Arundina graminifolia


Arundina graminifolia, (Arundina bambusifolia); nome cientifico da especie também conhecida como: orquídea bambu e arundina, planta nativa da Ásia tropical, região que abrange: Índia, Nepal, Tailândia, Malásia, Cingapura, China, Indonésia e Ilhas do Pacífico;

A arundina graminifolia é peculiar, devido a forma diferenciada de seu cultivo, realizado em terra, diferentemente das outras espécies de orquídeas, com reprodução através de touceira, semi-herbácea, que atinge de 1 metro e 20 centímetros á 2 metros de altura; E apresenta folhas laminares, alongadas e lisas.

Uma espécie muito utilizada em projetos de paisagismo em estilo tropical e contemporâneo, e de fácil manutenção; Com inflorescência e ramagem extremamente ornamentais; A floração surge no ápice dos caules, durante todo o ano, juntamente com os keikis (mudas que planta produz ).

Quando multiplicada por semente, a floração ocorre quatro anos após o seu cultivo; E quando realizada por keiki, em um ou dois anos a  Arundina graminifolia floresce; Produzidas o ano inteiro, as flores resistem por até uma semana e possuem tonalidade lilás-rósea e um disco branco com labelo púrpuro, mais raras também podem ser encontradas na cor branca.

Em projetos de paisagismo Arundina graminifolia é excelente para ser cultivada em:

  • Jardim no estilo contemporâneo.
  • Jardim no estilo tropical.
  • Jardim no estilo clássico.
  • Jardim no estilo francês.
  • Jardim no estilo italiano.
  • Jardim no estilo japonês.
  • Pórticos.
  • Halls.

Há inúmeras formas de introduzir a Arundina graminifolia na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

Devido a  Arundina graminifolia apresentar floração nas cores branca e pink,  a planta se integra com facilidade a espécies, nas cores:

  • Roxo, azul e branca.

Siga esta dica para facilitar na escolha das espécies para realizar o projeto e cultivo do jardim.

  1. ARBUSTO:    Mirta,    Azálea, Falsa íris,   Agapanto.
  2. TOUCEIRA:   Bambusa, Tumbergia arbustiva.

Dicas para o cultivo saudável da  Arundina graminifolia:

  • Adube, com uma misturar de adubo orgânico, (esterco curtido, humos de minhoca); Na carência de alguns nutrientes, a orquídea bambu apresenta sinais como: amarelamento e queda de folhas.
  • Cultive, em solo bem drenado, rico em matéria orgânica, misturando terra vegetal, com cascas de pinos.
  • Realize multiplicação, com uma grande formação de brotos; Onde as hastes antigas tendem a parar de florir, secar e começar a produzir brotos, que devem ser destacados e replantados, (quando atingirem cerca de 15 cm); Onde cada broto enraíza e forma uma nova planta; É um processo demorado, pois os brotos têm crescimento lento.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Utilize Adubo orgânico, 2 vezes ao ano, para não compactar o solo.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e a arundina graminifolia, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Orquídea bambu com flor, e botão preste e desabrochar.

Visite também os posts:

Talude

Pergolado

Mesa de madeira rústica


Envie comentários.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>