Category: Arbustos

Kaizuka

O Kaizuka (Juniperus chinensis torulosa); Nome popular: Kaizuka, Caiazuka, Caizuca, Cipreste-kaizuka, Junípero-chinês, Kaiazuca é uma pequena arvore de forma cônica ou colunar e de aspecto escultural e muito decorativo.

Classificado nas categorias de: Arbusto ornamental ou arbusto. originária da Asia, China e Japão. Podendo chegar a atingir de 3 á 5 metros de altura. Perene de sol pleno e meia sombra.

Seus ramos são ramificados e compactos, com folhas pequenas e comprimidas, que lhe conferem uma textura bastante densa. Este cipreste ainda tem uma particularidade que encanta com sua forma espiralada e retorcida . As folhas de coloração verde escura e brilhante.

Este cipreste aristocrático e charmoso é apropriado para estilo de Jardim clássico ou Jardim Japonês. Suas formas esculturais são muito valorizadas quando cultivado isolado e livre de podas, podendo alcançar 5 metros.De crescimento lento a moderado, adapta-se à vasos, inclusive é bastante utilizado na arte do bonsai.

Em projetos de paisagismoKaizuka é excelente para ser cultivada em:

Há inúmeras formas de introduzir a Kaizuka na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Isolada em gramados, com crescimento livre.
  • Conjunto de vasos.
  • Conjunto ao longo de alamedas.
  • Bonsai.
  • Arbusto.
  • Junto a taludes e grandes pedras.
  • Cestarias e artesanatos utilizando as folhas da planta.

Devido a Kaizuka não apresentar floração, ela se integra com facilidade a plantas de folhagens exuberante; Consulte as dicas de espécies para auxiliar na escolha das plantas do projeto e cultivo do jardim.

Siga esta dica para facilitar na escolha das espécies para realizar o projeto e cultivo do jardim.

  1. ELEMENTOS: Jardim de pedra.
  2. ARBUSTO:    Azálea. Buxinho.
  3. TOUCEIRA:    Bambusa.
  4. FOLHAGEM:   Bambu mossô.

Dicas para o cultivo saudável da Kaizuka:

  • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno ou meia sombra.
  • Realize mudas através de divisão de estacas das pontas dos ramos.
  • A especie não necessita de poda.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 10-10-10.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.
  • É tolerante à salinidade e após estabelecido torna-se tolerante a seca. Originário de clima temperado, o kaizuka no entanto adapta-se muito bem ao clima subtropical ou mediterrâneo e é capaz de tolerar o clima tropical, desde que fique longe de locais úmidos.

Siga estas dicas de cultivo e a  kaizuka, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.

Jardim japonês com Kaizuka ao fundo.

Visite também os posts:

jardim japonês.

Gengibre vermelho.

Babosa de arvore.

Pleomele.

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Jasmim primulino

O jasmim-primulino (Jasminum mesnyi), planta perene, originária de Ásia também conhecido como: Jasmim-amarelo. Trata-se de um arbusto escandente.

Com longos ramos semi-lenhosos o jasmim primulino pode atingir 1 á 3 metros; Apresenta folhagem densa, salpicada de flores amarelas. Com ramos arqueados, ramificados, pendentes, verdes e quadrangulares na superfície de corte. Eles podem alcançar 3 metros de comprimento e se tornam lenhosos com o tempo.

As folhas são opostas e compostas por três folíolos macios, verde-escuros e brilhantes. Ocorre ainda uma forma de folhas variegadas de amarelo. As flores despontam o ano inteiro, mas são mais abundantes na primavera e verão. Elas são dobradas ou semi-dobradas, solitárias, de cor amarelo-limão e sem perfume ou com perfume muito suave.

jasmim primulino trata-se de arbusto vistoso, apresenta rápido crescimento e muito versátil, podendo ser conduzido como: arbusto informal ou trepadeira, se lhe for oferecido suporte adequado. Muito utilizado na forma pendente, coroando muros, barrancos de forma que sua ramagem desça como uma cascata farta. É uma opção interessante para o controle da erosão e embelezamento de barrancos e taludes.

jasmim primulino tem preferencia por lugares ensolarados para desenvolver e florescer, principalmente em regiões de clima subtropical. É uma planta muito rústica e de baixa manutenção, com podas quando a floração é mais reduzida, no final do outono. Não tolera geadas fortes, mas rebrota na primavera se o inverno não for muito rigoroso.

jasmim primulino atrai polinizadores; Não produz raízes agressivas, desta maneira se torna uma espécie indicada para arborização urbana, de praças, parques e áreas degradadas.

Em projetos de paisagismo jasmim primulino é excelente para ser cultivada em:

Há inúmeras formas de introduzir o jasmim primulino na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

jasmim primulino apresenta floração na cor amarela, porém o que predomina é a folhagem exuberante e constante,  Mas ainda assim a planta se integra com facilidade a espécies, nas cores:

  • Vermelha, laranja, amarela e branca.

Siga esta dica para facilitar na escolha das espécies para realizar o projeto e cultivo do jardim.

  1. ARVORE:  Flamboyant , Calistemo e ou  Ipê amarelo.
  2. TOUCEIRA:  Sanguínea e ou  Bromélia
  3. FORRAÇÃO:  Grama amendoim.

Dicas para o cultivo saudável do jasmim primulino :

  • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno.
  • A planta pode ser cultivada em solo com poucos nutrientes.
  • Multiplica-se facilmente por estaquia ou mergulhia, após o florescimento.
  • Faça a poda de contenção da planta se houver necessidade, após a floração.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.
  • Mantenha o solo sempre úmido, misturando grama seca ou palha de arroz á terra.
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.

Siga estas dicas de cultivo e o  jasmim primulino , ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.

Flor cor amarelo-limão e sem perfume ou com perfume muito suave.

jasmim primulino .

Visite também os posts:

Cica.

Bromélia


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Plumeria pudica

.

Plumeria pudica, nome cientifico das espécies conhecidas popularmente como: Jasmim-do-caribe, buquê-de-noiva; Planta perene, de origem dos países: Venezuela, Panamá e Colômbia.

Espécie chega atingir até 3 metros de altura; de fácil reconhecimento, as folhas tem formato de colher, com pecíolo curto, brilhantes e de coloração verde-escura.

A flores da Plumeria pudica são vistas quase o ano inteiro, são formadas sempre aglomeradas na copa, brilhantes, de coloração branca com o centro levemente amarelado. O formato de um maravilhoso buquê, daí a origem de um de seus nomes populares. Ao contrário de outros jasmins, suas flores não tem perfume.

.

A espécie atrai polinizadores em grande quantidade, pois floresce o ano inteiro; Ainda não produz raízes agressivas, Espécie indicada para arborização urbana, de praças, parques, áreas degradadas, pois apresenta facilidade de germinação e manutenção.

Em projetos de paisagismo a Plumeria pudica é excelente para ser cultivada em:

.

Há inúmeras formas de introduzir a Plumeria pudica na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Isolada em gramados, com crescimento livre.
  • Isolada em gramados, com poda de contenção na forma de arvoreta.
  • Conjunto de vasos enfileirados.
  • Conjunto ao longo de alamedas
  • Arbusto.
  • Planta palustre próximo á lagos, piscinas, espelho d’água.
  • Junto a taludes e grandes pedras.

.

Devido a  Plumeria pudica apresentar floração de cor branca, a planta se integra com mais facilidade a todas as espécies, facilitando na escolha, projeto e cultivo do jardim.

Siga esta dica para facilitar na escolha das espécies para realizar o projeto e cultivo do jardim.

  1. TOUCEIRA:    Falsa íris. AgapantoGladíolos.
  2. FOLHAGEM:   Antúrio.
  3. FORRAÇÃO:   Cinerária Marítima.

.

Dicas para o cultivo saudável da Plumeria pudica:

  • Regue a planta apenas em períodos de grande estiagem, pois apresenta grande resistência a falta d’água.
  • Cultive sob sol pleno
  • Multiplica-se por estaquia
  • Conheça os pontos cardiais, de seu jardim, desta forma irá cultivar suas plantas no local mais indicado para cada uma delas.
  • Faça a poda de contenção da planta se houver necessidade, após a floração.
  • Adube com fertilizante mineral, Npk 04-14-08.

Siga estas dicas de cultivo e a Plumeria pudica, ficará livre de pragas e doenças, e se manterá com a aparência exuberante, acrescentando vida, na decoração do ambiente.

.

.

Visite também os posts:

Suculenta rabo de burrro.

Lança de jorge.

Kalanchoe

Curta no Facebook.