Category: Turismo ecológico

Morretes

Morretes está localizada em meio à Serra do Mar Paranaense, fundada em 1733, quando foi desmembrada de Antonina. Cidade histórica, representada pela maior área preservada de Mata Atlântica do Brasil. E com o Rio Nhundiaquara que corta a cidade e atrai muitos visitantes.


Com suas construções históricas perfeitamente conservadas, Morretes dá a sensação de que se voltou no tempo… A região conta com boas hospedagens, diversos restaurantes, culinária típica, lojas de artesanato, guloseimas como por exemplo bala de banana e banana chips e inúmeras opções de ecoturismo.

O prato típico da região é o barreado, constituído por carne bem condimentada, cozida em panela de barro, acompanhado de farinha de mandioca, banana e laranja; Sempre servido com peixes e frutos do mar. As sobremesas tem como ingrediente principal a banana. Ao  passar por uma sorveteria e deguste o delicioso sorvete de frutas da região (maracujá, banana).

A cidade de Morretes conta com diversas pousadas no centro histórico ou ainda para quem deseja um contato maior com a natureza do local, tem a opção de de pousadas afastadas da cidade; Para quem deseja acampar a cidade conta também com campings, todos em meio à natureza e com diferentes níveis de infraestrutura.

Em Morretes você tem a oportunidade de realizar passeios e trilhas, como:

  • Passeios de bikes.
  • Passeio de trem (pela Serra do Mar).
  • Banhos de rio e cachoeira.
  • Decida nos rios de boias.
  • Montanhismo, escalada.

Dicas para levar nos passeios:

  • Máquina fotográfica.
  • Calçados confortáveis.
  • Repelente.
  • Garrafa de água.


Centro histórico de Morretes.

Área rural de Morretes.

Ponte e aventura.

Rua de Morretes.

Restaurante Morretes.

Arquitetura de Morretes datada de 1905.

Arquitetura de Morretes.

Arquitetura de Morretes.

Janela de Morretes, sempre aberta para se apreciar a vista.

Visite também o post:

Paraty Ubatuba terracotajardinagem

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

Parque da cidade de Jundiai


O Parque da Cidade de Jundiaí oferece fauna e flora preservada, com uma área de 500 mil metros quadrados e lazer para toda família. Local ideal para encontrar os amigos, observar a natureza, relaxar e praticar atividades esportivas.

Margeado por uma represa com animais silvestres, (capivaras e pássaros); Com duas pistas de cooper; Separadas em: ciclistas e pedestres que mantem as vias organizadas e seguras; Aparelhos de ginástica ao ar livre, quadras poliesportivas, trilha que liga o Parque ao Jardim Botânico da cidade e um pier para pequenas embarcações.

Para remar na represa do Parque; Uma dica é fazer o treinamento de segurança (informações: 11 4522-0499), você adquire uma carteirinha que lhe dá direito ao uso gratuito de caiaques por 50 minutos (sendo renovável, o empréstimo se não houver fila); E crianças podem remar acompanhados por um responsável maior de idade;  O píer ainda dá a opção do uso de veleiros e pequenas embarcações particulares, (ancorados no parque continuamente).

O Parque conta ainda com anfiteatro ao ar livre, playground, mesas de jogos de tabuleiro, (xadrez, damas e dominó)bebedouros, sanitários e sistema de som agradável.

As práticas esportivas se misturam aos aeromodelistas e automodelista com aviões e carros. Que encantam crianças e adultos, em suas manobras.

Com espécies como: palmeira, mangueira, goiabeira, jabuticabeira e outros; O espaço conta com jardim japonês, canteiros floridos, gramados, jardim inglês e várias obras de arte, de artistas plásticos consagrados.

Ao visitar o Parque da Cidade de Jundiaí, você terá a sensação plena de contato com a natureza, ambiente agradável e saudável; E desejo de voltar para realizar alguma atividade que faltou, pois em um único dia é impossível fazer todas as atividades que o parque oferece.

Confira a infra estrutura do Parque da cidade de Jundiaí:

  • Área de Recreação.
  • Praça do Sol, (local destinado a prática de empinar pipas).
  • Mesas para alimentação; E lanchonetes.
  • Pista de Cooper e Ciclovia.
  • Trilha.
  • Wi-Fi.
  • 3 conjuntos de playground distribuídos pelo Parque.
  • 3 conjuntos de aparelhos de ginásticas distribuídos ao longo da pista de Cooper.
  • Complexo de Modelismo, (1 pista de automodelismo on-road, 1 pista de automodelismo off-road e 1 pista de aeromodelismo).
  • Sanitários, (todos com sanitários para deficientes).
  • Aluguel de bike.
  • Estacionamento para 2.500 carros.
  • Paisagismo.
  • 5 quadras.(1 de concreto, para a prática de futsal e handebol, 1 de concreto, para a prática de basquete e vôlei, 2 quadras de vôlei de areia, 1 quadra de futebol de areia)


Represa do Parque, por do sol e barco a vela ao fundo.

Parte do caminho que liga o Parque ao Jardim Botânico.

Represa com ponte do Jardim japonês.

Obra de arte, permanente do parque.

 

Espelho d'água do jardim japonês.

Portal do jardim japonês.





  • Endereço:

  • Avenida: João Cereser, (junto à represa do DAE).

  • Telefone: (11) 4522-0499

  • Horário de funcionamento: Das 6 h 30 m às 20 h; Entrada até ás 19 h 30 m.

Visite também os posts:

Parque do Ipiranga

Trilhas de bike

Estufa de vidro


Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.

 

Parque Tanguá


Com um belo paisagismo o Parque Tanguá, localizado na capital do Estado do Paraná-Brasil, exatamente na região norte da Cidade de Curitiba. Faz parte do roteiro da viagem, que integra uma das paradas do ônibus turístico da cidade.

Construído numa área onde atuavam duas pedreiras; Fundado no ano de 1996; Ocupa uma área de 235 mil metros quadrados e garante a preservação da bacia norte do rio Barigui.

A área superior, foi dado o nome de: Jardim Poty Lazzarotto (homenagem ao ARTISTA PLÁSTICO local).

O Parque Tanguá possui diversas atrações,  como:

  • Pier.
  • Lagos.
  • Ciclovia.
  • Lanchonete.
  • Ancoradouro.
  • Túnel artificial.
  • Pista de corrida.
  • Loja de souvenires.
  • Esplanada com espelho d’água.
  • Vale com queda d’água artificial.
  • Mirante com 65 metros de altura.


Lado de cima do Parque Tanguá:

Espelhos d'água.

Com o chão vazado a vista do mirante é realmente emocionante.

Parte do jardim Poty Lazzarotto.

Lado de baixo do Parque Tanguá:

Queda d'água e pier que contorna o túnel.

Lanchonete e pier na parte de baixo do Parque.

Túnel do parque Tanguá.

Lado de cima do Parque Tanguá:

Panorâmica da esplanada do jardim Poty Lazzarotto.

Detalhe do jardim estilo clássico.

Chafariz-jardim em estilo clássico. 

Chafariz-jardim em estilo clássico.

Visite também os posts:

Antonina

Ilha do Mel

Estufa de vidro Paraná

Envie comentário.

Tire suas dúvidas.

Curta no Facebook.

Siga no twitter.