Category: Jardim estilo japonês

Estilos de jardins

Jardim japonês, desde tempos ancestrais, antes do século VI. Os japoneses vêem a prática do cultivo de um jardim como uma das modalidades artísticas mais sublimes, uma vez que ela representa a própria esfera íntima da natureza e estabeleça uma harmonia perfeita com o entorno.

.

.

.

Os jardins japoneses caracterizam o Japão da era feudal, eles conduzem naturalmente seus visitantes a um estado de meditação, calma e espiritualidade. Com elementos simbólicos, valores transmitidos pela água, plantas e pedras.

.

.

Um dos elementos mais conhecido é o Sakura ou a cerejeira decorativa, também denominada flor da Felicidade; ela tem um papel fundamental na cultura do Japão. Entre março e abril os japoneses comemoram o Hanami, data na qual se festeja a floração deste arbusto, um evento que atrai muitos turistas.

.

.

O Momiji-Gari ou Acer Vermelho traduz a típica melancolia dos japoneses. A face mística do jardim é conferida pela presença das lanternas de pedra, as quais contribuem para uma melhor concentração e para iluminar a psique; por meio destas luzes são despertados os valores tradicionais e espirituais.

.

.

O elemento água é representado pelo lago e pelas carpas, os quais têm significação essencial, pois esta substância é vital para a existência. Os peixes, por sua vez, simbolizam a fecundidade e o progresso.

O Taiko Bashi ou a ponte é uma trilha que se insinua pelo jardim, significando a ascensão a um estágio espiritual e emocionalmente mais elevado, que implica em crescimento e conhecimento interior.

.

.

.

O bambu, dobrável, revela o dom humano de se moldar a qualquer situação e de se transformar e ele têm seus galhos atados, de forma que o arbusto se curve sobre o lago, como em sinal de reverencia.

As pedras das cascatas são o núcleo central do jardim. A rocha posicionada verticalmente simboliza a paternidade; e a inserida horizontalmente representa a maternidade, da qual emana a água.

.

Visite também os posts:

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Pinheiro de buda

Introdução em projeto de Paisagismo:

Conheça a forma correta para introduzir a pinheiro de buda em projeto de paisagismo; Pois há inúmeras formas de utilizar a espécie na decoração, para uma composição com harmonia no ambiente, tais como:

Há inúmeras formas de introduzir o pinheiro de buda na decoração, para a composição com harmonia no ambiente, tais como:

  • Bordadura, em bordas de edificações.
  • Isolada em gramados, com crescimento livre.
  • Isolada em gramados, com poda de contenção.
  • Conjunto de vasos enfileirados.
  • Conjunto ao longo de alamedas.
  • Conjunto de exemplares, na forma de Renque.
  • Cerca viva.
  • Bonsai.
  • Junto a taludes e grandes pedras.

Devido o  pinheiro de buda não apresentar floração, ela se integra com facilidade a plantas de folhagens exuberante; Consulte as dicas de espécies para auxiliar na escolha das plantas do projeto e cultivo do jardim.

  1. ARVORE:    Pinheiros.
  2. ARBUSTO:    Buxinho,   Cica,    Orquídea bambu.
  3. TOUCEIRA:    Bambusa.

Visite outros 2 posts sobre o pinheiro de buda; Veja mais fotos, obtenha mais informações através do histórico botânico e aprenda como cultivar:

-Hitórico Botânico.

-Dicas de cultivo.

 

renque em jardim japonês ao fundo.

Maciço de pinheiro de buda, ao fundo do jardim japonês.

Visite também os posts:

Buxinho

Areca bambu.

Cheflera.

Bromélia

Pândano

Gengibre vermelho.

Babosa de arvore.

Pleomele.

Afelandra

Helicônia papagaio

 


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.