Category: Decoração

Projeto de Paisagismo

O projeto paisagístico de um empreendimento diz respeito à definição não so­­mente de espécies de plantas, mas de características de pisos, elementos como:

  • Pergolados de madeira.

  • Espelhos d´água.

  • Fontes.

  • Áreas de playground.

  • Iluminação.

A atividade é desenvolvida por paisagistas ou arquitetos/paisagistas. Pesquisas do mercado imobi­­liário dos Estados Unidos, por exem­­plo, mostram que o paisagismo valoriza os imóveis entre 10 e 30% e que investimentos neste setor dão retorno de 100 a 200% mais que o normal; Não temos estudo semelhante no Brasil, mas especialistas acreditam que resultados parecidos possivelmente ocorrem por aqui.

O paisagismo não só encanta; Mas principalmente é o que dá vida ao concreto madeira e vidros empregados na obra. Em todo lugar o verde humaniza os ambientes.

As pessoas buscam pelas áreas externas e os projetos de paisagismo nestes espaços agregam grande valor, porém não podemos esquecer que os projetos contemporâneos tem se mostrado cada vez mais na parte interna das residencias, apartamentos, empreendimentos comercial e industrial.

Ao receber o projeto de um empreendimento residencial ou comercial cabe ao paisagista criar com base no que será construído, como áreas disponíveis e perfil de moradores. Os projetos, são diferentes quando adequados a um local onde circularão predominantemente adultos ou muitas crianças. São definidos acessos, caminhos, tipos de pisos para cada área, espaços de recreação e áreas verdes. Neste pacote, o mais simples é a definição das plantas.

Alguns canteiros toleram plantas renováveis, mas ficam muito bonitas apenas em determinadas épocas do ano. Se forem adotadas estas condições, devem ser para projetos de áreas pequenas. Temos centenas de plantas adaptadas ao nosso clima, dentro de uma média razoável de valor. Pode-se desenvolver projetos nos quais resistam pelo inverno todo.

Perto de uma quadra de esportes, por exemplo, é melhor ter espécies de plantas mais rusticas e resistentes. O mesmo para o verão, para manterem a sombra em áreas para relaxar. Utilize elementos de destaque, como palmeiras e grandes arbustos, para não deixar os ambientes monótonos. É interessante criar sobrevida com elementos de alturas e portes diferentes, porque é o que confere identidade ao jardim.”

Florianópolis-Santa Catarina -Brasil.

Florianópolis-Santa Catarina -Brasil. 

Florianópolis-Santa Catarina -Brasil.

 

Florianópolis-Santa Catarina -Brasil.

 

Visite também os posts:

Ipê rosa.

Ipê branco.

Romã.

Cheflera.

Cerejeira ornamental.

Arvore do viajante.

Parque do Ipiranga

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

 

 

Plantas para ambiente interno

violeta africana, é perfeita para decorar qualquer local da casa, devido a beleza e pequena dimensão. Para que uma violeta africana se mantenha saudável, convém que apanhe bastante luz, por isso, deve ser colocada junto a uma janela virada para sul, especialmente na altura do inverno. Regue a planta apenas quando a superfície da terra estiver seca. Para obter uma nova planta, basta cortar uma folha e plantá-la noutro vaso.

violeta africana

Esta é uma planta da categoria das suculentas, babosa é conhecida pelos seus benefícios curativos, é muito fácil de cultivar. Como esta é uma planta que não necessita de grandes cuidados, é ideal para quem deseja ter uma planta em casa sem ter de se preocupar com a sua manutenção. No inverno, deve dar-lhe boa exposição solar e não necessita de a regar frequente, (deve deixar o solo secar completamente antes de a voltar a regar).

babosa

Plantas nativas adoram luz artificial, sendo perfeitas, por exemplo, para um escritório. A maioria das bromélias floresce uma vez ao ano, se o clima for suficientemente quente e úmido. Muitas variedades como a zebra e a neoregelia tricolor, mantêm uma boa folhagem durante todo o ano. Certifique-se que a planta tem uma boa drenagem e não a regue em demasia. Pulverize as folhas no verão com água, a cada 2 meses, vertida de cima no centro, para simular a chuva. Mantenha o solo úmido, mas não encharcado.

bromélias

Coroa-de-cristo (Euphorbia milii) é uma espécie de arbusto com espinhos, oriundo de Madagáscar, que dá flores durante todo o ano e não necessita de grande atenção. Se a puder colocar sob a luz direta do sol é o ideal, mantendo as raízes úmidas mas não ensopadas, deixando sempre a superfície do solo seca antes de voltar a regar. Com a quantidade certa de luz, as flores vermelhas brotam todo o ano. Deverá ter atenção aos espinhos,pois este arbusto tem alguns bem afiados, bem como quando corta um pouco da planta, uma vez que esta verte um líquido branco que pode causar irritações cutâneas.

Coroa-de-cristo

Uma das plantas mais usadas em interior das residencias é o  clorofito reproduz-se muito facilmente, puxando muitos brotos. Esta planta é um excelente renovador de ar, absorvendo elementos poluidores do ar, como: xileno e formaldeído, sendo uma forma de desintoxicar a casa naturalmente.

flor do clorofito

Uma planta que é oferecida para dar boa-sorte é a melhor planta para receber luz solar direta na divisão mais quente da casa. O lírio-da-paz também é uma planta que melhora a qualidade do ar em ambientes fechados, absorvendo poluentes como o benzeno, bem como as toxinas emitidas pelas carpetes sintéticos e os plásticos. Mantenha as raízes úmidas mas não ensopadas, sendo que no inverno é uma planta que requer muito menos água, porém, umedeça as folhas frequentemente. O lírio-da-paz flore no inverno.

lirio da paz

Uma espécie indispensável para todas as casas, podendo quase dizer que não necessita de manutenção são as suculentas. Por isso, são perfeitas para todo local, casa e pessoa. O ideal é estar junto a uma janela, certificando-se que apanhe bastante luz ou até sol direto. Regue apenas quando o solo começar a secar e a cada 2 meses no inverno.

suculenta

Também chamada de sardenta, é uma planta adorável, de fácil manutenção, sendo uma ótima companhia para outras pequenas plantas, ideal é que esteja próxima a janelas e de vez em quando colocar fora de casa para apanhar mais luz. As folhas gostam de umidade e de temperaturas médias, não em demasia. Transplante a planta a cada primavera.

sardenta

O clorofito apresenta flores pequenas e delicadas.

 

JARDIM VERTICAL

Com pouco espaço ainda assim não é desculpa para não ter um jardim. Se faltam metros quadrados, as plantas podem subir pelas paredes. Os jardins verticais podem ter formatos variados e o cultivo de suculentas são espécies ideais para projetos que irão receber uma grande exposição ao sol diariamente.

Neste projeto paisagístico se leva em conta as necessidades e condições da plantas que serão cultivadas e o efeito visual que se consegue introduzindo uma unica espécie no jardim; Que neste projeto foi introduzido a suculenta dedo de  moça, o efeito é quase de uma forração vertical.

.

Ao anoitecer o jardim vertical recebe iluminação artificial.



style="display:inline-block;width:336px;height:280px"
data-ad-client="ca-pub-8606655579505378"
data-ad-slot="2636810210">

Suculentas apresentam fácil cultivo.

Requer pouca rega.

Rápido crescimento.

Fachada de prédio com jardim vertical.

 

Efeito visual da fachada depois de 4 meses, a espécie desenvolveu a ponto de fechar todo o painel.

 

A mudas já desenvolvidas, após 4 meses de cultivo.

 

Cultivo de Suculentas em painel na fachada.

Visite também os posts:

Suculenta rabo de burrro.

Lança de jorge.

Kalanchoe

Curta no Facebook.