    • Amarela.
    • Laranja.
    • Vermelha.
    • Branca.

    Também conhecida como flor-coral ou russelia. Seus ramos medem até 1 metro de cumprimento, que florescem da primavera até o outono.

    Com uma folhagem e floração altamente decorativas e exuberante Russelia equisetiformis é muito utilizada em projetos de paisagismo em jardim no estilo tropical, em áreas com elevação e taludes, cultivadas em grande quantidade, realiza um efeito de cascata; Ainda atrai uma grande quantidade de beija flor, devido a fartura de néctar das flores, que a planta apresenta.

    Dicas para o cultivo da Russelia equisetiformis:

    • Cultive sob sol pleno ou meia sombra.
    • Em solo rico em matéria orgânica.
    • Regas devem ser realizadas uma vez na semana.
    • Adube com fertilizante mineral NPK 04-14-08.


    Apresenta floração nas cores branca e vermelha.

    Cultivada em canteiro com 80 cm de altura, sob meia sombra.

    Visite também os posts:
    Trepadeira sanguínea.


    Helicônia papagaio

    Gengibre ornamental

    Envie comentário.

    Tire suas dúvidas.

    Curta no facebook.

    Siga no twitter.