Archive for: dezembro 2012

Lírio amarelo


A popularidade do lírio amarelo se dá graças a seu fácil cultivo e a grande produção de flores, de cores fortes e chamativas. Com pequeno e médio porte , vem de encontro ao tamanho da maioria das casas e jardins dos dias de hoje. Lírio amarelo, nome científico de Hemerocallis flava.

Em projetos de paisagismo é cultivado em sol pleno ou meia-sombra, em caminhos e   canteiros; Como bordaduras ou maciços. O solo para o cultivo do lírio amarelo deve ser fértil e drenado; em três parte iguais de areia grossa, adubo orgânico e terra de barranco. O plantio é realizado através de divisão de touceiras ou bulbos.

O lírio amarelo na natureza crescem em locais próximos a veios d’água, que são úmidos durante boa parte do ano, porem, a grande maioria das plantas dessa família não desenvolveram resistência à estiagem, se mantendo bem com regas 2 vezes na semana.

No inverno perde grande parte de suas folhas e flores, mas após este período de hibernação, acorda produzindo muitas folhas e flores durante toda primavera/verão. Neste período reforce a adubação com fertilizante mineral, Npk 04-14-08. irá garantir uma grande produção de lírio amarelo em seu jardim.


Entorno da piscina com maciços de lírios.

Lírio amarelo cultivado sob sol pleno.

Lírios na bordadura do gramado e do caminho.

Lírio amarelo.

Lírio amarelo.

Visite também os posts:

NPK como usar?

Agapanto azulão

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Agapanto-azulão


Originário da África do Sul,o agapanto-azulão cresce na natureza em área de pastagem, em Graskop, cidade da África do Sul. São considerados a flor do amor; Uma herbácea que o nome vem do grego: agape, que significa amor, e de anthus, que significa flor.

É comum na África os casamentos se realizarem na época da florada dos agapantos e os buquês são confeccionados com lindas flores de agapantos.

No Brasil é conhecido como agapanto-azulão, devido a cor de sua inflorescência, que surgem na primavera/verão em hastes de 90 cm de altura.

Em projetos de paisagismo o agapanto pode ser cultivado isolado, para se observar a planta por inteiro, ou em maciços, que o destaque ficará para a florada de agapanto-azulão.

Dicas para o cultivo saudável do agapanto azulão:

  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra, em substrato fértil, rico em matéria orgânica e bem drenado.
  • Adube com fertilizante mineral NPK 04-14-08.
  • Realize rega, 2 vezes na semana.
  • Produza mudas, através da divisão de touceira.
  • Realize limpeza da planta, retire folhas velhas, para revitalizar a planta.


Maciços de agapantos.

Agapanto azulão.

Maciços na decoração na beira da piscina.

Flor do agapanto-azulão, com sua florada fechada.

Agapanto-azulão com sua florada aberta.

Visite também os posts:

Afelandra


Helicônia papagaio


Lírio amarelo

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no facebook.

Siga no twitter.

Lago artificial


Com um lago artificial de 12 mil litros,  dividido em 2 partes; Um lado com a delicada estrela- branca, trata-se de uma planta aquática ornamental de fácil manutenção, e o outro lado com carpas.

Os dois lados do lago artificial estão interligadas por um córrego, que passa sob a ponte.

A dica é cultivar em torno do lago apenas plantas com folhas grandes, que facilita a sua retirada da água, as plantas com folhas pequenas não são indicadas,  pois alem de serem difícil sua retirada, ainda podem danificar os filtros de água.

Investir no paisagismo do entorno do lago também é o segredo para deixar bem natural sua aparência do projeto. E o estilo indicado é o tropical rustico; Com a introdução de: jasmim-manga, bromélias, agapanto-azulão, sálvia e no muro unha-de-gato. O deque e os bancos de madeiras colaboram para a rusticidade do lago artificial.


Lago com carpas.

Bromélia em destaque.

Estrela-branca, é muito ornamental e tem aparência delicada.

Lago artificial, dividida em duas partes por uma ponte.

fotos: Revista Natureza.

Visite também os posts:

Chafariz e fontanário.


Cascata miniatura.


Lagoa artificial.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.