Tag: atraem pássaros

Jardim sensorial


O jardim sensorial é um estilo de jardim possível de ser cultivado em pequenas, médias ou grandes áreas, para ser desfrutado por todos os que o visita; Por se tratar de um jardim que aguça os cinco sentidos, pois possibilita as pessoas, mesmo com limitações: apreciá-lo, através de:

  1. Tato - textura das folhas, flores e Troncos.
  2. Audição - sons da natureza, pássaros, vento em folhagens e quedas d’água.
  3. Visão – cores e texturas das espécies.
  4. Olfato - aroma das plantas.
  5. Paladar - sabores das frutas e ervas.

Para a confecção do jardim sensorial, é necessário uma maior atenção nos, aromas, texturas, sabores, formas e sons, que através destes elementos, irá obter sensações agradáveis e relaxamento.

Acessibilidade é muito importante no planejamento de um jardim sensorial, com caminhos seguros e acesso facilitado, com rampas; E também maneiras de acomodações para a contemplação do jardim, com:

Utilize elementos de decoração como: madeira, pedras, sinos, mensageiros do vento e esculturas, considerando as possíveis experiências sensoriais dos materiais.

O contato com a natureza proporciona relaxamento, introduzindo espécies e elementos adequados, o jardim sensorial aumentará as sensações através de:

  • Fontes e cascata miniatura, que aguçam a audiçãoArvores frutíferas, também são ótimas opções, pois atraem pássaros e com eles o canto.
  • Jasmim, alfazema, lavanda, mirra, sândalo, alecrim, dama da noite, gardênia, lírios brancos; Todas estas espécies aguçam o olfato.
  • Esculturas e pedra, dão ao visitante a oportunidade de contato.
  • Arvores frutíferas e algumas ervas, como: Manjericão, alecrim, laranjeira, Pitangueira, Romã, Jabuticabeira, aguça dois sentidos, paladar e o olfato.
  • Todo o conjunto de espécies e elementos dispostos com harmonia e fácil acesso, irá impactar a visão.

Uma dica de espécies para o cultivo em um jardim sensorial é de plantas que apresentam floração intensa como:

E também plantas esculturais como as:

São muito indicadas, devido ao desenho e estrutura das espécies, que fará com que o jardim sensorial traga ao visitante uma sensação de contemplamento.


Crie maneiras de acomodações para a contemplação do jardim.

Ninho de passarinho, construído no jardim.

O jardim sensorial aguça também o paladar

Acesso com rampas seguras.

Visite também os posts:

Estufa para plantas

Plantas para muro

Sala de estar ao ar livre

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Afelandra


Nativa do Brasil, a afelandra (aphelandra squarrosa) é uma espécie que se adapta em regiões de clima quente e úmido, clima tropical. Se reproduz através de estaquias, se adapta bem em solo úmido e rico em matéria orgânica.

Espécie muito ornamental, ideal para projeto de jardim tropical, pois apresenta um colorido em suas grandes folhas verde escuro, rajadas de branco e suas brácteas amarelas (folhas modificadas) onde crescem flores também amarela, que atraem muitos pássaros, especialmente o beija flor devido a grande quantidade de néctar que a planta produz.

Esta herbácea ereta de 40 cm de altura pode ser usada em grandes maciços ou com um efeito mais interessante, em vasos, sempre em meia sombra, sua inflorescência surge nas estações: primavera e verão.

Dicas para o cultivo saudável da afelandra:

  • Regue a planta  2 vezes na semana.
  • Cultive sob meia sombra.
  • Cultive em solo fértil e bem drenado.
  • Realize limpeza da planta quando cessar a floração.
  • Adube a planta alternando adubo orgânico e fertilizante mineral.

Seguindo estas dicas e cuidados a afelandra se manterá com boa aparência, livre de doenças e pragas, trazendo vida e colorido para o ambiente.


Inflorescência amarela.

Brácteas na cor amarela

Afelandra

Visite também os posts:

Bilbérgia aleluia

Pândano.


Tamareira de jardim.


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Angelônia a flor dos anjos

Uma flor que nas regiões quentes do pais floresce o ano todo.



angelônia é ótima para formar maciços em canteiros ou vasos e por se tratar de uma planta mais rústica não exige nenhum cuidado muito exagerado,  apenas um solo com base de uma parte de terra e duas partes de humos de minhoca ou esterco curtido, para garantir uma florada exuberante. É essencial que receba rega pelo menos três vezes por semana.

Em clima temperado a angelônia é considerado uma planta anual, pois não suporta frio intenso. Já em regiões quentes é uma planta perene.

Por produzir muitas sementes, sua reprodução espontânea é rápida  e logo surgem novas mudinhas, ou ainda fazer pequenas mudas com pequenos ramos que as pequenas raízes se formam em pouco tempo e em cerca de 25 dias já começam a florescer. No inverno o prazo aumenta para 40 dias.

E com suas flores roxa, branca, lilás e rosa e sua beleza angelical encanta a todos. A flor de angelônia quando tem suas folhas amassados exalam um aroma que nos lembra maçã eatraem muitas borboletas e pássaros, com sua inflorescências espigadas de 20 cm de comprimento.

Visite também o post:

 

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.