Malícia


Malícia (Mimosa pudica), trepadeira conhecida popularmente como: arranhadeira, dorme-dorme, dormideira, iuquiri, juquer, juquiri, juquiri-rasteiro, malícia-das-mulheres, malícia-roxa, dorme-joão, não-me-toques; Nativa da Jamaica que se alastrou em todo o mundo, cresce com facilidade  nas margens de cursos de água e em terrenos alagadiços. Planta invasora em hortas, jardins e campos.

Planta que se caracteriza de forma subarbustiva, perene, prostrada, ramosa, com as hastes cobertas de espinhos,caule de coloração vermelho-castanho, folhas pequenas. Inflorescência axilar e apical, na cor lilás com cerca de 1 cm de diâmetro.

Malícia apresenta curiosidade de fechar os folíolos imediatamente após o toque ou na ausência de luz, pois tem sensores de toque em suas folhas. quando ativados libera uma série de compostos que fazem a planta perder água e se dobrar rapidamente para dentro. Acredita-se que este mecanismo seja uma forma de espantar predadores, além da rapidez da reação e da eficiência dos sensores, outro fator que impressiona é a velocidade com que a planta consegue absorver água e voltar a sua forma normal.

As folhas são reputadas como tóxicas, causando hematuria em animais que as comem sendo indicada a retirada de pastagens.

As raízes com bactérias nitrificadoras, enriquecem o solo com nitrogênio; podendo ser utilizada como adubo verde.

Desenvolve-se bem em regiões tropicais e subtropicais; Malícia é encontrada em diferentes condições de solo, porém é exigente em umidade.

É cultivada como planta ornamental em alguns países europeus.

Em projetos de paisagismo Malícia é excelente para ser cultivada em:

  • Jardim no estilo contemporâneo.
  • Jardim no estilo tropical.
  • Jardim no estilo japonês.
  • Pórticos.
  • Pergolados.

Há inúmeras formas de introduzir a Malícia na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

Devido a  Malícia apresentar floração na cor lilás, a planta se integra com facilidade a espécies, nas cores:

  • Rosa, vermelha e branca.

Siga esta dica para facilitar na escolha das espécies para realizar o projeto e cultivo do jardim.

  1. ARVORE:   Calistemo.
  2. ARBUSTO:    Amaranto.
  3. FORRAÇÃO:    Violetas.

Todas especies indicadas são plantas com toques aveludados em alguma parte em sua estrutura.

Dicas para o cultivo saudável da Malícia:

  • Regue a planta  1 vez na semana.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra.
  • Realize mudas através de sementes.
  • A planta não apresenta necessidade de adubação.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e a  Malícia, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.


Nativa da Jamaica que se alastrou em todo o mundo.

Cresce com facilidade nas margens de cursos de água e em terrenos alagadiços.

Planta que se caracteriza de forma subarbustiva, perene.
 

Ramosa, com as hastes cobertas de espinhos,caule de coloração vermelho-castanho, folhas pequenas.

Inflorescência axilar e apical, na cor lilás com cerca de 1 cm de diâmetro.

Visite também os posts:

Estufa para plantas Ipê rosa. Ipê branco. Romã. Cheflera.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>